Rico conteúdo é principal destaque do LGPD em Hotelaria

LGPD em Hotelaria - banner do evento

Estudos apontam que a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) ainda é cercada de desconhecimento pelo empresariado. Certo é que a nova legislação demandará adaptações na forma como as organizações gerem os dados pessoais de terceiros. Para auxiliar o setor hoteleiro neste sentido, o Hotelier News promove, no dia 24 de outubro, o seminário LGPD em Hotelaria. A ser realizado no Staybridge São Paulo, no Itaim Bibi, o encontro terá uma rica programação, que cobrirá todos os aspectos relacionados à lei.

Alguns dos principais especialistas sobre o assunto no país estão confirmados como palestrantes. Destaque para Marcel Leonardi, advogado e ex-diretor de Políticas Públicas do Google de 2011 a 2018, que abrirá a programação do encontro abordando os principais aspectos legais da nova legislação, que entra em vigor em agosto de 2020. “Muito se fala da dureza da lei, principalmente da multa que pode chegar a R$ 50 milhões”, disse Leonardi, que colaborou na elaboração dos textos do Marco Civil da Internet e da própria LGPD. “Não se trata de terrorismo, é regulação. A lei é bastante flexível, na verdade”, acrescenta.

Paulo Alessandro Silva, da Tempest Security Intelligence, e Sebastian Gianni, Product Strategy Manager Latin America & Caribbean da Oracle, por sua vez, debaterão riscos relacionados à segurança da informação, tema totalmente relacionado à LGPD. Já o Hotel Unique (independente), Aviva (resorts) e GJP Hotels & Resorts (rede) darão uma ampla visão do que o mercado vem fazendo para se adaptar à lei. Por fim, Belmiro Ribeiro da Silva Neto, professor da FGV (Fundação Getulio Vargas) e especialistas em Comunicação Corporativa, mostrará como a hotelaria pode se planejar para lidar com eventuais crises de imagem.

Marcas de destaque e consolidadas e entidades de classe representativas no mercado hoteleiro apoiam e patrocinam o seminário LGPD em Hotelaria. Entre elas estão Grupo R1, TOTVS, Asksuite, Equipotel, FBHA (Federação Nacional Hotéis Restaurantes Bares Similares), além de FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), ABIH Nacional (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), Visite São Paulo e Resorts Brasil.

Para ver a programação completa e garantir seu ingresso, acesse https://bit.ly/2lT5xNq. O primeiro lote de convites para o seminário já se esgotou e o segundo está próximo do fim. O segundo é válido até o dia 20 de outubro.

LGPD em Hotelaria - RodrigoTeixeira_asksuiteTeixeira, da Asksuite: tema proteção de dados está com força no mundo todo

LGPD em Hotelaria: sobre a lei

O objetivo principal da LGPD é aumentar a privacidade de dados pessoais e o poder das entidades reguladoras para fiscalizar organizações. Portanto, se seu hotel coleta ou utiliza qualquer tipo de informação de pessoas físicas, como clientes, colaboradores ou fornecedores, é necessário enquadrar suas práticas e processos à nova lei.

Embora ainda exista desconhecimento, muita gente no mercado já está se movimentando. "O tema da proteção de dados está com força em todo o mundo. Em outros países onde a Asksuite está presente, já tivemos que fazer alterações na plataforma para nos adequar. Com a entrada da lei a partir de 2020, os hotéis precisam estar atentos às adequações”, observa Rodrigo Teixeira, CEO da Asksuite. “É uma bela iniciativa da Hotelier News e nós da Asksuite estaremos sempre apoiando eventos que fortaleçam a presença digital dos hotéis", completa.

Já entidades de classe ligadas ao setor se preparam para auxiliar seus associados. “A LGPD está exigindo planejamento, tecnologia e escala de todo setor. Enquanto entidade, temos a obrigação de apoiar nossos associados. Estamos estruturando um projeto com o foco no atendimento a micro e pequena empresas”, revela Alexandre Sampaio, presidente da FBHA. “Adaptamos um software europeu já existente e vamos oferecer, junto com nossa assessoria jurídica, todo amparo legal aos associados”, completa Sampaio, destacando que a iniciativa será lançada no dia 7 de novembro, durante a HFN Nordeste, em Recife. “O projeto será colocado no mercado no início de 2020”, finaliza.

(*) Crédito da capa: Comfreak/Pixabay

(**) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários