Rio de Janeiro deve arrecadar R$ 2,32 bi durante o Carnaval

rio de janeiroNa capital, são esperados 6 milhões de foliões

O Rio de Janeiro é um dos destinos mais tradicionais do Carnaval e, este ano, o estado deve arrecadar R$ 2,32 bilhões, segundo pesquisa realizada pela CNC (Confederação Nacional do Comércio). O montante representa 29% do volume total previsto em todo o país, estimado em R$ 8 bilhões.

Em seguida estão São Paulo (R$ 1,95 bilhão) e Bahia (1,12 bilhão), sendo estes os três estados que mais arrecadam no Brasil no período da folia. De acordo com o MTur (Ministério do Turismo), cerca de 7 milhões de pessoas devem aproveitar o Carnaval na capital fluminense, sendo destes 1,9 milhões turistas de outros estados.

“A face econômica do Carnaval, a rigor, tem grande relevância para o nosso Estado pela quantidade de empregos e trabalhos que são gerados, inclusive nesse período sazonal, logo, os números nos animam a avançarmos na captação de mais turistas e visitantes”, ressalta Otavio Leite, secretário de Turismo do Estado. 

Segundo a CNC, a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa, sugere um cenário positivo, com recuperação moderada dos serviços turísticos. “Nos meses que antecedem o carnaval, a taxa de câmbio teve uma desvalorização de 10% ante o mesmo período de 2019, estimulando, portanto, gastos com turismo no território nacional, em 2020”, avalia Fabio Bentes, economista da CNC responsável pela pesquisa, ressaltando que esses fatores devem favorecer um maior fluxo interno de turistas neste ano.

Rio de Janeiro: ocupação hoteleira

A expectativa do setor hoteleiro é positiva de maneira geral, de acordo com dados da ABIH-Nacional. A previsão é que as ocupações superem os números de 2019 em todas as regiões. No Rio de Janeiro, o indicador aponta 79% das UHs ocupadas durante o feriado na capital, sendo Flamengo e Botafogo os bairros mais procurados na Cidade Maravilhosa.

(*) Crédito da foto: Divulgação/MTur

 

Comentários