Riotur: Copacabana recebeu 1,7 milhão de turistas no Réveillon

riotur-reveillonVisitantes de SP lideram entre os turistas, com 29,6%

Famosa no mundo inteiro, a festa da virada da Praia de Copacabana bateu novos recordes este ano. Cerca de 2,9 milhões de pessoas comemoraram a chegada de 2020 no local, sendo 1,7 milhão de turistas. Do total, 80% são visitantes nacionais e outros 20% internacionais, de acordo com a Riotur.

Durante o Réveillon Rio 2020, o órgão de turismo do Rio de Janeiro realizou uma pesquisa com 1,3 mil turistas entre os dias 26 e 31 de dezembro de 2019. O estudo constatou que, dentre os visitantes brasileiros, 59,3% são homens e 40,7% são mulheres. 

Os visitantes de São Paulo lideraram com 29,6%, seguidos de Goiás com 14,1% e Rio Grande do Sul com 12,5%. A pesquisa revela ainda que 70% chegaram ao Rio de avião, 22% de ônibus e 8% de carro, e, que eles se hospedam de diversas maneiras, sendo 55,6% em hotel, 18,5% em casa de parentes, 7,4% em apart hotel/flat e outros 7,4% em casa ou apartamento alugado.O estudo também avaliou a estada na cidade que teve uma média de 8,7 em uma escala de 0 a 10.

Já quando o assunto são os turistas internacionais, 62,1% são do gênero masculino e 37,9% são do gênero feminino. Eles chegaram de avião (98%) e de navio (2%).  A escolha da hospedagem desses turistas foi hotel (62,1%), albergue (15,2%) e apart hotel/flat (13,6%). A avaliação da estada na cidade foi de 8,6, também em uma escala de 0 a 10.

Os grandes números não são apenas do Réveillon e se estendem a todo o ano de 2019, mostrando que a cidade teve um ano recorde no turismo. Dentre os meses de janeiro e novembro, a cidade registrou um aumento significativo de desembarque de passageiros no Píer Mauá (12%) e na Rodoviária Novo Rio (5%). O fluxo de visitantes em pontos turísticos também aumentou, tendo o Trem do Corcovado registrado um crescimento de 17% e o Pão de Açúcar de 7%.

Riotur: hotelaria

Na noite de virada, a cadeia hoteleira da capital fluminense atingiu 100% de ocupação, de acordo com o SindHotéis Rio. A previsão da entidade era de 87% dos quartos reservados e, entre os bairros mais procurados estão Copacabana e Leme, com 95% de ocupação.

Na sequência vieram Ipanema/Leblon/ Flamengo/Botafogo com 94%, além de Barra da Tijuca e Centro com 90% de ocupação. A maior procedência é de turistas nacionais: 81% (São Paulo, Minas e Estado do Rio); entre os internacionais lideram Argentina, Chile e Estados Unidos.

(*) Crédito das fotos: Fernando Maia/Riotur

 

Comentários