Ritz-Carlton Istanbul (Turquia): Hotelaria com glamour à moda antiga

O edifício espelhado do Ritz-Carlton Istanbul contrasta com a tradicional mesquita às margens do Estreito de Bósforo
O edifício espelhado do Ritz-Carlton Istanbul contrasta
com a tradicional mesquita às margens do Estreito de Bósforo

(fotos: Juliana Bellegard)

Embora a hotelaria tenha, hoje, uma série de categorizações e atenda a diversos segmentos, há quem ainda pense em hotéis à moda antiga - no glamour de tempos em que viajar e se hospedar em um destino diferente era sinônimo de luxo e status. Existem, no entanto, alguns empreendimentos que mantém a tradição de não fazer o cliente sentir-se em casa, mas oferecer a possibilidade de ele extrapolar seu cotidiano e passar alguns dias em um cenário quase de fantasia.

A marca Ritz-Carlton, por si só, já é referência no que diz respeito à excelência em hotelaria e a este conceito. A unidade de Istambul, na Turquia, não deixa por menos. Por fora, o edifício às margens do estreito de Bósforo destaca-se da paisagem por suas janelas espelhadas, quase anacrônico quando visto ao lado de uma das mesquitas locais. E assim é por toda a cidade: o tradicional e o moderno misturam-se.

Ao entrar no hotel - e atravessar o detector de metais, uma medida de segurança padrão no local -, a impressão é de que estamos, de fato, em um empreendimento que resgata o tal glamour da hotelaria. Piso em mármore, pé direito alto, candelabros e detalhes dourados são as primeiras coisas que saltam à vista. Além do mar, que pode ser visto por uma das várias janelas espalhadas por todos os espaços.

Entrada do empreendimento
Entrada do empreendimento

Por Juliana Bellegard*

O segredo da hospedagem cinco estrelas na cidade parece ser mesmo a proximidade com o estreito. A vista para o mar de Marmara, que divide Istambul em metades europeia e asiática, é um diferencial cobiçado. Não é somente o Bósforo que faz com que o Ritz tenha uma localização privilegiada para quem visita a cidade. O hotel está próximo ao famoso distrito de compras de Nişantaşi, ao Palácio Dolmabahçe e à praça Taksim, pontos um pouco afastados do centro histórico, mas que também atraem turistas.

Check-in
O Ritz-Carlton Istanbul foi inaugurado em 2001 e conta com 244 apartamentos, incluindo 21 Executive Suites, 57 Club Rooms e as suítes Presidencial e Ritz-Carlton; dois restaurantes, um bar e um lounge no lobby; fitness center 24 horas, spa, piscina e jacuzzis, loja de suvenires e um salão de beleza. Para o público corporativo e de eventos, a unidade oferece uma área de quase 2,5 mil m² - são sete salas de reunião de diferentes tamanhos e mais o salão, que acomoda até 50o pessoas.

A suntuosa escadaria que dá acesso à loja de suvenires, salão de beleza e butique
A suntuosa escadaria que dá acesso à loja de suvenires, salão de beleza e butique

Tão cinco estrelas quanto as instalações é o serviço do hotel, do empréstimo de Mini-Coopers para os clientes passearem pela cidade até a simpatia dos colaboradores que, mesmo com a grande barreira da língua, atendem os hóspedes com um sorriso no rosto. A reportagem do Hôtelier News foi recebida por Ahmet Arslan, diretor de Vendas da unidade, e sua equipe - Ceylan Erzi, Gamze Esin e Elif Dogmuş. A equipe nos levou para um site inspection em alguns dos espaços do empreendimento, onde pudemos também ficar hospedados por alguns dias.

Mas metade da experiência são alguns detalhes. Ao passar pela recepção, por exemplo, uma mesinha e um carrinho chamam a atenção. Ali estão chá, café e doces turcos (os famosos turkish delights) dando boas-vindas aos hóspedes. É possível fazer um lanchinho, sentar em uma das poltronas do lobby (de preferência com vista para o mar, claro) e entrar no clima de Istambul.

Confira alguns dos cliques das áreas comuns do hotel na galeria abaixo.

Eventos

A vista para o Bósforo é um dos diferenciais das salas de reunião do Ritz-Carlton
A vista para o Bósforo é um dos diferenciais das salas de reunião do Ritz-Carlton

Uma mistura de turistas de todas as partes do mundo e executivos idem formam o público visitante de Istambul. O destino, claro, atrai viajantes interessados em conhecer a histórica cidade, mas sua localização estratégica (literalmente na divisa da Europa com a Ásia) e o fato de o país passar por um bom momento econômico (ao contrário da maioria dos Estados europeus) atrai também muitos negócios.

Por conta desse público, os meios de hospedagem investem em sua estrutura para eventos, desde grandes treinamentos até reuniões de diretoria. São sete salas de diferentes tamanhos e disposições no centro de convenções, e outros dois espaços no lobby. Um deles, inclusive, é bastante usado para eventos sociais e coquetéis de confraternização, por conta de seu design. Além disso, o Ritz também conta com um salão, que recebe com frequência festas de casamento e acomoda até 500 pessoas.

Gastronomia

Tomamos café da manhã no Çintemani
Um dos lados do salão do Çintemani

Um dos espaços mais impactantes no quesito "glamour da hotelaria" é o restaurante Çintemani. Além das enormes janelas com vista para o Bósforo, há grandes quadros, candelabros, arcos em madeira, móveis antigos e os colaboradores ali vestem roupas típicas. Em uma das manhãs, a música ambiente era um discreto jazz - o que completava a impressão de um ambiente saído de algum filme antigo.

Impressões à parte, a culinária turca é um dos itens que gera mais curiosidade aos visitantes de primeira viagem. No Ritz, a gastronomia local divide o cardápio com pratos e ingredientes internacionais, visando a atender os hóspedes de diferentes nacionalidades. Uma curiosidade é a presença de muitos orientais, o que faz com que o bufê de café da manhã tenha, entre outros itens, uma variedade de peixes.

O toque turco na primeira refeição do dia fica por conta dos (muitos) queijos, pães salgados e doces, amêndoas e avelãs, figo e damasco secos, iogurtes e itens como pepino, tomate e azeitonas - pouco comuns nas mesas brasileiras.

 

Entrada do Bleu Lounge & Grill
Entrada do Bleu Lounge & Grill

Além do Çintemani, o hotel também conta com um segundo restaurante, situado no mezanino. Trata-se do Bleu Lounge & Grill, espaço com vista para o mar e teto retrátil, sendo ideal para um drinque ou uma refeição leve durante os dias quentes. No menu, a tradicional Turkish Mezze (uma combinação de entradas que inclui berinjela, grão de bico, molho à base de iogurte e coalhada temperada, entre outros itens), pratos com cordeiro ou frutos do mar, e doces com pistache, nozes e mel.

Descanso

Uma das acomodações: luz natural e vista para o mar
Uma das acomodações: luz natural e vista para o mar

Depois de doze horas de viagem e seis de fuso horário (em relação a São Paulo), nada mais justo do que uma boa noite de sono. Nossa acomodação - um apartamento Deluxe de 38 m² com vista parcial do Estreito de Bósforo - surpreende. O espaço é bem aproveitado e dividido em seis ambientes diferentes: um pequeno hall de entrada com o armário e portas para o banheiro e o quarto; no banheiro, um espaço com trocador e o chuveiro, outro com a pia e a banheira, e um toalete; o quarto tem uma área de trabalho e outra para a cama king size, cômoda e poltrona. As janelas contornam toda a parede.

Os mimos também são variados: desde pantufas e um confortável roupão com a logomarca do hotel até uma garrafa de água mineral por dia, passando por bandeja de frutas frescas, chocolates, TV com canais internacionais e até um cartãozinho com algumas palavras traduzidas do inglês para o turco, caso o hóspede queira se arriscar na língua local.

Veja mais detalhes do apartamento na galeria abaixo.

Destino

Vista noturna de Istambul
Vista noturna de Istambul

Com aproximadamente 73 milhões de habitantes, a Turquia recebeu, no ano passado, 31,5 milhões da turistas. A partir desta semana, os olhos do Brasil voltam-se, literalmente, para lá. Isso porque o país é cenário da nova novela das oito da Globo, Salve Jorge. Mas muito antes de tornar-se palco para o drama da mocinha Morena, o destino já atraía a curiosidade de muitos turistas. A começar pela cidade de Istambul, cuja história remonta aos Impérios Bizantino e Romano e a localização está entre as mais peculiares.

Istambul é dividida: parte de seu território está na Europa e a outra, na Ásia. Partindo a cidade em duas estão o Estreito de Bósforo e o Mar de Marmara. Ali, no balneário no meio da metrópole, estão os grandes hotéis, as casas de veraneio mais cobiçadas e também os antigos palácios dos sultões, muitos transformados em espaços de eventos e meios de hospedagem de luxo. Do mar também é possível ver uma parte das ruínas da muralha de Constantinopla.

Os pontos turísticos mais famosos de Istambul encontram-se no centro histórico: a Mesquita Azul (chamada Sultanahmet, construída entre 1606 e 1616), a Igreja de Santa Sofia (obra do imperador bizantino Justiniano concluída em 360 e cujo nome original é Aya Sofia), a praça do Hipódromo (de onde a escultura dos cavalos de Constantinopla, que hoje estão na Piazza San Marco, em Veneza, foi roubada), a Cisterna da Basílica (construção que servia para armazenar água para abastecer o palácio).

Quem gosta de fazer compras pode arriscar um passeio pelo Grand Bazaar, espécie de Mercado Municipal ao estilo turco, onde é possível comprar suvenires, tapetes, luminárias, roupas e joias. Outra experiência turística típica dos visitantes da Turquia é o banho turco, o Hammam.

Clique na primeira foto da galeria para conferir algumas fotos da cidade.

Destino de negócios
Com olhos no mercado do Brasil, buscando expandir sua presença no País, a MEP Destination Management e a The Collection levaram, em agosto, o primeiro grupo de agências focadas em eventos, viagens de incentivo e premiações. Cantekin Temizer, sócio da empresa, e sua equipe acompanharam as agentes de viagens durante a visita por Istambul e pela região da Capadócia, onde puderam conhecer os destinos, espaços de eventos e hotéis.

Serviço
www.ritzcarlton.com
www.thecollectiondestinations.com
www.meptur.com.tr

*A jornalista do Hôtelier News viajou a convite da The Collection e da MEP, com apoio da Turkish Airlines e com seguro da Travel Ace.

Comentários