Saha Campos (SP): requinte e glamour na serra paulista

A Saha Campos é semelhante a um chalé. Requinte e glamour fazem parte dela (fotos: Thais Medina)

Sabe quando você chega em um lugar e percebe que todos os detalhes foram pensados para o receber da melhor e mais aconchegante maneira possível? Certamente essa é a sensação de quem escolhe a Saha como hospedagem em Campos do Jordão, famosa e movimentada cidade na região serrana de São Paulo por conseguir misturar frio, compras, passeio, turismo e muito agito.

 

Por Thais Medina*

 

Repare o termômetro no portal de entrada de Campos do Jordão

Frio. Muito frio. Quando a equipe do Hôtelier News se aproximou de Campos do Jordão na noite daquela sexta-feira de junho os termômetros marcavam 0º. Apesar do clima úmido e de ser próximo à meia-noite, a cidade ainda apresentava movimento.

 

Chegando à Saha, que significa saúde em árabe e fica no agitado e nobre bairro Capivari, o carro ficou nas mãos do simpático manobrista. Aliás, simpatia é o que não falta aos apenas oito colaboradores do estabelecimento. Entrando no meio de hospedagem fizemos check-in na pequena recepção climatizada. No ambiente ficam também sofás e poltronas para descanso, uma boa conversa ou leitura de jornais à disposição e computadores.
O aconchego esteve presente desde a chegada ao estabelecimento
Do lobby há um corredor que dá acesso aos apartamentos do andar térreo
Subindo ao apartamento - ao todo são 22, além de um chalé - com tema outonal (folhas secas fazem parte da decoração, incluindo quadros, abajures e lustres) são encontradas amenidades como microondas, minibar e frigobar em uma minicozinha, cama king size, cofre digital, TV de LCD de 42" com aparelho de DVD e, como não poderia faltar, um aquecedor. Mas o destaque fica com o banheiro. O chão tem o piso aquecido, a ducha é forte e quente, o espelho não fica embaçado com o vapor da hora do banho, as toalhas também são esquentadas em um equipamento próprio e o secador de cabelos é potente. São diferenciais que chamam a atenção e ajudam o hóspede a relaxar ainda mais. Uma charmosa varanda completa a unidade habitacional.
  Ao abrir a porta, do lado esquerdo fica a copa
     O apartamento tem cores claras e decoração com o tema outono, destacando as folhas características da cidade. Na abertura de cama, chocolate Toblerone
  De frente para a cama fica o guarda-roupa, no qual estão embutidos um cofre, TV de LCD, aparelho de DVD e estação de trabalho que, enquanto não utilizada para tal finalidade, recebe uma garrafa de vinho e minibar
   No banheiro quentinho, secador de cabelos potente, aquecedor de toalhas e amenities de boa qualidade
   Da pequena varanda do apartamento no qual a equipe do Hôtelier News ficou hospedada tem-se vista para a cidade e também para uma área ao ar livre na qual é servido café da manhã em dias sem chuva
O chalé tem capacidade para seis pessoas e fica em uma área exclusiva
No andar superior foi montada também uma sala de estar com opções de leitura para gostos diversos e decoração de muito bom gosto. Ao seu lado, uma porta dá acesso à pequena copa na qual o próprio hóspede pode se servir gratuitamente de chá ou café em uma máquina de expresso ou utilizar o microondas.
Na sala de estar, livros de diversos estilos
Se a vontade de uma bebida quente bater basta o próprio hóspede pegar um café na máquina expresso ou o chá de sua preferência
O pequeno restaurante é uma atração à parte. Com iluminação natural e área ao ar livre com uma relaxante fonte, oferece café da manhã. As opções de alimentação encontram-se em uma grande mesa no centro do ambiente. Bolos, pães, panquecas, cereais, frios, tortas. Caso o hóspede ainda deseje, pode solicitar tapioca, sanduíches, ovos mexidos e omeletes preparados na hora. "É o que chamamos de confort food, cujo principal objetivo é remeter à infância", conta Eduardo Simões, gerente da Saha, acrescentando que a refeição é servida das 8h ao meio-dia.
  A iluminação natural gera um charme adicional ao bem decorado restaurante
 As opções gastronômicas são diversas e os hóspedes ainda têm a possibilidade de escolher pratos preparados na hora como tapioca, sanduíches e ovos mexidos
Uma porta de vidro dá acesso à área ao ar livre também disponibilizada para o café da manhã...
...ao lado, varandas dos apartamentos do andar térreo

Completando a infraestrutura, o spa Jacques Janine oferece cabeleireiro, manicure, maquiagem, depilação, tratamentos faciais, banhos terapêuticos no ofurô (relaxante e energizante) e aromáticos (sensual e romântico), além de massagens corporais incluindo shiatsu, relaxante, drenagem linfática, quick massage, ayurvédica, reflexologia, acupuntura, esfoliante, power yoga, a quatro mãos e alongamento.

  No spa, que tem como um de seus fornecedores a marca Cadiveu, alguns tratamentos podem ser feitos em casal, já que uma porta de madeira separa as duas salas
Sempre em busca de bem-estar, próximo ao spa e ao chalé fica essa área

A Saha Campos foi inaugurada em 12 de junho como parte do grupo Riema e desde 30 de junho conta com administração própria. A ideia é que seja criada uma rede de pousadas no interior e litoral paulista.

Suas tarifas já indicam que ela é voltada a pessoas de alto poder aquisitivo. Foram cobrados em média R$ 500 pela diária em junho e R$ 650 em julho (para o mínimo de três noites de hospedagem). Na baixa o valor atinge R$ 300. Seu principal público são casais de 25 a 35 anos moradores principalmente do eixo Rio-São Paulo e também de Minas Gerais. Crianças menores de 14 anos não são aceitas.

 

Mimos, facilidades e novidades

O atendimento exclusivíssimo inclui mimos como carro lavado no momento do check-out, serviço de concierge, abertura de cama, empréstimo de bicicletas.

 

O estabelecimento ainda conta com diversos modelos de cestas de piquenique para quando os clientes quiserem ir ao Horto Florestal, por exemplo, e DVDoteca criada pela Home Vídeo com quase 100 títulos ganhadores de prêmios.

 

Para um futuro próximo são muitos os planos. O spa, por exemplo, deve ganhar um tratamento facial que utiliza como produto pó de ouro e promete rejuvenescer dez anos. Também devem ser organizados workshops de vinho e chocolate. Vinho também vai contemplar os amenities, que estão sendo desenvolvidos. Além disso, a Saha terá chá da tarde ou ceia, academia, cromoterapia, um miniguia com indicações do que fazer no destino, central de reservas e um representante comercial na capital paulista.

Destino Campos do Jordão

Para quem mora na capital paulista e arredores, Campos do Jordão é um reduto no inverno. Fondue, vinho, chocolate quente... as opções gastronômicas são diversificadas, assim como a quantidade de restaurantes oferecidos na cidade. Há estabelecimentos para todos os gostos, e bolsos.
Paisagens da cidade serrana

 

Há quem pense que o local foi dominado por jovens e adolescentes, mas não é bem assim. O destino recebe muitos casais e famílias inteiras, com integrantes de todas as idades, que não acham que o inverno é a estação para se trancar em casa e aguardar o frio passar. Prova disso é a lotação dos meios de hospedagem. Aos finais de semana de junho e julho é difícil encontrar uma vaga em cima da hora.

Se o dia é agitado, as opções são os passeios como ao Horto Florestal, teleférico, a cavalo, quadriciclo, restaurantes e compras nas inúmeras (e muitas delas baratas) lojinhas do centrinho, a noite, então, esquenta! Os bares, alguns deles com música ao vivo, fazem com que os cachecóis, botas, gorros, boinas e luvas sejam tirados de guarda-roupas e malas para encarar as temperaturas baixas. Aos mais dispostos há danceterias, ainda na região do Capivari. A Pucci, que também funciona em São Paulo com músicas que misturam ritmos da atualidade e flash dance e recebe público em média entre 25 e 35 anos, é uma boa opção. E o melhor: para chegar até a Saha basta uma rápida caminhada de cerca de cinco minutos.

 

 
O teleférico é um dos pontos turísticos que não pode deixar de ser visitado. Do outro lado há uma lanchonete, além de uma vista espetacular
Lojas, brinquedos e passeios de trenzinho são algumas das atrações para a diversão de todas as idades
O Horto Florestal é uma boa pedida para quem gosta de natureza e turismo   No final da tarde e à noite uma boa opção é um passeio pela movimentada e iluminada cidade
 

 

Mas Campos não oferece atrações apenas no inverno. A primavera, com muitas flores, principalmente orquídeas, e o verão guardam atrações como visitas a parques ecológicos e a outros pontos turísticos, como a Pedra do Baú. Uma vantagem de ir até lá nessas estações: os valores despencam! Aproveite e não deixe de visitar esse cantinho que é o reduto do inverno no estado de São Paulo e oferece paisagem colorida no calor.

Serviço www.sahacampos.com.br

  

* A equipe do Hôtelier News se hospedou na Saha Campos a convite do meio de hospedagem. 

Comentários