Sales & Marketing Conference SP debate o momento atual do marketing online

Ralfe durante o evento da HSMAI Brasil

Foi aberto há pouco, no Blue Tree Faria Lima, na capital paulista, o Sales & Marketing Conference SP. O evento, organizado pelo capítulo HSMAI (Hotel Sales & Marketing Association International) no Brasil, traz especialistas no universo digital para debater o que há de mais atual no marketing online. Entre os palestrantes dessa edição estão Ciro Ralfe (Click Bus); Bob Hirsch (Instituto Opus de Desenvolvimento Humano); Rafael Abdalla (Costa do Sauípe); e Venicio Cardoso (BCD Travel).

Na abertura do encontro, Gabriela Otto, presidente do HSMAI Brasil, falou sobre a importância dos hotéis se adaptarem ao mundo digital. "A tecnologia evoluiu muito nos últimos anos e nós precisamos acompanhar esse movimento. Nesse pensamento, os quatro palestrantes de hoje abordarão uma visão ampla do que se pode fazer para melhorar o serviço que fornecemos”, afirmou Gabriela. “Saber o que o hóspede acha do meu empreendimento é o melhor caminho para oferecer a ele o melhor serviço. Em razão disso, o monitoramento das mídias sociais é caminho chave, pois a nova geração valoriza esses canais”, complementou.

Marketing online

Logo na sequência começou a palestra de Ralfe, que falou sobre como impactar os viajantes a partir de dispositivos mobile. O palestrante norteou-se em cinco conceitos que melhoram a qualidade do produto oferecido: site rápido, processo de reserva descomplicado, interface intuitiva, segurança no pagamento e resposta de avaliações.

"Os aplicativos dão muita receita: 44% das vendas varejistas são feitas por mobile. É preciso entender mais o consumidor e, portanto, adaptar-se à demanda dele”, comentou Ralfe, que destacou o papel das redes sociais. “No Facebook, por exemplo, é possível 'taguear' os viajantes, compreendendo também por onde aquela pessoa passa, a cidade que ela mora, tornando possível que o meu negócio ofereça experiências melhores", completou.

Importância do site

Ralfe ressaltou como o site do hotel deve ter atenção total das marcas do setor. “ se o site demora mais de três segundos para abrir, o hóspede vai para outro portal. Não adianta ter um portal muito organizado, mas que tem baixo nível de interação com o cliente", comentou.

Em relação aos dispositivos mobile, Ralfe destacou a velocidade e agilidade para o consumidor que a ferramenta oferece. “É algo que otimiza o tempo da pessoa que está hospedada em seu empreendimento”, finalizou.

* Crédito da foto: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários