Salvador têm ocupação de 62,11% em julho

SalvadorAções de divulgação e aumento no fluxo de viajantes explicam crescimento

Dados da Taxinfo, em parceria com a ABIH-BA (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia), mostram o desempenho dos hotéis de Salvador em julho. De acordo com o relatório, o mês apresentou crescimento 5% na taxa de ocupação frente ao período idêntico no ano passado. A média de quartos hoteleiros preenchidos na cidade chegou a 62,11. 

O mesmo balanço mostrou diária média em R$ 218,50 e RevPar de R$ 135,71. 

Segundo Glicério Lemos, presidente da ABIH-BA, os números apresentados refletem uma retomada do setor hoteleiro da capital baiana. O executivo aponta algumas ações de divulgação que tem surtido efeito na performance hoteleira.

"Desenvolvido em 2016, estamos realizando o Road Show que promove a cidade em diversas regiões do Brasil e na América do Sul. Além disso, capacitamos agentes de viagens e operadores que comercializam Salvador", explica o executivo.

Lemos cita também que foi registrado em 2017 aumento de 10% no fluxo de turistas para a cidade. Outro número que justifica a melhora dos hotéis é da secretaria municipal de turismo, que também notou crescimento na presença de viajantes no primeiro semestre.

Salvador: turistas e tendências

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) divulgou também números que compactuam com a melhora citada pelo presidente da ABIH baiana. De janeiro a maio deste ano, a agência registrou crescimento de 2,1% na movimentação de passageiros no aeroporto de Salvador.

Além disso, os resultados apresentados revelam tendência de que no acumulado do ano, a taxa de ocupação passe de 53,72% para 61,45% e a diária média permaneça praticamente estável (R$ 233,27 em 2018 e  R$ 234,95 em 2017).

(*) Crédito da foto: Joelfotos/Pixabay

Comentários