Sandos Playacar: serviço e estrutura perfectos no Caribe

Bienvenido ao Sandos Playacar (fotos: Dênis Matos)
A principal insígnia para o Sandos Playacar Beach Resort & Spa, situado a 45 minutos do Aeroporto de Cancún, na Riviera Maya, região turística de Quintana Roo, México, tem apenas 13 letras: hospitalidade. A palavra se desenha muito além da cultura sincrética que simboliza as matrizes latinas dos mexicanos - personificando-se em detalhes abstratos que nem a gramática de Aurélio Buarque de Hollanda consegue traduzir.
Um incidente me ocorreu no Sandos Playacar e, frente a isto, pude confirmar o quão acolhedores são os funcionários do hotel, podendo atribuir tal símbolo ao empreendimento. Em meio aos cliques para captação das imagens que compõem esta reportagem, um lapso involuntário me tomou e o aparelho fotográfico - brinquedo que traduz o pensamento conceitual em fotografias, como definiu o filósofo tcheco naturalizado brasileiro Vilém Flusser -, foi ao chão. Pretenso prevenido, levara na mala outra máquina fotográfica - porém sem lente - para um eventual dano. E, como rege a lei de Murphy, o que tem correr mal, vai correr mal. A lente se quebrou.
O resultado? Descobri que não se deve viajar para tão longe com apenas uma delas e que o povo mexicano faz jus ao termo solicitude.
À medida que a cólera inicial ia se desfazendo, meu problema se intensificava e a solução parecia seguir na contramão. Eu figurava em outro país, numa região turística, e dificilmente encontraria uma loja que atendesse à urgência, pensei. Fora preciso uma noite de sono embalada por positivismo e pela frase Of course i'll be alright / I just had a bad night (Com certeza eu ficarei bem / Apenas tive uma noite ruim), de uma canção do Nada Surf, que ecoava junto ao meu infortúnio, para pensar o que deveria ser feito.
Coisa de oito horas da manhã seguinte, Alberto Ortiz, da equipe de Recepção do Sandos Playacar, me olhou com um sorriso messiânico. Interpelou-me no lobby do hotel, com um ar prestativo que deixaria Madre Teresa de Calcutá com inveja - se é que a missionária era dada a esses sentimentos. Três horas mais tarde o mundo se reestabelecera e eu tinha uma lente em perfecto estado de uso à mão. Sim, o mexicano emprestou-a, e ela era compatível à utilizada em minha câmera. Meu problema virara estória.
O exemplo me deixou às claras que, mais do que os colaboradores bem treinados e prestimosos, o Sandos Playacar carrega consigo o sangue latino de auxiliar seja lá quem for - e que, diga-se de passagem, o capricho da sorte me acompanhara no México.
Em meio a este imbróglio, rapidamente sanado, o cinco estrelas me chamou a atenção pela infraestrutura quase incomensurável. 839 apartamentos, oito restaurantes - seis deles com serviço à la carte -, dois snacks-bar, seis piscinas, cinco bares, quadra de tênis, teatro coberto, sala de jogos, área de convenções, sauna, spa, salão de beleza e outros mil pormenores que melhor se explicam no vaguear do olhar nas imagens abaixo.
Bienvenido ao Sandos Playacar.
Por Dênis Matos*
Cactos, muito comuns em terras mexicanas, adornam a Recepção do Sandos Playacar
 
Espaço externo da Recepção, ideal para tomar um ar - que não o condicionado - despretensiosamente
A Recepção contrasta com iluminação baixa e pé direito alto. O enorme lustre é semelhante ao de outras áreas. Ao fundo, arcos em metal servem de adorno e candelabro
Os simpáticos Alberto Ortiz - que me livrou do apuro da lente -, Dulce e Said - todos do atendimento do Sandos
 
Aconchegantes poltronas e outro ângulo do Lobby
Na lateral da Recepção, figura o Lobby Bar, que serve drinks rápidos e alguns snacks
O espaço é ótimo para bebericar algo antes das refeições...
Drinks e garrafas servem de decoração junto às cores latentes do México
O Meeting Point é uma espécie de segunda Recepção do Sandos Playacar. Ele já serviu para tanto à época de construção do hotel
Dentro do Meeting Point há áreas comuns, simplesmente para aguardar o horário das refeições ou atividades...
...Ou solicitar mordomias, disponíveis no Guest Service
A iluminação é toda baixa e o espaço é bem ventilado. Nele é possível acessar a internet pelo sistema wi-fi - disponível apenas nas Recepções
Um mapa explicativo ajuda na localização e dá indícios do tamanho do resort
Riviera Select Club
O seleto do nome não é ao acaso. A seção Riviera Select Club é mais um dos privilégios do Sandos Playacar. Inaugurado em novembro último, o projeto leva em seu cerne a palavra exclusividade, com áreas e serviços que vão de bebidas disponíveis nos apartamentos até o Premium Club - espécie de sala vip com regalias diversas.
A parte que mais anima os hóspedes do Select Club é que nas UHs (unidades habitacionais) não é permitida a presença de infantes. Sim, nada de bolas arremessadas, gritarias coletivas ou choros frenéticos.
Oferece 276 apartamentos, distribuídos em três edifícios situados ao lado da Recepção central do hotel. Há piscina privada também e um bar exclusivo.
 
Uma das áreas do Premium Club - que fica na Recepção central do Sandos
O Premium Club tem lanches rápidos, café, cerveja, drinks e alguns snacks que ficam à disposição durante todo o dia
Jornais e revistas do país também figuram entre os mimos
O espaço é bem arejado e ideal para momentos de leitura ou simplesmente ócio
Entrada da outra sala vip Premium. Esta fica no Meeting Point, área de encontro do hotel
Igualmente à da Recepção, esta ala oferece petiscos frios a qualquer hora do dia
Computadores à disposição...
...E algumas poltronas para relaxar ou até mesmo assistir TV
 
Acima, a ala de apartamentos do Select Club. Abaixo, outro clique que contempla os quartos, piscinas e tendas para descanso - todas, áreas somente para adultos
 
Os guarda-sóis são de palha, como na maior parte do hotel. À direito, outro foco da piscina e das habitaciones
O espaço conta com o Swim-up Bar...
...que serve drinks dos mais variados tipos
Apartamento Select Club
A ala de apartamentos Select Club é um espaço à parte, que lembra até mesmo pequenas pousadas de veraneio - não fosse a imensidão do Sandos Playacar e os três blocos
Os apartamentos contam com TV de plasma com canais a cabo, pantufas e outros itens para cativar o visitante 
Uma pequena saleta do apartamento, que pode servir até mesmo para as refeições
Todos contam com duas camas de casal
Radiorrelógio e telefone no criado-mudo
Da hidromassagem, é possível aproveitar a vista da UH e, notadamente, estendê-la até a área externa
Os amenities vêm numa espécie de bandeja feita em madeira
O toalete tem duas cubas
Gel de banho e xampu ficam em recipientes juntos ao chuveiro, para facilitar a reposição de amenities
A UH tem ferro, tábua de passar roupas e roupão de banho - este com logo do hotel
As bebidas do frigobar podem ser consumidas à vontade, sem custo adicional, pois são parte do sistema all inclusive oferecido no Sandos
Nas boas-vindas, uma cesta de frutas
Vinho, vodca, rum e outras bebidas à disposição no quarto. Os líquidos inebriantes também são parte do pacote all inclusive
Um simpático elefante-toalha felicita o hóspede na chegada ao quarto
Em se tratando de um hotel de praia, há varal na sacada para facilitar a vida do hóspede
Vista al mar
Com nome autoexplicativo - vale a tradução para Vista para o mar -, as suítes Vista al mar ficam situadas na outra ponta do Sandos Playacar, bem próximas à praia.
São menores em estrutura, em comparação às do Select Club, mas não deixam a desejar quanto aos pormenores e mimos. Cama king size, secador de cabelo, roupão de banho, cofre de segurança, minibar, frutas de boas-vindas, touca de banho, TV de Plasma, ventilador de teto e cafeteira, entre outros itens. É possível, caso seja interesse do hóspede, mesmo hospedado nessas suítes, fazer uso do plano Select Club.
Vista geral da área que contempla piscinas e apartamentos, um dos "brindes" que o hóspede tem nas suítes Vista al mar
Os apartamentos são menores e mais intimistas, e a decoração é marcada por cores mais leves
Muitos tons de azul, tanto na estrutura quanto na mobília e enxoval, fazendo menção às cores do oceano
Desta vez, um cisne dá boas-vindas
Haciendas
Para quem quer espaço e tranquilidade, as Haciendas figuram como opção mais indicada. São 120 habitações divididas em 12 vilas. Solário e piscina próprios são os diferenciais das suítes.
A natureza do entorno também funciona como item de auxílio. A exuberância do entorno faz com que o hóspede se sinta, de fato, numa pequena fazenda.
As Haciendas são espécies de casa de veraneio e têm piscina particular
Elas foram as primeiras áreas construídas do hotel e são indicadas para famílias que buscam mais privacidade
As suítes são bem espaçosas
E contam com antessala
 
Cliques mais próximos de um abajur todo decorado e de um quadro repleto de flores. As fortes cores do México aparecem em toda a estética
Alimentos & Bebidas
O setor de A&B do Sandos Playacar funciona como carro-chefe do hotel. Trabalhando no sistema all inclusive, comuns aos hotéis daquela região, o resort conta com oito restaurantes. O programa faz jus ao nome, com tudo praticamente incluso. Além das refeições tradicionais - café, almoço e jantar -, o turista tem à disposição alguns espaços com snacks e drinks rápidos.
Um dos destaques é que o hóspede pode solicitar room service sem nenhum custo adicional. Ensalada del chef, Ceviche de camarón, Ensalada con queso de cabra e Guacamole con totopos estão entre as opções.
Quanto aos restaurantes, é possível visitar culinárias como argentina, no El Gaucho, ou até mesmo brasileira, representada pelo Fogo de Janeiro. Figuram na lista opções francesa, no Gourmet, ou mexicana, servida no Riviera Maya. A gastronomia asiática é visitada no Asiana - bem como a italiana, cujo representante é o Il Piamonte.
O dia a dia alimentício no Sandos Playacar leva o nome do Gran Buffet Riviera, principal do hotel. Funciona praticamente o dia todo, com um bufê que atente a intitulada gastronomia internacional.
Pude conferir, com ênfase para o paladar, alguns desses impropérios gastronômicos - no bom sentido, é claro.
No El Gaucho come-se, e muito bem, especiarias da culinária argentina, acompanhadas de vinhos do país
 
O espaço é todo decorado com material que faz menção à cultura argentina - a exemplo do quadro ao lado, desenhado com um par bailando pelas ruas de Buenos Aires
A Ensalada mixta, combinação de folhas verdes com queijo parmesão servida num pão crocante. De longe, a melhor salada que pude provar nesse pouco mais de um quarto de século de vida
T-bone, saboroso bife de costela servido com batata recheada de bacon
A deliciosa Tarta de manzana caliente, tradicional torta de maçã servida com sorvete e calda de chocolate.
Se existe pecado, principalmente para os gulosos, ele se personifica ao deleitar-se com tal pedida 
Mediterráneo
Em meio à praia, não poderia ser diferente. O Mediterráneo, restaurante próximo ao mar, tem um estilo mais intimistas e serve pratos à base de frutos do mar - embasados na alta gastronomia
Crema de espárragos, tradicional sopa espanhola
 Suprema de pollo con salsa de pimienta verde,
frango perfumado com conhaque e servido com abóbora recheada com batata 
À luz de velas, a conhecida Banana split
Durante o dia, o Mediterráneo serve refeições no sistema bufê
O Il Piemonte é o italiano do Sandos Playacar, porém estava em reforma à época da visita
O La Bambola é o bar central do Sandos Playacar...
...Em determinados horários do dia, são servidos algumas especiarias mexicanas nele
O bar conta com um grande saguão, muito frequentado à noite
 
O hóspede pode fazer uso do balcão para tomar um drink ou optar pelas mesinhas dispostas ao redor do bar
Fachada do Festival Grand Buffet, restaurante central do hotel
Alguns aperitivos são servidos na entrada do Grand Buffet
O restaurante é enorme e funciona praticamente todo o dia, servindo café, almoço e jantar
Aberto e bem ventilado, nele é possível fazer as refeições avistando grande parte da área externa do hotel
Esculturas de alimentos...
...Fazem parte da decoração
 O bufê de saladas é bem completo...
...Com diversas opções de grãos
Tradicionais molhos apimentados, muito comuns na gastronomia mexicana. Mesmo com um incipiente neste quesito, pude me aventurar em algumas delas - que, à revelia de queimarem a língua, são bem saborosas
O Festival Grand Buffet tem também uma estação de massas
Pães de inúmeros tipos, preparados no próprio hotel
Por receber um grande número de estadunidenses, hambúrgueres, salsichas e batatas fritas estão sempre no cardápio
 
 
Em sentido horário: Chilaquiles, Frijoles charros, Rajas poblanas e Verdura mixta a la parrilla
 
Chorizo encebollado, Fatijas de res e Chilaquiles rojos
 
Algumas opções de sobremesa
O café da manhã também é farto, com pães para diversos gostos
Frutas da estação
Uma verdadeira barreira de cereais
Pela manhã, há também uma estação de panquecas e waffle...
...Que podem ser recheados com muito chocolate
Spa, fitness e teatro
Mesmo sendo espaços com finalidades distintas, o Spa Sandos, a academia de ginástica e o teatro figuram numa ala única.
Além da estrutura para exercícios e afins, o fitness center conta com auxílio de profissionais para sanar as dúvidas do hóspede.
O Spa Sandos é, deveras, um templo à parte. São mais de 2,3 mil m² com áreas para relaxamento, saúde e beleza. Hidroterapia, saunas, banhos de vapor, solário, sala de spinning e salão de ginástica, entre outros, compõem a gama de serviços.
Para as mulheres, um salão de beleza também está à disposição. Claro, ele também atende ao gênero oposto, porém é difícil cruzar com algum representante da raça nas imediações, são personagens efêmeros do entorno ou, no máximo, parte da equipe.
Os tratamentos do spa são praticamente os únicos serviços que não fazem parte do all inclusive. As terapias vão de massagens relaxantes a depilações, tratamentos corporais com café e chocolates, vitaminas faciais e afins. Os preços iniciam na casa dos US$ 30 e seguem até cerca de US$ 150.
Área que congrega o teatro, academia e spa
O teatro é coberto e tem capacidade para até 800 pessoas
Em sua lateral, um espelho d'água harmoniza o local...
...Que é vizinho do spa. Em sua entrada, uma estátua imensa do Ganesha, um dos deuses mais conhecidos do hinduísmo
Água de clorofila e chá gelado para recepcionar os visitantes
  
Ao centro, visão superior da recepção do Spa Sandos. Nas laterais, detalhes do mobiliário e da decoração
Sala para tratamento com terapias orientais
Dois lobbys do spa, para recepcionar os clientes
Na área do spa, há uma piscina maior que conta com pequenas jacuzzis
  
Anexo ao espaço, há também o setor de fitness. Os equipamentos são todos da marca Life Fitness e só podem ser utilizados por maiores de 18 anos
Salvador Bautista, executivo de Contas da Sandos, que nos acompanhou no site inspection
Piscinas não faltam no resort. São ao todo seis delas, sendo duas destinadas a crianças...
...Que tem à disposição também um Kids Club
E, caso o hóspede queira perder alguns quilinhos, bicicletas podem ser alugadas para que se percorra a enorme área do Sandos Playacar
Uma fonte próxima ao Meeting Point...
...Faz menção às antigas ruínas da civilização Maia
 A belíssima praia que dá nome ao resort
Redes estão dispostas para um cochilo ou simplesmente para um momento de ócio desenfreado
Espreguiçadeiras por todo lado. Neste espaço, há serviço de garçom para atender os hóspedes à beira mar
A simetria dos guarda-sóis e das espreguiçadeiras...
...Na areia onde a bandeira do grupo Sandos está fincada
À frente do Meeting Point, bandas se apresentam todas as noites
Como não poderia deixar de ser, a música mexicana
serve de embalo para chacoalhar o esqueleto dos turistas
Com o cair da noite, algumas plantas situadas no jardim do hotel ganham novas cores com a iluminação
É no cair da noite que o hóspede pode encontrar também alguns suvenires mexicanos para levar para casa...
...Numa verdadeira feira de rua de apetrechos da cultura Maia
Quinta Avenida
Deixar de cruzar a Quinta Avenida, estando na Riviera Maya, soa como vitupério. O centro de compras está a apenas 15 minutos a pé do Sandos Playacar - ou até menos, caso bicicletas ou taxistas sejam acionados. Vaguear pela ruela despretensiosamente, pelas três da tarde, é prazeroso por si só.
É fácil perder a dimensão do que se está fazendo e ficar imerso nas muitas cores que cruzam o olhar quando por lá se caminha. Um som monocórdio ecoa desenfreadamente em meio a pessoas que comumente não se entendem por seus diferentes idiomas, mas dividem o desejo de comprar em terras estrangeiras. É claro, em tempos de globalização, o inglês é moeda corrente para sanar tais percalços.
Centro de compras não deixa a desejar quando o assunto é gastar
Em se tratando de moeda - seja esta o dólar estadunidense, o euro do Velho Mundo ou o peso mexicano - o que mais se pode fazer por lá é gastá-la; igualmente ao que se pratica na versão norte-americana da rua, situada na movimentada Manhattan, em Nova York. Compras à granel são saciadas na versão mexicana da Fashion Ave: há em abundância bares, restaurantes, shoppings e lojas de souvenir - que compõem a estética da via.
Uma imensa concentração de turistas, vez ou outra à toa, passa pelo espaço que, devaneando, rememora os calçadões comerciais da região central da capital paulista. Notadamente, as cores mexicanas contrastam com o cinza colérico da cidade de São Paulo e animam muito mais os ânimos.
Restaurantes e bares figuram entre as opções da Quinta Avenida
Milhões de objetos em porcelana podem ser encontrados, pela região - prato cheio para turistas
O Porto de Playa del Carmen...
 
...Outra atração da região...
...Que também tem o mar e um enorme píer como atrativos
E até uma versão de papelão do vizinho cubano Fidel Castro pode ser encontrada por lá
Muitas, muitas, muitas menções a esqueletos...
...Num verdadeiro baile dos mortos
Xcaret
Vale a repetição da sentença: estar em Quintana Roo e não conhecer o Xcaret soa como disparate. Lá se torna latente a percepção de que o México se colocou à frente de um posicionamento que o faz como destino turístico estruturado. Fica visível que o país faz uso de sua cultura ancestral, sem que esta se perca, como produto.
Questão essencial dizer que a visita não sai por menos de US$ 70. Por sorte, pude conferi-lo a convite da administração do complexo.
Fora os pormenores econômicos, a riqueza ecoarqueológica do México é o que inebria os olhares por lá. Pasmar é pouco. A sensação é que se está metido em meio a inúmeras coisas que tomam as atenções independente da origem do visitante. Tudo por lá é interessante de ser visto.
Rapidamente, tal fulminação dá lugar à plenitude quando se vê, logo na entrada, um par de flamingos a desfilar, por exemplo. Aí é questão de tempo para que se perceba imerso naquilo e sem noção alguma do que se está fazendo - como se de repente as coisas não precisassem mais fazer sentido e você pode ficar estático simplesmente a contemplar. A objetividade jornalística, em meio a isto, naufraga.
Ao adeptos - como este que você agora lê -, é possível perder o dia só observando os animais do parque. Some-se a isso os muitos ranços da cultura maia que por ali figuram. Flora, tours arqueológicos e atividades aquáticas estão no leque de opções que o espaço dispõe.
O parque possui também um programa de conservação da flora, fauna e cultura do país, voltado à difusão do patrimônio imaterial do México.
As tartarugas são contempladas por um projeto de conservação das 13 principais praias do entorno onde ocorre nidificação dos animais.
Ruínas maia são a primeira referência na entrada do Xcaret  O parque é patrimônio cultural da nação mexicana Pelas ruelas do Xcaret, verdadeiros monumentos... ...Em referência à antiguidade Maia... ...Onde foi possível flagrar um sáurio iguanídeo, mais conhecido com iguana   Simpáticos flamingos circulam por lá e andam entre os visitantes... ...Vivendo em harmonia também com araras e outros bichos Apesar da posição fazer jus a um bicho-preguiça, o amigo acima é um guaxinim E já que os mexicanos têm uma relação muito amistosa com a morte, algumas velas em homenagem aos falecidos podem ser compradas no próprio Xcaret Detalhe: elas são produzidas no próprio parque Como não poderia deixar de ser, há túmulos que fazem uso de tais objetos   A alegria e as cores mexicanas reverberam até mesmo na morte, sendo até as lápides animadas... ...As sepulturas têm um quê que soa como obra de arte E apesar do clima de cemitério, é difícil se sentir em meio aos mortos A imponente e, aparentemente, amena puma negra... ...Que divide o lar com outro felino... ...A onça pintada faz pose Os gatos em tamanho família são separados do público por este enorme buraco. Será que eles pulam? E até um boi de dimensões avantajadas vira atrativo turístico Caso os atrativos sejam poucos para o visitante, é possível se deleitar nas águas do Caribe Golfinhos à vista Amistosos, eles fazem questão de farrear para os visitantes Claro: sempre que possível a exibição é coletiva No aquário do Xcaret, o espetáculo à parte das águas vivas... ...Que se locomovem numa espécie de poesia visual As cores latentes do México se repetem até embaixo d´água Em meio às águas cristalinas do tanque, avistamos uma arraia Tartarugas marinhas... ...Também fazem peripécias coletivas para chamar a atenção... ...E algumas chegam a praticamente posar para foto   Uma igreja com formato um tanto inusitado - pois sua nave tem formato de auditório - é parte dos atrativos Anexo ao templo, há uma casa de cultura mexicana O espaço traz ranços da cultura do país, com detalhes mínimos até mesmo do cotidiano Uma verdadeira casa de bonecas - ou melhor, quarto - mexicana é parte da arquitetura do espaço A Virgem de Guadalupe, patrona da Cidade do México, é homenageada com uma escultura feita num tronco de árvore. A obra tem coisa de dez metros de altura O púlpito fica em meio a uma espécie de lago, e a impressão que se tem é que a igreja foi construída numa verdadeira caverna.
 
Serviço Sandos Playacar Beach Resort & Spa Playa Del Carmen, Quintana Roo - México 52 984 877 40 40
 
*O jornalista do Hôtelier News viajou à Riviera Maya a convite da Sandos Hotels de da White Jets Airways.

Comentários