São Paulo amplia malha aérea para a Argentina; Tucumán é o destino

Líderes de São Paulo e Tucumán se reuniram na capital paulista

Na manhã de hoje (28), Junior Aprillanti, secretário estadual de Turismo de São Paulo, recebeu o ministro de Turismo de Tucumán, Sebástian Giobellina. A reunião entre os titulares das pastas tinha um objetivo: celebrar a ligação aérea entre a maior cidade da América Latina e a menor província da Argentina. O voo começará a operar pela Latam Airlines no próximo sábado (2), com três frequências semanais.

Na reunião, Aprillanti revelou alguns números do estado, que mostram a dimensão do mercado turístico paulista. “São Paulo recebe 44 milhões de turistas por ano, possui 622 quilômetros de praias, além de obter 19 das 20 melhores estradas do País. Além disso, disponibiliza 36 aeroportos, sendo dois internacionais. No segmento do turismo religioso, o Santuário de Aparecida recebe, em média, 12 milhões de fiéis por ano. É esse potencial que oferecemos e damos as boas-vindas aos tucumanos”, comenta.

Já Giobellina informou que os futuros turistas de Tucumán já são familiarizados com São Paulo. Segundo ele, Ribeirão Preto (SP) realiza intercâmbios entre engenheiros da agroindústria dos dois países. "Os moradores da cidade vão se beneficiar da conexão que a capital paulista dará aos tucumanos para o restante do mundo”, destaca.

Vendas da rota São Paulo-Tucumán

Os voos do primeiro mês já contam com uma ocupação média de 75%, mesmo antes da estreia do trajeto. O avião sairá de Guarulhos às 7h25 nas quartas e quintas-feiras, além de sábados. O pouso no destino argentino ocorre às 10h45.

O percurso inverso acontece nos mesmos dias, saindo de Tucumán às 17h30, com chegada prevista na capital paulista às 20h30.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Comentários