Selina anuncia novos protocolos para estadia segura no pós-pandemia

selina- protocolosCoworkings passarão a operar com 50% de sua capacidade

Conforme a quarentena é flexibilizada, uma das grandes preocupações do consumidor passa a ser a higienização. Por isso, com unidades Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis e Paraty, a rede Selina anuncia novos protocolos para estadia segura no pós-pandemia.

Durante o isolamento social, a marca promoveu uma programação musical online em todo o mundo, visando manter a conexão com o público. Com o regresso das atividades, a preocupação do momento é garantir o bem-estar de hóspedes e colaboradores. 

Selina: novos protocolos

Já em operação, a marca aplica novos protocolos. A partir de uma parceria global com a ECOLAB, a rede desenvolveu novas medidas englobando tecnologia de água, higiene e energia. Ações como um novo processo de check-in sem contato, passaram a ser implementadas.

Outras medidas incluem higienização das bagagens e entrega em envelope lacrado de chaves magnéticas e pulseiras de identificação Selina. Bem como um aumento no protocolo de limpezas das áreas comuns, limitação de espaços compartilhados, como bares, restaurantes, piscinas. Os coworkings passam a operar com 50% de sua capacidade. 

Além disso, há uma nova divisão nos quartos compartilhados, privatizando alguns a grupos/ famílias viajando juntos, ou então limitando sua ocupação das UHs com
viajantes sozinhos.

A rotina dos colaboradores também sofreu alterações: passa a ocorrer verificação de temperatura dos funcionários no começo e final de cada turno. Ainda é obrigatório o uso de máscaras e luvas de proteção. O equipamento (incluindo limpeza e manutenção) será limpo antes e após cada turno, e será evitado o manuseio de dinheiro.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Selina

Comentários