Serhs Inclusive é a nova opção de hospedagem do Serhs Natal

Laas: demanda estimulou lançamento

Seguindo a demanda dos clientes, o Serhs Natal, localizado na Via Costeira, na capital potiguar, implementará serviço all inclusive a partir de setembro. Segundo Willian Laas, que está há seis meses como diretor geral do empreendimento, o objetivo é atender aos hóspedes que desejam vir para o resort com todo o pacote de alimentação contratado.

"É um público que não tem interesse em se alimentar fora do empreendimento. Eles querem aproveitar o resort ao máximo, sem ter que se preocupar com o quanto vai desembolsar", explica.

Serhs Inclusive, como é?

Atualmente, o Serhs Natal trabalha com o sistema de meia pensão (almoço ou jantar) com café da manhã ou pensão completa, com as três refeições diárias. Já o Serhs Inclusive será mais amplo: o hóspede terá acesso livre aos três bares do hotel, incluindo bebidas e alimentos, e o consumo na área da piscina.

"Esse tipo de serviço é oferecido em vários empreendimentos do Nordeste, assim como no Caribe, que também é um grande concorrente nosso. Pensando nesse mercado, decidimos implementar também essa opção", comenta Laas.

Segundo o diretor geral, haverá alguma limitação, mas ela será pequena. "Praticamente o cardápio será todo aberto e o cliente do Serhs Inclusive poderá consumir itens que não estão no plano, a preços melhores em relação a quem não optar pelo serviço. Ainda assim, serão muito poucos itens que farão parte dessas limitações, caso de certas bebidas importadas. Quase 100% do cardápio estará à disposição dos clientes Serhs Inclusive", revela.

Novo espaço atende aos clientes das suítes

Nova implementação no café da manhã

Outra novidade do resort é a nova área para café da manhã exclusiva para clientes das 60 suítes do empreendimento. O novo serviço está em funcionamento há 90 dias e a aceitação tem sido boa. "Só temos tido elogios vindos dos hóspedes por conta dessa opção do café da manhã, que tem trazido mais tranquilidade, fugindo do grande volume de pessoas que usam o restaurante principal do hotel. Temos dias com até 1 mil pessoas tomando café no salão principal, então há essa tranquilidade maior. É um upgrade para aquele hóspede que pagou pela suíte", explica Laas.

Com os mesmos itens servidos no restaurante principal, o espaço exclusivo se diferencia no sistema a la carte para alguns itens como tapiocas, waflles e omeletes. "O café e leite são servidos diretamente na mesa e temos uma hostess à disposição para dar um suporte e apoio para os hóspedes. Então, é um pouco diferente do restaurante principal, onde é totalmente buffet", conta o diretor geral.

Indagado se a implementação acarretou custos extras na operação, Willian diz que único custo gerado foi o aumento da brigada. "Temos agora um pouco mais de colaboradores na cozinha e no salão, mas são custos que se diluem pelo benefício que esse serviço oferece e pelo argumento das vendas, fazendo nosso cliente optar pela suíte", finaliza Laas.

(*) Crédito da fotos: Peter Kutuchian/Hotelier News

Comentários