Setur-SP anuncia R$ 1 bi de crédito turístico para empresas e municípios

setur-spLummertz: programa é uma demosntração do governo para atuar junto com a iniciativa privada

A partir deste mês, a Setur-SP (Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo) em parceria com a Desenvolve SP promoverá uma série de dez eventos para disseminar o acesso ao crédito turístico a empresas e municípios paulistas. No total, R$ 1 bilhão estará disponível para a iniciativa pública e privada.

O primeiro encontro já tem data marcada para o dia 16, em Ribeirão Preto. O Seminário de Crédito Turístico para a Região da Alta Mogiana acontecerá na sede da Associação Comercial e Industrial, no centro da cidade, a partir das 9h.

A iniciativa faz parte do Programa de Crédito Turístico, lançado no ano passado pelo governo de São Paulo para viabilizar o acesso a linhas de financiamento oferecidas por instituições parceiras: BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento), Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

“Além de complementar o orçamento dos municípios paulistas, o programa é uma demonstração de que o Governo João Doria busca criar condições para atuar junto com a iniciativa privada no desenvolvimento do turismo, criando mais empregos e renda em todo o Estado”, comenta Vinicius Lummertz, secretário estadual de Turismo. 

Ribeirão Preto pertence a categoria “A” do Mapa do Turismo Brasileiro como uma das cidades que têm bom desempenho econômico no setor. É um importante destino turístico de negócios, acolhendo eventos de grande porte, como Agrishow (agronegócio) e Avirrp (agências de viagem).

O aeroporto de Ribeirão é o quarto maior do estado, atrás de Guarulhos, Congonhas e Viracopos. No ano passado, a cidade teve um aumento de 27% no total de frequências aéreas semanais em comparação a 2018 (de 136 para 163), segundo levantamento divulgado em outubro pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e pela Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).

"O município se destaca como um importante polo de turismo de negócios, além de ser destaque no cenário do agronegócio. Ribeirão Preto conta com uma estrutura completa para atender aqueles que buscam a cidade, sede da Região Metropolitana, assim como as demais 34 cidades que a englobam", afirma o prefeito Duarte Nogueira.

Em dezembro, a Setur-SP anunciou a liberação de R$ 128 milhões em recursos para obras em 203 municípios (67 estâncias e 135 MITs) pelo DADETUR (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos). 

Setur-SP: o evento

O seminário deve reunir perto de 300 pessoas. A expectativa da Setur-SP é de que sejam feitos cerca de 50 atendimentos a empresas e prefeituras, com aproximadamente R$ 100 milhões em contratos fechados. “Somos o Banco do Empreendedor de São Paulo e, como tal, temos um papel estratégico a desempenhar, oferecendo crédito com taxas competitivas e longos prazos para que as micro, pequenas e médias empresas e os municípios possam crescer de maneira sustentável”, afirma Nelson de Souza, presidente da Desenvolve SP. 

Além das equipes da Secretaria e da Desenvolve SP, o encontro contará com prefeitos, empresários, representantes da Investe SP, do Sebrae-SP, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. A ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo) também está mobilizando todo o setor hoteleiro da região para participar.

A programação da manhã prevê um painel para apresentar as linhas de financiamento e as oportunidades de crédito para o setor de turismo no Estado. A parte da tarde estará reservada aos atendimentos individuais ao setor privado e workshops com as prefeituras.

Foram convidadas para o seminário as prefeituras das 29 cidades que compõem o COMAM (Consórcio de Municípios da Alta Mogiana) e mais 19 cidades das regiões administrativas de Franca e Ribeirão Preto. Ao longo deste ano, a Setur-SP pretende realizar mais nove seminários com a mesma proposta em outras regiões do estado.

(*) Crédito da foto: Arquivo HN

Comentários