SindHotéis Rio almeja 95% de ocupação para o Carnaval

SindHotéis ocupação CarnavalSindicato espera que a ocupação supere a de 2018

Há cerca de 15 dias do início da folia de Carnaval, o SindHotéis Rio (Sindicato das Empresas de Hotelaria e Estabelecimentos de Hospedagem) alega ter boa ocupação hoteleira garantida para o período. Até o momento, 62% da disponibilidade de meios de hospedagem da cidade está reservada. Por ora, a ocupaçõa média do s hotéis do município é de 74%, cerca de 11 pontos porcentuais acima do verificado no ano passado.

Segundo Alfredo Lopes, presidente do SindHotéis Rio e da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), a ocupação durante a folia de 2019 deve superar a do ano passado. Em 2018, a capital obteve 88% de quartos ocupados. "Nossa meta é alcançar os 95% de ocupação", antecipa o presidente. "O carnaval é muito importante para isso. Há 20 anos o feriado é excepcional para a hotelaria do Rio e creio que a cidade vai ser a mais procurada do Brasil para o período", complementa. 

A essa altura de fevereiro, a região do Centro é a mais ocupada da cidade, com média de 79%. Na sequência aparecem os bairros do Botafogo/Flamengo e Ipanema/Leblon com 76%, Copacabana/Leme com 75% e São Conrado/Barra com 69%.

O levantamento também aponta para a predominância do turismo doméstico durante o feriado. Os brasileiros são 80% do público que reservou quartos para o Carnaval. Clientes vindos de São Paulo, Minas Gerais e outras cidades fluminenses foram os que mais reservaram quartos. Entre viajantes internacionais, os maiores públicos são de Estados Unidos, Argentina e Chile. 

SindHotéis: Interior

O interior do estado do Rio também apresentou altas taxas de ocupação. A média já chegou a 82,92%, número acima dos 65,69% registrados na prévia do ano passado. De acordo com o sindicato, Petrópolis, Conservatória e Penedo estão entre os destinos mais procurados, com ocupação bem perto dos 100%. 

Paraty está com 95% de quartos reservados. Arraial do Cabo e Cabo Frio têm 80%. Búzios e Friburgo registram 75% de reservas. Angra dos Reis tem 70%. Já Teresópolis e Macaé têm 60% dos quartos ocupados até o momento.

(*) Crédito Foto: pauloduarte/Pixabay

Comentários