Slaviero Hotéis quer abolir a compra de ovos de galinhas em cativeiro até 2025

Muitos hotéis brasileiros ainda não aderiram à cultura “plastic-free”. Ainda assim, não são poucos os que desenvolvem uma série de ações em prol da sustentabilidade. A utilização de sensores nos corredores para proporcionar economia de luz e o reuso de água da chuva, por exemplo, são práticas comuns. A Slaviero Hotéis, que já implementa algumas dessas políticas, resolveu ter mais atenção sobre a origem dos alimentos usados nas unidades da rede.  

A empresa paranaense anunciou hoje (21) que criará um programa para implementar o uso de ovos procedentes de aves criadas livres, fora de gaiolas, até 2025. A medida, inspirada em exemplos internacionais, será válida para os 26 empreendimentos em operação no país.

Slaviero Hotéis: objetivos

Segundo a Slaviero Hotéis, estudos atestam que a qualidade do ovo de aves criadas em liberdade é infinitamente superior. Soma-se a isso o fato da prática ser muito mais respeitosa aos animais, já que rejeita a crueldade do confinamento imposto a eles. 

O objetivo é manter as melhores práticas da indústria, garantir a proteção animal e preservar a segurança alimentar. A avaliação é que, atingidas essas metas, a satisfação dos hóspedes e clientes da Slaviero em todo o país crescerá a reboque.

(*) Crédito da foto: klimkin/Pixabay

Comentários