Sofitel Montréal: Art de vivre à la française


A fachada do Sofitel Montréal: prédio moderno
na badalada rua Sherbrooke Oeste
(fotos: Christiane Kokubo)


A primavera chegou e a cidade definitivamente mudou. A canadense Montréal na estação das flores é completamente diferente da Montréal coberta de neve. Depois de praticamente oito meses escondidos do frio, os habitantes da cidade saem com prazer ao ar livre para saudar o calor que aos poucos se instala.
E foi nessa época de mudanças e de novas temperaturas que o
Hôtelier News conheceu o Sofitel Montréal, hotel que leva ao pé-da-letra a expressão A arte de bem-servir.
 
Por Christiane Kokubo*
De Montréal, Québec, Canadá
 



O verde da grama e o colorido das flores dão outra cara à Montréal.
Nem parece a mesma cidade!


 

Bem no centro da foto, o pequeno prédio envidraçado é o Sofitel visto de trás,
a partir do alto do Parque Mont Royal.  Na foto à direita, a recepção e
o balcão do concierge



O lobby na entrada do hotel recebe luz natural


Ao passar a porta giratória...

 

...à direita encontramos lobby, recepção e concierge...


...e à esquerda, um vitral feito especialmente para o hotel,
desenhado em Montréal e confeccionado em Bucareste, na Romênia



A obra traz símbolos da cidade, como os prédios do centro, as
borboletas do Jardim Botânico e a torre do relógio no velho porto

O prédio envidraçado é discreto e bem localizado. Aos pés do Parque Mont Royal, o mais famoso da cidade, o Sofitel Montréal encontra-se na rua Sherbrooke, endereço de galerias de arte, museus, lojas e restaurantes, próximo ao centro histórico.
 

Um dos vizinhos do Sofitel é o Museu de Belas Artes
 

Na rua Sherbrooke, muitas galerias de arte. Casas do início do século passado
 hoje abrigam lojas. E no mirante do Parque Mont Royal,
um restaurante saúda os visitantes

Luz natural em abundância, aromas agradáveis, bela vista de qualquer unidade habitacional, decoração de bom gosto. São aproximadamente 250 colaboradores muito bem preparados para oferecer um serviço impecável nas 258 UHs - dentre elas, 13 suítes de luxo, três suítes executivas e a suíte presidencial.


O grande tapete do lobby foi inspirado no trabalho do pintor francês Fernand
Léger. Montréal e seu povo são representados de quatro maneiras: o
Festival
Internacional de Jazz
, esportes de inverno - sendo o hockey o mais
popular -, o Cirque du Soleil e o Grand Prix de Fórmula 1

 

Velas estão por toda parte. No lobby há também uma biblioteca e uma loja
de souvenirs.  A lareira, ao fundo, fez parte da Maison Van Horne, antiga
 propriedade dos fundadores das estradas de ferro do Canadá

O empreendimento, integrante da seleta lista do The Leading Hotels of the World, foi inaugurado em outubro de 2002. "Antes era um prédio comercial e uma reforma de dois anos foi necessária para adaptá-lo às novas necessidades", explica Marie-Pierre Brancaleoni, diretora de Vendas e Marketing do hotel.
 

Na suíte presidencial, luz natural em abundância e vista da cidade em
quase 360º


Ao fundo, é possível avistar a torre do Parque Olímpico

Com taxa de ocupação média de 70%, as tarifas começam nos US$ 175. Em épocas de Grand Prix do Canadá, na segunda semana de junho, não se paga menos de US$ 585. "Nossos valores variam muito conforme a época do ano. No inverno, a ocupação cai um pouco durante os finais de semana. Em compensação, no verão estamos praticamente sempre 100%", explica Marie-Pierre.


Internet gratuita em business
center próximo ao lobby


A cama é grande e das mais confortáveis. Edredom de penas de ganso, estação de trabalho, aparelho de DVD, cofre, três telefones e acesso rápido à internet podem ser encontrados nas UHs. Além disso, todos os ambientes do hotel possuem pé direito bastante alto. Flores naturais decoram as unidades e áreas comuns e é possível apreciar pelas paredes obras de artistas locais, sejam de Montréal, sejam de outras partes da província de Québec.

  
Suíte Luxo e vista a partir do segundo andar do hotel, dedicado a eventos


A cama, extremamente confortável

 
Linhas modernas e flores naturais decoram...


...os banheiros e demais ambientes
do Sofitel Montréal

Peças da Maison Van Horne, residência que se encontrava no terreno em que hoje está o hotel, como janelas, molduras, lareiras e portas, também fazem parte da decoração. São muitos objetos de arte históricos em um edifício moderno e cheio de tecnologias avançadas.

Mais de um vez considerado melhor hotel de negócios de Montréal por diferentes publicações, o Sofitel Montréal tem orgulho de ser o único empreendimento genuinamente francês da cidade. O desenho dos uniformes dos colaboradores, inclusive, saiu da prancheta do francês Jean-Charles de Castelbajac.


O lobby visto à noite


Com velas por todos os cantos, o Sofitel ganha outra cara

"Montréal é a segunda cidade do mundo que fala francês em termos de número de habitantes. Só está atrás de Paris. Aqui, a cultura francesa é muito forte e essa é também a imagem da Accor Hotels. Portanto, no Sofitel Montréal a art de vivre à la française é seguida à risca e essa é uma vantagem que o hóspede só encontra no nosso hotel", afirma o paulista Netto Moreira, hoje diretor de Guest Relations da unidade.

 

Netto Moreira, guest relations director, saiu do Brasil para fazer hotelaria na
 França.  Marie-Pierre Brancaleoni saiu da França para coordenar vendas e
 marketing no Sofitel Montréal. Ambos nos receberam muit
íssimo bem.

A maior parte dos hóspedes vem das províncias de Québec e de Ontario a negócios. Os Estados Unidos e os países do Oriente Médio também são clientes assíduos do Sofitel. 


No andar de eventos, tudo muito clean

Com serviço de banquetes tanto para pequenas recepções quanto grandes jantares, o hotel oferece quatro salas para reuniões - Chagall, Gauguin, Matisse e Monet, todos pintores franceses - e o grande salão Picasso que, com 320 m², pode receber até 400 pessoas.

 
Todas as salas para reuniões, que recebem de 14 a 60 pessoas, têm iluminação natural


O salão Picasso decorado para um casamento
(foto: divulgação)

Business center, room service 24 horas e manobristas também estão à disposição dos hóspedes. Para desestressar, o hotel oferece sala de massagem, sauna e academia.


Próximo à academia encontramos a sauna
e a sala de ginástica

As instalações e o conforto chamam a atenção. O serviço é impecável, extremamente competente e agradável. No entanto, o que mais marcou nossa estada no Sofitel Montréal foram as experiências gastronômicas, como eles mesmos batizam as refeições. Não é para menos. Dirigido pelo chef Gilles Arzur, o restaurante Renoir pode receber até 120 pessoas no salão, além de outras 60 no terraço quando a temperatura permite.

 


O restaurante Renoir é bastante acolhedor e conta com criaç
ões do
chef Gilles Arzur
 

Uma das delícias do brunch de sábado e outra do jantar
 
 
O molho do sashimi de atum vem nesse tubo de ensaio. Cada sobremesa,
um prazer


No mesmo ambiente do Renoir...


...o agradável Le Bar

A inspiradora cozinha francesa contemporânea de Arzur satisfaz os paladares mais exigentes por um preço bastante razoável. Nao há serviço de buffet. Tudo é servido à la carte, do café da manhã ao jantar, incluindo o brunch aos finais de semana. Para definir a qualidade de tudo que experimentamos, só mesmo uma expressão em francês: vraiment exquis, algo como "verdadeiramente primoroso".

 
As velas dão um clima todo especial


O conselheiro de vinhos Dominique Thibault:
serviço de primeira

 
Próximo ao Sofitel Montréal, bares e lojas na rua Crescent

É impressionante a diferença no humor das pessoas desde que o calor deu seus primeiros sinais. A alta temporada começa oficialmente com o Grand Prix de Fórmula 1, no dia 10 de junho. E, com ela, chegam os festivais, como o célebre Festival Internacional de Jazz de Montréal. É uma ótima época para se conhecer a cidade.

  


As flores já desabrocharam e colorem Montréal


E uma nova fauna, escondida todo esse
tempo do frio, dá as caras


Nas ruas próximas ao velho porto,...


...com os dias cada vez mais quentes e longos,...


...o Cirque du Soleil apresenta seu mais novo espetáculo: Kooza. Toda turnê
de um novo espetáculo do circo começa aqui em Montréal, sua cidade natal


Um pôr-do-sol inspirador nas ruas do centro velho

Serviço
Sofitel Montréal
1155 rue Sherbrooke Ouest
Montréal, Québec, Canada
H3A 2N3
1 514 285-9000
www.sofitel.com
www.accorhotels.com

*A reportagem do Hôtelier News hospedou-se no Sofitel Montréal a convite do hotel.

Comentários