Sofitel Salvador: luxo francês para convenções e lazer

Sofitel Salvador, no bairro de Itapuã (fotos: Cristiano Macchi, Délia Coutinho e divulgação)

"Passar uma tarde em Itapuã, ao sol que arde em Itapuã. Ouvindo o mar de Itapuã, falar de amor Itapuã...". Os versos de Toquinho e Vinícius de Moraes, que já foram cantarolados a fio por tantos outros, fizeram a fama deste bairro que é um dos locais mais lembrados quando o tema em pauta é Salvador e seus encantos.  Itapuã também é citada quando o assunto é hotelaria de alto padrão, pois lá foi erguido, há quase 30 anos, um dos mais emblemáticos hotéis de Salvador. Em 1999 a propriedade foi adquirida pela Accor, que à época a fechou para uma longa reforma durante praticamente um ano. Arquitetos baianos e franceses trabalharam juntos no projeto reinaugurado em 2001 com a bandeira premium Sofitel.
Vista de um dos apartamentos: a torre branca e vermelha ao fundo é o Farol de Itapuã
Por Délia Coutinho*
Apesar de estar localizado em um bairro turístico, a vocação do empreendimento era clara: convenções e negócios. A proximidade ao aeroporto (apenas 15 minutos de carro) e também ao Polo Petroquímico de Camaçari favoreceram este objetivo. Rapidamente o Sofitel Salvador se tornou a hospedagem habitual de executivos em visita às indústrias locais. De acordo com a gerente de Vendas Cristina Mendonça, que integra a equipe desde a reabertura como Sofitel, 80% dos hóspedes representam o público corporativo.
Atualmente sob a gerência geral do gaúcho André Victoria, ex-Gran Mercure Ibirapuera, o hotel acabou de atravessar uma fase de pequenas reformas e atualização de estruturas.

A fachada é iluminada durante a noite

 
A torre branca vertical de nove andares, sempre iluminada durante a noite, é avistada de longe. O hotel ocupa área de 250 mil m² no meio de um parque com coqueirais, gramados e variedade de pássaros e outros pequenos animais. Essa proximidade com a natureza é o ponto que difere o Sofitel dos tradicionais empreendimentos de negócios. Pode-se dizer que o meio de hospedagem simboliza luxo com tranquilidade e meio ambiente ao redor.
Palmeiras imperiais integram a área verde...
...assim como aves...
...e iguanas, que são répteis inofensivos
Redes estão sempre penduradas nas árvores para uso dos hóspedes. Notem as mesinhas ao lado de cada uma, perfeitas para acomodar água de coco ou outra bebida
Outro ponto caloroso na estrutura é a decoração, que faz homenagem ao escritor Jorge Amado e traz discretos elementos que remetem à cultura da terra. Tudo com muito equilíbrio. Por exemplo, no lobby há peças oriundas de uma fazenda baiana do século XVIII utilizadas no preparo da farinha de mandioca. Em um dos conjuntos de mesas do lobby, os centros contêm elementos do candomblé, como conchas e colares típicos. Os quadros do artista plástico Menelaw Sete, o Picasso baiano, também enchem de colorido as paredes do hotel.
O Sofitel ainda apoia o trabalho dos artesãos locais oferecendo espaço no lobby, gratuitamente, para que comercializem seus produtos. A cada dia o ponto recebe um profissional diferente.

Este é o bar do lobby. A decoração com piso de madeira e poltronas com estampas tropicais transmitem aconchego 

O lobby também conta com um piano de calda
Estas mesas de centro guardam elementos do candomblé: conchas e colares

Quadros do artista baiano Menelaw Sete fazem parte da decoração fixa do hotel

 Aqui, uma exposição temporária de peças em cerâmica em frente a recepção
Esta é uma peça oriunda de um engenho de açúcar Os hóspedes podem comprar souvenirs da marca Sofitel No business center o acesso à internet é pago, assim como o wi-fi nos quartos via computador pessoal Vitrine de uma das lojinhas anexas ao lobby exibe jóias feitas com pedras brasileiras No conjunto comercial, aberto todos os dias, é possível encontrar opções de vestuário, moda praia, calçados, produtos de conveniência, souvenires
Habitações
O padrão Sofitel de habitação é conhecido pela sua excelência em conforto. Há dois itens fundamentais que não deixam nenhum hóspede se esquecer que já passou por um hotel da rede: a cama e a ducha. Os leitos têm marca registrada, My Bed, e são super macios, produzidos especialmente para a rede. Já as maxiduchas, com diâmetro fora do comum, dão sensação de banho de cachoeira. Na unidade de Salvador as camas My Bed ainda não estão em todas as UHs, mas a ideia é que até o final de 2009 as 206 habitações contem com este diferencial de conforto.
A equipe do Hôtelier News foi recebida com frutas tropicais no quarto, acompanhadas de um descritivo
 Sandálias são amenities exclusivas das UHs Luxo e Suítes
 Cofres digitais estão presentes em todas as unidades
Guloseimas ficam à mão dos hóspedes no quarto...
 ...bem como os itens de minibar
As categorias de apartamentos se dividem em Luxo (do oitavo andar, reformados no início de 2009) e Superior. Há três pavimentos exclusivos para não-fumantes. O nono andar é reservado para as duas suítes: Presidencial Jorge Amado e Executiva Zélia Gattai. Menina dos olhos do hotel, a Jorge Amado recebe hóspedes ilustres como os cantores Roberto Carlos e Julio Iglesias e a Rainha Sofia, da Suécia. A Zélia Gattai normalmente é ocupada por acompanhantes da presidencial.
 As amenities da linha Jequitivida para Sofitel são de excelente qualidade
 Ao chegar ao nono andar, exclusivo das suítes Zélia Gattai e Jorge Amado, há esta antesala de uso comum às duas UHs
 Leito da Zélia Gattai, com largura extra

Ao lado da mesa de trabalho, o móvel comporta aparelho de DVD e a obra literária completa da escritora

Da chaise ou da mesa da ampla varanda, o hóspede é contemplado com a vista do bairro
 O conforto se estende ao banheiro, amplo e funcional
Suíte presidencial Jorge Amado: sala de jantar, de estar e até um piano no espaço que já acomodou artistas e autoridades em viagem à Bahia. Todos os livros de Jorge Amado estão à disposição
O verde do campo de golfe e o mar da praia de Itapuã compõem a vista da suíte
Na saída do elevador do oitavo andar, onde estão os apartamentos da categoria Luxo, fica este aparador, sempre com flores naturais e maçãs
 O aparelho de DVD é outro diferencial do andar Luxo
 O leito My Bed by Sofitel...
...e uma chaise confortável ao lado
O conceito de segurança se estende a detalhes como o interfone no banheiro
A madeira predominante da cabeceira é imbuia
Este é o café da manhã servido no quarto quando é escolhido o pacote Romantique Champanhe, chocolates, morangos, decoração com flores vermelhas e enxoval diferenciado fazem parte da opção de hospedagem para casais, muito procurado para celebrações especiais
 
Estrutura
No empreendimento também é oferecida uma área com churrasqueira ao ar livre, utilizada somente em eventos, piscina com bar molhado e raia de 25 metros, salão de jogos, kid's club, tenda de massagem e quadras de tênis.
Jogadores (a maioria deles moradores de Salvador) percorrem o campo de golfe durante a manhã
A lojinha do centro oferece os principais produtos necessários ao golfista
A academia do Sofitel é uma das maiores e mais bem equipadas de Itapuã, atraindo muitos moradores do bairro
A piscina, que tem raia de 25 metros, conta também com um bar molhado...
 ...e um grande conjunto de chaises
 No salão de jogos há tabuleiros, mesas de sinuca e de pingue-pongue
Esta é a brinquedoteca, que também guarda equipamentos de copa do bebê
Grupos podem reservar esta área sob a copa da árvore para churrascos
Ao ar livre há também bastante espaço para as crianças brincarem...
 ...enquanto os pais podem fazer uma massagem
A feira de orquídeas é uma das atrações sazonais do hotel
Elemento de identidade entre as unidades Sofitel, a biblioteca também está presente. Romances de Jorge Amado e Zélia Gattai, livros de arte, jornais e títulos em vários idiomas estão à disposição dos hóspedes.
Clássica e aconchegante, a minibiblioteca é um convite ao prazer da leitura
Gastronomia A gastronomia é um capítulo à parte. O hotel possui dois restaurantes, o Oxum - nome de um orixá do candomblé - e o Les Saveurs d'Itapuã, requintado espaço com diversos prêmios no currículo. O chef responsável pelo cardápio de ambos e pelo room service 24 horas é Mariano Oliveira, profissional com 28 anos de carreira, oito deles na rede Accor.
Sanduíches solicitados pelo room service chegaram sem atraso. O serviço é 24 horas e inclui cardápios com snacks ou culinária internacional
Um dos novos membros da equipe, o chef Mariano foi transferido do Gran Mercure Ibirapuera para o Sofitel Salvador
A fusão entre os sabores típicos da Bahia e da França é a marca do Les Saveurs, que abre para café da manhã e jantar à la carte. Os espaços interno (climatizado) e externo acomodam 150 pessoas. O local costumava sediar uma intensa programação de festivais gastronômicos até 2007, quando era comandado por Sebastião Torres.
 Interior do Les Saveurs: um dos restaurantes de maior qualidade e personalidade gastronômica na capital baiana
 Uma das delícias criadas pelo chef Mariano: combinação de massa folhada e camarões
As orquídeas estão sempre presentes na decoração do restaurante
Quadros coloridos também enfeitam o ambiente
No desjejum, a variedade de frutas é imensa. Nesta ala, todas são servidas inteiras
Variedade de chás e geleias...
...frios e iogurtes...
...além de cereais e bolos...
...mais frutas...
...e a legítima tapioca recheada feita na hora, que, ao lado do croissant, divide o posto de estrela do café da manhã 
O outro ponto gastronômico, o Oxum, tem a culinária típica baiana na veia. A principal operação é o horário de almoço, sempre em sistema buffet. Aos sábados, das 12h30 às 16h30, a pedida é saborear uma deliciosa feijoada carioca. O charme do ambiente é o fato de estar ao ar livre, à beira do lago e próximo à piscina.
O orixá que dá nome ao restaurante é ostentado na parede
 O buffet de feijoada começa com o caldinho e as batidas...
...e termina com as sobremesas
A feijoada carioca completa...
...também acompanha buffet de saladas
Aos domingos, a estação de massas feitas na hora é montada no local
O restaurante foi construído sob um deque acima do lago que rodeia o hotel
Olha o que vimos de uma das mesas enquanto almoçávamos: uma iguana e duas aves descansando no píer do lago
 
Convenções
Muito procurado para sediar eventos com até 300 participantes, o Sofitel Salvador possui cinco salas moduláveis. Os nomes das mesmas são mais uma homenagem ao escritor baiano Jorge Amado: Tereza Batista, Gabriela Cravo e Canela, Tieta do Agreste, Tenda dos Milagres e Terras do Sem Fim. Quando acopladas ganham o nome de Baía de Todos os Santos. Ao todo são oferecidos 770 m².
Esta é uma das salas de convenções montada no formato auditório
Em mais uma homenagem a Jorge Amado, as salas foram nomeadas com os principais romances do escritor. A placa de cada uma delas traz informações sobre os livros
Espaço para relaxamento junto ao andar das salas de eventos
Um tanto quanto inusitado, porém muito atrativo, um espaço para relaxamento fica no andar das salas de convenções e funciona como área disponível aos participantes de eventos. Afinal, estamos em Itapuã, portanto, mesmo em viagens de trabalho, tem que haver espaço para relaxar.
Serviço
Sofitel Salvador Rua Passargada, s/n - Itapuã - Salvador (BA) 71 2106-8525 reservas.svd@accorhotels.com.br www.sofitel.com.br
* A reportagem do Hôtelier News se hospedou no Sofitel Salvador a convite do hotel.

Comentários