SPTuris realiza pesquisa revelando perfil do turista internacional trazido pela Copa


Vista da capital paulista
(foto: arquivo HN / Filip Calixto)

Homem, entre 25 e 39 anos, com superior completo. Esse é o perfil médio do torcedor da Copa do Mundo que já passou por São Paulo. Os dados são da prévia da Pesquisa de Demanda e Perfil do Torcedor da Copa do Mundo em São Paulo, que está sendo realizada até o fim do mundial com paulistanos e turistas pelo Observatório do Turismo, núcleo de estudos e pesquisas da SPTuris (São Paulo Turismo). 

Com 849 questionários aplicados entre os dias 12 e 18 de junho em vários locais da capital paulista, o levantamento mostra que, até o momento, o impacto da Copa do Mundo tem sido positivo para São Paulo. Em geral, a avaliação das pessoas sobre a cidade tem sido muito boa e, entre os principais diferenciais da capital, os entrevistados destacaram a gastronomia, a vida noturna, a cultura e as compras, além da hospitalidade do paulistano. Na nota geral dada à Copa do Mundo em São Paulo, a maioria (81,4%) avaliou com notas positivas.

Entre os turistas estrangeiros, até o momento se destacaram países de origem como Estados Unidos, Croácia e Colômbia, entre várias outras nacionalidades. Já entre os turistas de outros Estados, os visitantes do Rio de Janeiro foram os mais encontrados. Em média, os turistas estão permanecendo na cidade 4,4 dias e gastam, neste período, cerca R$ 1,8 mil. 

No total, São Paulo espera receber mais de 390 mil visitantes e movimentar mais de R$ 700 milhões somente com o turismo gerado pela Copa.

Para Wilson Poit, secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, acredita que, com o evento esportivo, São Paulo ganha em geração de emprego e renda e se torna cada vez mais conhecida no mundo, atraindo mais visitantes. 

Serviço
www.spturis.com

Comentários