STR divulga resultados de maio para hotelaria de Londres e Sydney

strSydney teve sétima queda consecutiva na diária média

A STR divulgou dados de desempenho de maio para os mercados hoteleiros de Londres e Sydney (Austrália). Enquanto a capital inglesa tem alta na maioria dos indicadores, a cidade australiana sofre sua sétima queda consecutiva de diária média.

A ocupação de Londres registrou leve queda no mês passado (-0,6%) em relação a maio de 2018. A análise atribui o resultado ao crescimento de oferta acima do de demanda, que apresentaram alta de 1,8% e 1,2% respectivamente. 

Já a diária média do mercado subiu 1,6% em maio na comparação anual, atingindo £ 147,76. O indicador ajudou à estabilidade do RevPar, que cresceu 1% no mesmo comparativo (£ 121, 17).

STR: Sidney

Sydney teve baixa nos três indicadores do setor, resultado consistente com o cenário do mercado, em que a oferta superou a demanda. Em maio, o número de quartos disponíveis no mercado subiu 1,8%, enquanto a demanda teve alta de apenas 0,5%. 

Por isso, a ocupação caiu 1,3%, para 81,5%, em comparação com maio do ano passado. Já a diária média, apresentando baixa pela sétima vez, ficou 3,2% negativa no mesmo comparativo (A$ 207,72). O RevPar acompanhou os indicadores, caindo 4,4% na comparação anual (A$ 169,23). 

(*) Crédito da foto: Patty Jansen/Pixabay

Comentários