STR: hotelaria europeia fecha outubro com leve expansão

STR - resultados outubro europa_pragaHotelaria de Praga registrou alta nos três principais indicadores do setor

Diferentemente do mercado americano, a hotelaria europeia teve desempenho positivo em outubro. No período, os hotéis do continente apresentaram crescimento, mesmo que leves, nos três principais indicadores do setor. Destaques positivos para Barcelona e Praga, segundo dados da STR.

No geral, a hotelaria europeia encerrou outubro com ocupação média de 76,8%, alta de 0,2% na comparação anual. Puxado pelo incremento de 0,8% na diária média (para € 115,15), o RevPar da região subiu 1,1% (para € 88,40). Vale destacar que, no terceiro trimestre, os hotéis do continente já haviam registrado performance positiva.   

STR: Praga e Barcelona

Na capital checa, os baixos níveis de oferta (inventário disponível) ajudam a explicar o bom resultado. Segundo a STR, a perspectiva é de manutenção de cenário por conta de dois fatores. Primeiro, o pipeline local deve crescer apenas 2,1% frente ao portfólio atual até 2021. Além disso, a chegada de turistas internacionais na cidade vem crescendo – em 2018, foram 7,9 milhões de pessoas.

No geral, Praga teve expansão nos três principais indicadores do setor. A oferta estabilizada permitiu à hotelaria local elevar a diária média, que subiu 4,2% (para 2.680,45 coroas checas). O desempenho no indicador impulsionou o RevPar, que avançou 4,6% (para 2.322,95 coroas checas). Já a ocupação beirou a estabilidade, subindo 0,3% (para 86,7%).

Em Barcelona, apesar do recuo na ocupação, a STR mediu os níveis mais altos de diária média para o mês em toda série histórica. Segundo a consultoria, a realização de eventos de grande porte, como o United European Gastroenterology Week, ajuda a explicar a alta nas tarifas.

Dessa forma, a cidade espanhola encerrou outubro com queda de 2% na ocupação, para 83,4%. Diária média e RevPar, por sua vez, cresceram 9,1% (para € 155,88) e 6,9% (para € 129,99), respectivamente. A base de comparação é anual.

(*) Crédito da capa: Alfons Taekema/Unsplash

(**) Crédito da foto Anthony DELANOIX/Unsplash

Comentários