STR: inflação influencia resultados de 2018 na América do Sul

STR Resultados América do SulRio de Janeiro teve primeira alta na ocupação desde 2011

A hotelaria sul-americana teve bons índices em 2018, aponta levantamento da STR. A região registrou crescimento nos três principais indicadores medidos pela empresa de pesquisa americana, assim como os Estados Unidos. A alta de dois dígitos na diária média e RevPar, contudo, foram impulsionadas pela inflação nos principais mercados do continente, caso da Argentina.

No geral, a ocupação na América do Sul subiu 1,9% no acumulado de 2018, batendo em 57,4%. Em paralelo, a diária média cresceu 21,8%, para US$ 118,89, enquanto a RevPar expandiu 247,1%, para US$ 68,25. A base de comparação é o ano anterior.

STR: Rio e Buenos Aires

A capital argentina experimentou a maior taxa de crescimento em ocupação desde 2012. Segundo analistas da STR, a realização de eventos importantes, como os Jogos Olímpicos da Juventude, o WTTC Global Summit 2018 e o TravelMart Latin America, explicam o resultado. Já os crescimentos impressionantes na diária média e RevPar tem toda ligação com a alta na inflação no mercado argentino.

Indo para os números, Buenos Aires registrou expansão de 1% na ocupação, fechando 2018 com 69,7%. Diária média e RevPar cresceram 88,4% (para 3.914,77 pesos) e 90,3% (2.727,55 pesos), respectivamente.

Já o mercado carioca teve a primeira elevação de ocupação desde 2011. Analistas da STR observam que o indicador continua em níveis considerados baixos. Segundo a empresa, esse desempenho inferior a media histórica da cidade tem ligação com a crise econômica no estado e questões de segurança pública, que afastam turistas.

Em 2018, a hotelaria carioca viu a ocupação avançar 9,9% em relação a 2017, para 51,2%. Diferentemente da Argentina, o Brasil teve um ano de inflação estabilizada, o que não provocou altas expressivas de diária média e RevPar. Sendo assim, enquanto o primeiro indicador teve variação positiva de 0,4% (para R$ 363,54), o segundo cresceu 10,4% (para R$ 186,10).

(*) Crédito da capa: HalloweenHJB/Pixabay

(**) Crédito da foto: melgama/Pixbay

Comentários