Triboju: a mais nova pousada de luxo de Fernando de Noronha

A mais nova pousada em Fernando de Noronha é fruto da união de dois artistas da musicalidade brasileira (fotos: Peter Kutuchian)
Existem algumas dificuldades em desenvolver um meio de hospedagem em Fernando de Noronha, arquipélago mais próximo do Rio Grande do Norte, mas pertencente ao Estado de Pernambuco. Primeiro, não é possível desembarcar na Ilha e comprar um imóvel, seja um terreno ou uma casa. Para se iniciar um negócio, sem ser noronhense, é preciso se associar a um deles, que após a negociação passa a se chamar de sócio-residente. Segundo ponto: apenas 30% do tamanho do terreno pode receber edificações; terceiro: não se pode construir em frente às praias; quarto: o valor do frete para trazer qualquer material é bastante caro, imagine materiais de construção! Um exemplo é o orçamento para a pavimentação, com bloquetes de cimento, de algumas vias secundárias da Ilha: R$ 23 milhões, sendo metade desse montante, ou seja R$ 11 milhões, o custo do frete.
Com o custo alto da implantação e pouco espaço para se ter a quantidade suficiente de apartamentos para fazer o giro financeiro, a solução é empreender no mercado de luxo. E foi isso que Durval Lellys, líder da Banda Asa de Águia, e seu irmão Ricardo resolveram fazer. Em sociedade com o músico local Ju Medeiros, dono de um imóvel na Ilha, eles inauguraram há seis meses a Pousada Triboju. O nome? "Veio da ideia do Ju reunir seus amigos, sua tribo na pousada, por isso… Triboju!", explica Ananda Azevêdo, gerente geral do empreendimento.
A fachada da Triboju não aparenta o que ela oferece internamente
Logo na entrada percebemos a utilização de vidro e madeira  em sua estrutura
Abrindo um parênteses, o desenvolvimento do segmento de Luxo é o que mais cresce na Ilha. As pousadas domiciliares, que são maioria, não são atrativas para o público exigente que deseja mais conforto, espaço e privacidade, além da possibilidade de usufruir de experiências gastronômicas. "Essa é a nossa proposta. Oferecer espaço, exclusividade e muita privacidade, aliada a um roteiro gastronômico, comandada pelo chefe Edson Costa", convida a gerente geral.
Por Peter Kutuchian*
 Assim que entramos, somos saudados por um coquetel delicioso, oferecido pelo atendente Franclin
 Os recepcionistas Manuela e Eduardo estão a postos para nos ajudar no que for preciso
Esta é a pequena Recepção da Triboju. As carrancas afastam as energias nefastas e em cima do balcão...
Fica esta linda escultura entalhada na madeira
  Ao lado Recepção, a escultura com cocos serve de biombo e três poltronas de vime servem de apoio aos hóspedes
No mesmo ambiente fica o restaurante da Triboju
As paredes do espaço são de vidro, o que passa uma sensação de liberdade e descontração
  Algumas peças de decoração e o tronco que serve de apoio para o monitor e teclado. Inusitado!
Na área externa frontal, um conjunto de sofás pode ser uma boa opção para curtir um livro ou bebericar com os amigos
Na mesma espaçosa varanda, pode-se também usar a mesa para o café da manhã
A girafa e outros animais de madeira estão espalhados por toda a área da pousada. As crianças adoram eles! 
É na varanda interior onde fica o bar. A área conta com mesas redondas  
A Triboju oferece oito habitações distribuídas em quatro blocos de dois pavimentos. "O projeto contemplava 05 ou 08 unidades habitacionais, sendo na parte inferior dois apartamentos conectantes podendo se transformar num quarto para famílias (family room)", conta Ananda.
O projeto acabou sendo construído com o apartamento das famílias embaixo e na parte superior oferecer suítes temáticas com quase 80 m². Nossa reportagem, resumida neste duble de jornalista que escreve, ficou mais do que confortavelmente instalada na Suite África, composta de três grandes ambientes: quarto, varanda e sala de banho / closet / banheiro. Muito legal!
 
A foto panorâmica distorce a imagem, mas é possível ter uma ideia da área onde ficam os quatro blocos das UH´s
Bem no meio dos blocos fica a banheira de hidromassagem coletiva, com capacidade para 16 pessoas
Pertinho do bar, essa estrutura oferece conforto sob a grama
Outra vista da área de lazer da Triboju
 
 
  Cenas explícitas das áreas externas da pousada noronhense. Lixeiras seletivas estão espalhadas pelo local
Localizada a uma curta distância a pé do centro da cidade, indo pela trilha e não pela rua, e a 10 minutos de caminhada da Praia da Conceição, a Pousada Triboju tem forte potencial para ser uma das melhores da Ilha.
Num projeto de Pedro Motta, arquiteto também responsável pelo Nannai Beach Resort, de Porto de Galinhas, o meio de hospedagem tem forte apelo paisagístico e na utilização de madeira. Apenas a infraestrutura operacional foi esquecida. Não se vislumbrou escritórios, almoxarifados e nem área para descanso dos colaboradores, que são o grande desafio de Ananda. "O mais difícil é trabalhar na capacitação deles, e existem casos de recusa de funcionários em cumprir com a rotina de escala. Nada neste mundo é perfeito, mas trabalhar com pessoas continua sendo o maior desafio de todos", desabafa.
 
  
  A "hidro" em funcionamento dia e noite; o paisagismo e a arquitetura da pousada são destaques, bem como a vista para o Morro do Pico e do mar da Praia da Conceição, feita das suítes Floral e Provençal
A administração da Triboju prevê que até o final de julho a Pousada saia do soft opening. "É quando as chuvas diminuem e entramos na alta ocupação. O período do Réveillon é o mais rentável e teremos com certeza, boas novidades para nossos hóspedes até lá", fala Ananda.
Ananda Azevêdo, gerente geral, e Denise Espírito Santo, gerente comercial
Conforto
As suítes da Triboju são pra lá de confortáveis. Ficamos hospedados na temática África e tivemos uma surpresa ao entrar nela. O espaço, a decoração e a forma de sua construção são muito interessantes. O centro do quarto retangular, as paredes do fundo fechando num triângulo, formato da grandiosa e convidativa, equipada com rede, futon de casal no chão, duas cadeiras, enfim, dá para se instalar ali e curtir o sol. Tenha cuidado apenas, na época de chuvas, com os mosquitos, invisíveis e que permeiam picadas ardidas. Um repelente resolve. Aliás, as arrumadeiras precisam trabalhar na arrumação com as portas fechadas para que eles não entrem nos quartos.
  
A suíte oferecida para o Hôtelier News fica lá em cima, no caminho, na palmeira o contraste da luz transforma o macaquinho de madeira em de verdade, entramos na...
 Suíte África. Uau, que espaço!
 Ao lado da porta, uma bancada com pia e também o frigobar retrô
 As esculturas feitas de pedaços de madeira são bem diferentes. Dá vontade de levar para casa
 
Num canto, a mesa que serve de apoio e o detalhe do teto, feito com toras de madeira
 Vamos para a varanda?
  
Estrutura para relaxar e curtir a vida não falta!
A redinha e a vista da varanda da outra suíte lá atrás
Voltamos para dentro e vamos ver outros detalhes. No canto, o conjunto de poltronas...
  Mesa de cabeçeira e a TV 42" com programação da Sky
A outra boa surpresa foi entrar na área úmida da suíte, ou seja, no que pensávamos que seria o banheiro. A primeira amenidade avistada foi a banheira de hidromassagem e ao lado o box com chuveiro; a esquerda o closet e depois dele, aí sim, o banheiro com outro box. Todos os ambientes muito bem iluminados e ventilados - detalhe para os tetos de tela sob o telhado, boa ideia!
Os amenities como cremes, sabonetes e xampus, todos da marca Natura Ekos, os demais como os kits de barbear, dental, pente, etc de outra marcas.
 
Entramos na área úmida, opa, banheira de hidromassagem e ao lado um box com chuveiro!
 Virando para a esquerda fica o closet. Repare que tem janelas para praticamente todos os lados, o que gera uma ótima sensação!
  Uma escada e corrente feitas de madeira servem de decoração. E o banheiro completo no canto é bem confortável!
 
  A pia e a linha de amenities, completíssima! O detalhe da tela no teto do banheiro e o outro lado do closet 
A banheira preparada para uma noite romântica!
Clima gostoso e aconchegante da suíte após um dia de muitas atividades
Enfim, a suíte tem espaço e conforto mais do que o necessário, mas, se por acaso a metereologia for contrária ao banho de mar, pode-se passar o dia inteiro na habitação, que não vai dar para cansar não. Completam as amenidades itens como TV LCD de 42", frigobar retro, pia, ar condicionado, acesso wi-fi à internet (muito boa por sinal), cofre, mesa para refeições, poltronas, espaçoso closet e blackouts (cortinas a prova de luz) que funcionam 100%.
Aqui um dos apartamentos inferiores...
Em frente à cama de casal: armário, frigobar, TV e espelho
O banheiro é igual ao da suíte 
Ao lado, no outro quarto, tem um sofá-cama, TV...
E também um lavabo
O Bangalô Luxo Floral tem uma árvore sob a cama!
E no Provençal, a decoração é esta
A gastronomia da Triboju é comandada pelo chefe Edison Costa, que é natural da Bahia, aliás a maioria dos colaboradores são do Estado da simpatia, a Ananda, Denise Espírito Santo (gerente comercial) e os cozinheiros. Impressionante como conseguimos descobrir só pela conversa que eles são genuinamente baianos. Não, não é pelo sotaque, é pela simpatia mesmo! O sorriso espontâneo e a sensação de que já conhecemos a pessoa de longa data. A alegria já contagiou a equipe local, a maioria sempre rindo e cumprimentando, sejam as arrumadeiras como o pessoal da manutenção.
Parte da equipe de Alimentos & Bebidas da Triboju: Lenadro, Adriano, Roberto e Marcos
E também: Esdras, Edison, Paulo e Severina
Provamos apenas o café da manhã, que felizmente não é buffet e sim à la carte! O atendente vai trazendo e lotando a mesa com frutas, suco, bolo, queijos, frios e pães. "Quer mais alguma coisa, senhor? Uma omelete?", incita ele.
Vamos para o café da manhã!
Enquanto esperamos ser servidos, clicamos os lustres feitos de garrafas transparentes
 Em poucos minutos, os itens de nossa refeição matinal estão postos em nossa mesa, bom apetite!
Caminhando
Saindo da Triboju, resolvi ir até a Praia da Conceição. Existem duas opções, escolhi ir por uma e voltar pela outra. Para a primeira, temos que passar pelo terreno da pousada vizinha, assim que chegamos no terreno de trás avistamos o Morro do Pico e uma natureza exuberante. "É só ir descendo pela trilha, a praia está lá embaixo, não tem como errar", diz a simpática proprietária da Pousada.
Depois de uns 10 minutos de descida - num andante ligeiro - chego na Conceição, atravesso o único bar/restaurante da praia e voilá...uau, que beleza! Quase ninguém, apenas uma moça estirada numa esteira, um casal brincando n'água e lá, do outro lado, um outro casal sentado embaixo de um guarda-sol. Pulo na água! Deliciosa! Eu e o Morro do Pico observando um ao outro… O sentimento da vida pulsante em tudo! Sem a necessidade de mais nada! Apenas da irradiação solar!
 Numa tarde cheia de sol, pegamos a trilha e vamos até a Praia da Conceição. O percurso pode levar até 20 minutos...
  
 
 Depende de quanto tempo você levar para contemplar a as árvores bonitas e a natureza cheia da verdadeira vida, um presente de Deus para nós! O passeio passa perto do Morro do Pico, que nos olha com sabedoria e culmina na quase deserta Praia da Conceição
Depois do banho, segui pela praia até uma colina onde havia o Bar da Praia do Meio, mas uma beleza natural, subi a encosta pela rua cruzando com alguns buggys com turistas. A vista ficava cada vez melhor. Rapidamente cheguei à Vila dos Remédios, o centro da Ilha. Passei pelo Casarão da Administração e segui pela alameda à direita, toda esburacada. Já no topo cruzei pelo cemitério e por uma pequena vila. Logo estava de volta à Triboju. Tomei uma ducha ali mesmo perto da grande banheira de hidromassagem coletiva, onde fiquei descansando. O nível das minhas baterias estava no pico. Depois subi e tirei uma soneca dos Olimpos.
 
Na volta, pode-se optar pela Praia do Meio e Vila dos Remédios 
Os cinco dias em Fernando de Noronha foram excelentes. A participação no Press Trip, organizado exemplarmente por Cristina Lira e com o apoio da Trip Linhas Aéreas e da Luck Receptivo foi um dos melhores já feitos. Para ver a matéria Destino Especial de Fernando de Noronha, publicada na semana passada clique aqui!
Aceita uma sugestão? Se você ainda não conhece o arquipélago mais famoso do Brasil, programe-se! Vá e curta, de preferência com tua cara metade. A natureza, o céu estrelado, o clima romântico da Triboju e de alguns restaurantes vão incendiar o teu relacionamento. E se você for sozinho, terá a oportunidade em se encontrar consigo mesmo, refletir sobre a vida e ser feliz!
Serviço
* O publisher do Hôtelier News viajou para Fernando de Noronha a convite de Cristina Lira, com apoio da Trip Linhas Aéreas e da Luck/Atalaia receptivos.

Comentários