Tropical Manaus (AM) recebe mais um macaco em seu zoo

Guariba
(foto: divulgação)
 
O zoológico do Tropical Hotel Manaus é abrigo de um filhote de macaco guariba. A bióloga Deyse Campista, responsável pelo museu da fauna e flora brasileira do meio de hospedagem, vem cuidando do guariba. O animal chegou com 300g e hoje, já com três meses, está com mais de um quilo. 
Filhotes como este acabam sendo criados na mão e não tem condições de retornar a floresta; uma vez que não aprenderam todos os ensinamentos de como sobreviver na mata: não sabem caçar, não sabem se defender dos predadores e não conhecem os caminhos da floresta.
 
“Eu, como bióloga e agora mãe dele, tento ensinar-lhe alguns dos conselhos de uma autêntica mãe macaco, finjo comer certos vegetais para que ele coma, finjo ter medo de certos animais predadores para que ele saiba o que é um predador, nunca o pego com as mãos, faço com que ele venha na minha direção, nunca deixo andar pelo chão pois o chão é contaminado e tem predadores. Mas a essência da vida de macaco infelizmente nunca vou conseguir passar para ele”, encerra Deyse.

O macaquinho abrigado no Tropical Hotel Manaus será encaminhado a um criadouro ou zoológico assim que desmamar, contribuindo assim para a conservação “ex situ” (fora do habitat) de sua espécie.
  
O empreendimento realiza o Programa de Educação Ambiental do Zôo Tropical Manaus; por meio dele, acontecem visitas monitoradas pela bióloga, onde os turistas tem a oportunidade de conhecer um pouco sobre a biologia, ecologia e sobre a história dos animais do plantel, e dessa forma entender sobre a rica biodiversidade amazônica.
(Redação)

Comentários