Turismo da Bahia arrecada R$ 1,8 bilhão no 3º tri

bahia- seturEquipe da Setur-BA

O setor de turismo da Bahia divulgou hoje (11) os indicadores de desempenho do mercado. De acordo com o Boletim de Análise Conjuntural, apresentado pelos secretários Fausto Franco e Walter Pinheiro, do Turismo e do Planejamento respectivamente, o estado arrecadou R$ 1,8 bilhão em atividades turísticas no terceiro trimestre deste ano.

O resultado foi destacado por Pinheiro como um ótimo indicador para a economia baiana. “O valor arrecadado é 12,7% superior ao mesmo período de 2018. Obter esses dados em um tempo mais curto, sem a necessidade de aguardar grandes anuários, é uma grande vantagem para o setor”.

Outro dado positivo foi o aumento do consumo de energia elétrica por empreendimentos turísticos. O setor avançou 2% no terceiro trimestre frente ao mesmo período em 2018, mantendo a linha ascendente. O desempenho foi impulsionado principalmente pelo mercado hoteleiro.

Hoje, Franco e Pinheiro assinaram um Termo de Cooperação Técnica, permitindo que o boletim com a análise dos dados seja de conhecimento público, a partir da interpretação de técnicos da SEI (Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia). “Nosso trabalho precisa ser amparado por dados e pesquisas que orientam o setor e que são imprescindíveis para o desenvolvimento de políticas públicas de turismo”, explicou o secretário de Turismo.

A primeira edição já está disponível e traz informações sobre o crescimento da arrecadação do ICMS. O Boletim de Análise Conjuntural do Turismo da Bahia será divulgado trimestralmente e poderá ser acessado pelo site do Observatório do Turismo da Bahia.

Bahia: pesquisa

Franco anunciou estar em curso processo para contratação de empresa especializada para realização da pesquisa de dimensionamento e caracterização do turismo na Bahia. O estudo será realizado entre 2020 e 2021 com pesquisas in loco em diversos destinos do estado para levantar informações como fluxo turístico, gasto médio, perfil e hábitos de consumo dos visitantes, dentre outros dados valiosos para subsidiar investimentos públicos e privados.

Segmentos, como o turismo religioso, e grandes eventos, a exemplo de Carnaval e São João, também estarão no radar da pesquisa, que dará a dimensão da diversidade dos atrativos turísticos baianos na economia do turismo.

(*) Crédito da foto: Tatiana Azeviche/Setur-BA

 

Comentários