Turismo doméstico na China gera receita de US$ 687 bilhões em 2017

ChinaA China teve 2,8 bilhões de viagens domésticas em 2017​

Os gastos de turistas domésticos no mercado chinês chegaram a US$ 679 bilhões no ano passado. Somente em 2017, foram mais de 2,8 bilhões de viagens dentro do país, contra 136,5 milhões internacionais. Já o consumo dos viajantes da nação asiática no exterior somou US$ 220,6 bilhões. Os dados são da consultoria GlobalData.

O país é conhecido por ser o maior mercado de viagens domésticas e internacionais do mundo. Embora o fluxo de turistas estrangeiros para a China seja considerável, são as viagens internas que realmente movimentam o mercado local, como mostram os números.  

Fatores de sucesso da China

Konstantina Boutsioukou, analista de turismo da GlobalData, afirma que o crescimento da renda da classe média, juntamente com o incentivo do governo e investimentos no setor, explicam o resultado.

“Da mesma forma, a intensificação das campanhas de marketing dos destinos locais nos últimos anos, somado às ofertas e serviços de turismo, também estão influenciando o povo chinês na hora de escolher um destino de férias”, explica.

Apesar das viagens internacionais estarem mais acessíveis para a classe média chinesa, as viagens domésticas ainda são atrativas. Preços mais competitivos, segurança e idioma são fatores que ajudam a explicar essa preferência, avalia a GlobalData.

Na direção contrária, vários países trabalhar para abocanhar uma fatia desses US$ 22,6 bilhões de gastos de chineses no exterior. O Brasil é um deles, como mostramos em matéria especial publicada esta semana. Confira ela aqui.

(*) Crédito da foto: hempelfrankfurt/Pixabay

Comentários