Vdara: fechamos a trilogia dos hotéis do City Center, em Vegas

O Vdara está situado no City Center, complexo de propriedade da MGM Resorts e que deu cara nova para Las Vegas
(fotos: Peter Kutuchian)
 
Encerrando a trilogia dos hotéis situados no City Center, em Las Vegas, a reportagem do Hôtelier News hospedou-se no Vdara. Os outros dois empreendimentos situados dentro do complexo são: Aria e Mandarin Oriental, o primeiro, maior de todos, com mais de quatro mil apartamentos, já o Mandarin tem quase 400, ou seja, um hotel-boutique para os padrões da cidade.
 
O Vdara conta com 1.495 suítes, todas elas oferecem, no mínimo, sala gourmet, living e quarto, estes dois situados num ambiente apenas, separados por um móvel, que contempla TVs e mesa de trabalho, e um banheiro bastante confortável e munido de banheira e box separados, um alívio, se comparado aos bathrooms onde a ducha fica dentro de uma tub, que não serve para nada.
 
Las Vegas continua sendo o principal destino de entretenimento das Américas com seus espetáculos, shows musicais, shoppings, outlets, cassinos e dezenas de hotéis grandiosos, que por si são uma atração à parte. Para hoteleiros e turistas, a cidade é parada obrigatória bienal.
 
O Vdara é um hotel simples na sua infraestrutura para os padrões de Las Vegas, não tem restaurante e sim uma única cafeteria, não possui cassino nem shopping. Conta, porém, com excelente spa e grande área de lazer, com piscinas e cabanas, além de um bar no Lobby. A falta de restaurantes e cassino inibe a sua escolha para uma estada? A resposta é não. A 100 metros do Vdara fica o Aria, que conta com mais 20 pontos gastronômicos, cassino, lojas e um teatro, onde a atração permanente é Viva Elvis, do Cirque du Soleil - imperdível e emocionante. Além disso, há o Crystals, luxuoso shopping com as lojas que todo consumista especializado sonha em comprar.
 
Além do Aria, há outra e boa opção vizinha para se visitar: o Bellagio, um dos hotéis mais alto astral de Las Vegas. Para se chegar nele, saindo do Lobby do Vdara, atravessa-se um corredor, que passa ao lado da estação do monotrilho (para conectar Hotel Monte Carlo ao City Center), e chega-se no Bellagio. Quem já esteve nele sabe da sensação de alegria em deparar com um jardim repleto de esculturas que fazem parte do tema de sua montagem - o hotel muda a decoração frequentemente, seja na chegada de uma nova estação aliada a uma data comemorativa, como o 4 de julho, dia da independência dos Estados Unidos.
 
Vale ressaltar que em todo o City Center, os hotéis Bellagio e Monte Carlo são do mesmo grupo, o MGM Resorts, que detém e opera 14 resorts só em Las Vegas e mais sete empreendimentos - cinco nos EUA e dois na Ásia, além de 165 restaurantes. Só na Sincity (Cidade do pecado, termo carinhoso para Las Vegas) são: Aria, Bellagio, Vdara, MGM Grand, The Signature at MGM Grand, Mandalay Bay, Thehotel at Mandalay Bay, The Mirage, Monte Carlo, New York-New York, Luxor, Excalibur, Circus Circus e Railroad Pass, localizado ao lado da represa Hoover. Por isso, é possível estar hospedado em qualquer hotel no City Center e usufruir dos restaurantes dos outros hotéis - pudemos nos deliciar no Yellow Tail, um dos cinco pontos gastronômicos com vista para a fonte do Bellagio.
 
Voltando ao Vdara, que é associado à Worldhotels, uma das maiores empresas internacionais de representação de hotéis, o empreendimento está situado dentro de um imponente edifício com 56 pavimentos. Sua localização permite que algumas suítes tenham vista para a fonte do Bellagio, o que é um privilégio que só os próprios hóspedes desse hotel têm. Quem não se lembra da cena do filme Onze homens e um segredo? Nada mal ver as águas dançantes da janela da suíte, pena que não se pode escutar a música...
 
Vamos conhecer então o Vdara? Nas legendas das fotos, mais informações. Boa leitura!
 
Por Peter Kutuchian*
 
Vamos ao check-in, ops... fila na Recepção, bom sinal, hotel cheio! O painel colorido passa o conceito de integração entre os mundos
 
Pelo visto, algumas posições de atendimento estão vazias, mas os arranjos são bem bonitos
 
Depois de um rápido check-in - nos Estados Unidos não existe a necessidade de preenchimento da nossa ficha, que alívio! - vamos em direção dos elevadores, passamos pelo Lobby... 
 
Um dos dois hall dos elevadores...
 
Entramos em um deles e vamos para o 31º andar
 
  Indo e vindo: o carpete nos corredores passa a sensação de movimento
 
Chegamos na nossa suíte: no primeiro ambiente, mesa para quatro pessoas...
 
O espelho bem posicionado permite termos a sensação de amplitude
 
Em frente à mesa, bancada, armários e equipamentos, que incluem forno...
 
Fogão elétrico com duas "bocas"...
 
E dois frigobares, um completo e outro vazio para ser preenchido ao gosto dos hóspedes
 
 
Hospedagem
 
Totalmente não-fumante, o Vdaraconta com 1.495 suítes, todas com cozinha equipada com dois frigobares, fogão elétrico, forno de micro-ondas, living com TV, mesa de trabalho, closets, ferro e tábua de passar roupa, cofre, camas queen ou king size, banheiro com ducha, armário, banheira e amenities da marca Aveda - fantástica a refrescante sensação do xampu de menta -, secador de cabelos… Enfim, todas as necessidades para uma confortável estada.
 
Como quase todo meio de hospedagem norte-americano pertencente a uma rede, o café da manhã não é incluso na tarifa da diária, exceto por alguns pacotes específicos, o que não foi o caso da estada do HN, por isso, na primeira manhã, fizemos a escolha do room service para obter nosso desejum. Aliás, sempre é muito bom tomar o café da manhã no quarto! Feita a escolha, os itens foram entregues dentro do prazo estipulado pela atendente. No outro dia, resolvemos descer e tomar a primeira refeição do dia na cafeteria, onde existem várias opções para saciar a fome matinal.
 
Hospedando-se em Las Vegas, tenha em mente que a vista é item integrante do apartamento, principalmente quando o sol se esconde e as luzes e os neons se acendem. E no Vdara, a vista foi deslumbrante, com a fonte do Bellagio, ele próprio e outros hotéis da Strip. Memorável.
 
Saindo da sala-gourmet, entramos no living, que conta com sofá, poltrona e mesa de trabalho...
 
E uma TV de LCD
 
Tons de verde presentes no quadro, almofadas e poltrona
 
A cama queen fica no mesmo ambiente, que é separado pelo móvel da TV e pela bancada de trabalho. Detalhe: são duas TVs, uma na sala e outra no quarto
 
  Entre a sala-gourmet e o banheiro, um closet, que conta com tábua e ferro de passar, maleiro e cofre
 
  Entrando no banheiro, outro pequeno armário
 
O banheiro é espaçoso, com bancada grande...
 
Box e banheira
 
   
Detalhes íntimos do bathroom, posicionamento da toalha na bancada; secador na gaveta; móvel com rodinhas e os amenities no box - são da marca Aveda
 
 Não poderíamos deixar de mostrar a vista diurna da janela:
o prédio em frente é o Bellagio, e do lado direito dá para ver o lago da fonte mais famosa do mundo!
 
 
 Vamos conhecer uma das áreas de lazer do Vdara. O acesso é pelo 2º andar, de onde avistamos o Lobby 
 
De "cara" destacamos algumas cabanas na piscina, os espaços são ideais para sair do sol, descansar e se alimentar
 
Existem também estas opções, mais simples, porém igualmente confortáveis
 
Uma das piscinas é praticamente uma raia, com o conceito para apenas se refrescar do calor torrencial do deserto do Estado norte-americano de Nevada
 
O "conjunto" arquitetônico: cabanas, paisagismo e edifício, mais os tons do mobiliário permeiam uma boa sensação para os olhos
 
Outra piscina, um pouco mais ovalada, localizada em outra área do espaço de lazer
 
Daqui já dá para ver o que é contemplado na cabana
 
Um conjunto de sofás... 
E um móvel com pia, frigobar e TV
 
E aqui a vista da piscina principal
 
 O espaço conta também com um bar
 
Quando anoitece, a vista fica assim. Vamos descer para assistir ao Viva Elvis, o mais recente espetáculo do Cirque du Soleil
 
Antes, vamos dar uma espiada...
 
No bar do hotel
 
Decoração, iluminação e clima perfeitos!
 
Este é o corredor que liga ao Bellagio, mas desta vez nosso destino é o teatro do Hotel Aria, que fica a 100 metros do Vdara
 
Em poucos minutos, chegamos ao teatro
 
O espetáculo vai começar! Para quem ainda não viu Viva Elvis, vale a pena, com certeza, emocionante!
 
Na volta ao Vdara, o vemos assim
 
O port-cocher futurista
 
Já na nossa suíte, a fonte do Bellagio para encantar a noite. Ei, mas tem uma rádio que passa a música que está tocando?
 
 O grand finale!
 
No dia seguinte, pedimos o café da manhã no quarto
 
Frutas e a algumas patisseries para compensar...
 
O Market Café Vdara é onde se pode tomar o café da manhã no meio do hospedagem, que não conta com restaurante 
 
Como diz o nome, lá vende-se de quase tudo: refrigerantes, bebidas alcoólicas, sanduíches...
 
Sucos naturais, frutas prontas para o consumo...
 
Pães, doces...
 
Enfim, guloseimas que só de olhar...
 
  Já dá para ganhar uns quilinhos!
 
E claro, há o outro lado também...
 
Mais natural e saudável...
 
Quer fazer uma refeição rápida no apartamento? Que tal salada com...
 
Peito de peru assado?
 
 Ou as famosas frankfurters?
 
Spa Salon Vdara
 
Impecabilidade. É assim que podemos resumir a principal característica do Spa Salon Vdara, que fica situado dentro do Vdara e conta com quase 1,7 mil m², onde estão distribuídos fitness center, boutique, salão de cabeleireiros e smoothie bar, além de vestiários, saunas, chuveiros, banheira de hidromassagem, salas de relaxamento prévios e posteriores às terapias corporais, que podem ser dentro das 11 salas privativas do spa. Por que impecabilidade? Basta olhar as fotos abaixo.
 
No caso de Las Vegas, o fato de seu hotel contar com um spa é uma questão de pura necessidade. Sair de manhã, ir passear de helicóptero até o Grand Canyon ou se aventurar no premium outlet para as compras, caminhar pela Strip do Wynn até o Mandalay, e culminar o dia no spa do seu hotel… Isso não tem preço!
 
Vamos conhecer a outra área de lazer/relaxamento do Vdara?
 
Não se engane: a pequena recepção do Spa esconde um dos maiores centros de relaxamento e estética de Las Vegas
 
A saleta de espera
 
A sala de ambientalização possui conjunto mobiliário...
 
Que inclui TV e algumas bebidas relaxantes, como chás e água saborizada
 
Dali, o hóspede/cliente vai para o vestiário
 
Bancadas para se deixar mais bonito(a)
 
  Muitos cremes e produtos para a higiene e embelezamento
 
Duchas espaçosas...
 
E a pequena banheira coletiva
 
Saunas para hidratar e relaxar...
 
Veja os detalhes na sala de relaxamento prévio às terapias de massagens
 
É uma fonte d'água!
 
O corredor que leva às salas de tratamentos
 
Aqui, uma para tratamento de casais. Veja a conservação do piso
 
Todas elas contam com iPod dock
 
A infraestrutura contempla pia...
 
 e duchas
 
Aqui, outra sala, a de relaxamento pós-terapêutico
 
Na parede, velas e um painel d'água
 
Descemos do spa para conhecer as instalações do fitness center e salão de cabelereiros
 
Para quem tiver um "fominha", o espaço oferece um pequeno café, com sucos e comidinhas naturais
 
Vista da Recepção, lá no fundo o fitness center que estava cheio de hóspedes, portanto "inclicável"
 
À direita da foto anterior a Recepção do centro de estética
 
Na frente uma loja com produtos Aveda
 
Linha completa de óleos e cremes
 
Área para testes dos produtos por novos clientes
 
Escova? Corte? Novo penteado? O lugar para tudo isso é aí
 
Mas antes (ou depois), a lavagem
 
Experiência do Yellow Tail
Nossa reportagem pode escolher entre dezenas de opções gastronômicas oferecidas pelo MGM Resorts. A vontade em ir a um dos restaurantes do Aria era grande, mas a ideia de comer olhando a fonte do Bellagio de perto bateu mais forte, sendo assim, escolhemos o oriental Yellow Tail, de especialidade japonesa. Nossa mesa? Lá na frente, antes da varanda com vista espetacular e quase exclusiva às águas dançantes, fomos presenteados com uma degustação para lá de inesquecível.
O chef Akira Back manda muitíssimo bem. Fomos direto na degustação Omakase, e a escolha foi acertada. A seleção escolhida surpreendeu este que vos escreve, diferente de tudo já experimentado em terras brasileiras em matéria da gastronomia japonesa.
 
Na sua próxima ida a Las Vegas, deixe uma das noites para conhecer o Yellow Tail. Mas, reserve antes de ir, pois as mesas próximas a fonte são disputadas.
Mais uma noite chega!
 
E a noite promete ser especial no contexto gastronômico
 
  Nossa mesa quase lá fora
 
 
 
Antes de iniciar o jantar, saímos para ver o show
 
 
 
 
 
Alguns dos itens do Omakase
 
Última noite em Vegas...
 
 
 
A fonte do Bellagio é um presente para os amantes do entretenimento e da diversão...
 
 E isso nos faz pensar: alguns seres humanos são capazes em criar e transformar um ponto no deserto em um dos destinos mais visitados do mundo. O turismo é, sem dúvida, um dos melhores negócios. Um viva ao Turismo!
 
Serviço
 
* A reportagem do Hôtelier News ficou hospedada no Hotel Vdara a convite da Worldhotels e da MGM Resorts.

Comentários