Vila Galé abre hotel em prédio histórico em Elvas (Portugal)

vila galéQuartos trazem decoração que remetem às fortificações pelas quais a cidade é conhecida

O grupo português Vila Galé acaba de abrir o Vila Galé Collection Elvas - Historic Hotel, Conference & Spa. O empreendimento é resultado da restauração do antigo convento de São Paulo, em Elvas, Portugal. Esta é a primeira abertura de hotel do programa ReviveEste é o primeiro hotel a abrir em Portugal no âmbito do programa Revive. O projeto é uma iniciativa do conjunta dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças do país com a colaboração das autarquias locais. Contando com a coordenação do Turismo de Portugal para recuperação de vários imóveis históricos.

Recebendo um investimento de € 9 milhões, a unidade dispõe de 79 habitações. Sua infraestrutura também conta com dois restaurantes, bar, piscina interna e externa. Ainda no lazer, o hotel também possui o spa Satsanga, com salas de massagens, banheiras de hidromassagem, banho turco e sauna. Para eventos, o hotel apresenta duas salas de reuniões e um ballroom de 400 m².

Vila Galé Collection Elvas: história

O Vila Galé Collection Elvas - Historic Hotel, Conference & Spa abre após a recuperação e reconversão do antigo convento de São Paulo. Exemplo da arquitetura setecentista, este imóvel da Ordem de São Paulo começou a ser construído em 1679 e foi concluído em 1721. Com a extinção das ordens religiosas em Portugal, foi, ao longo dos anos, tribunal militar, quartel e casa de reclusão. Desde 2004 estava desocupado e em avançada degradação.

Localizado em pleno centro histórico da cidade alentejana o quatro estrelas tem como tema as fortificações militares portuguesas espalhadas pelo mundo. Trata-se de uma alusão à história e à configuração de Elvas, considerada a maior fortificação abaluartada terrestre do mundo. A decoração dos quartos e zonas comuns conta com imagens e objetos inspirados nesta temática. Enquanto cidade-quartel fronteiriça, o centro histórico de Elvas e as suas muralhas foram classificados como Património Mundial pela UNESCO em 2012.

Paralelamente, foram feitas parcerias com entidades locais para exposições com o objetivo de promover a região. Por exemplo, o Museu de Arte Contemporânea Colecção António Cachola cedeu esculturas e quadros, incluindo obras dos artistas portugueses Vhils, Pedro Calapez, Pedro Proença e Sofia Areal. Está também exposto um telégrafo do Museu Militar, bem como estátuas e crucifixos do Museu dos Cristos de Sousel.

“Há já alguns anos que nos dedicamos a reabilitar imóveis históricos que estavam degradados, dando-lhes uma nova utilização e uma nova vida. Com isso, queremos contribuir para manter a nossa história e valorizar o nosso patrimônio, porque o futuro do turismo e do país dependem disso, do que nos diferencia”, explica Jorge Rebelo de Almeida, presidente do conselho de administração do grupo Vila Galé.

“Com este novo hotel, pretendemos também ajudar a revitalizar Elvas, uma cidade que tem enorme potencial devido à sua história. Por outro lado, este é mais um passo na nossa ambição de puxar pelo interior do país, criando novos pólos de atração e destinos turísticos”, reforça. 

O Vila Galé Collection Elvas - Historic Hotel, Conference & Spa é o 34º hotel da Vila Galé, que tem agora 25 unidades em Portugal e nove no Brasil. No âmbito do programa Revive, o grupo está também desenvolvendo o Vila Galé Collection Alter Real, na Coudelaria de Alter do Chão, cuja abertura está prevista para 2020.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/ Vila Galé

Comentários