Visit Iguassu faz balanço positivo do 1º semestre em encontro com hoteleiros

Visit Iguassu - reunião hoteleirosEvento foi feito com o Sindhotéis Foz

Captação de 14 eventos, 22 visitas de inspeção e capacitação de 6 mil agentes de viagens e operadores do Brasil, China, Europa e Estados Unidos. Estes e outros dados formaram o balanço das principais atividades do Visit Iguassu no primeiro semestre. As informações foram divulgadas, esta semana, durante encontro com hoteleiros de Foz do Iguaçu (PR), no Bourbon Cataratas Convention & Resort.

O evento, realizado em conjunto com o Sindhotéis Foz (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região), faz parte das estratégias de ambas entidades para estreitar ainda mais a relação com o setor hoteleiro, responsável por 30 mil leitos na cidade. 

“A hotelaria é um dos motores que sustenta a economia local. Se conseguimos fazer tudo isso, é graças às empresas associadas que garantem recursos para desenvolvermos o nosso trabalho”, frisa Fernando Martin, diretor de Relacionamento do Visit Iguassu.

Jaime Mendes, gerente-geral dos hotéis Del Rey e Mirante, lembrou que o turismo gera o maior número de empregos em Foz do Iguaçu (PR). Na avaliação do executivo, o esforço para sensibilizar os hóspedes quanto ao pagamento do room tax é decisivo para viabilizar a participação do destino em eventos no exterior.

Visit Iguassu: promoção

Já Nilson de Nadai, dono do Nadai Confort Hotel & Spa, que vem tendo bom desempenho este ano, acredita que é necessário que as equipes de recepcionistas estejam preparadas para explicar o que é e qual a finalidade da taxa de turismo.

“Quando o hóspede recebe a informação corretamente, na grande maioria das vezes colabora”, ressalta Mendes. “Esses recursos são aplicados nos trabalho desenvolvidos pelo Visit Iguaçu e contribuem para trazer novos hóspedes nossos hotéis”, completa.

Neuso Rafagnin, presidente do Sindhotéis Foz, reforçou a importância de somar forças para trazer mais visitantes para o Foz do Iguaçu (PR). “Precisamos nos engajar para reivindicar mais voos, incentivar o turismo rodoviário, cobrar por demandas em infraestrutura e isso só será possível se estivermos unidos”,  finaliza.

(*) Crédito da capa: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(*) Crédito da foto: Divulgação/Visit Iguassu 

Comentários