W Montréal: hotel moderno no coração da cidade


Fachada do W Montréal: edifício discreto
abriga hotel moderno
(fotos: Christiane Kokubo)

O prédio de esquina é sóbrio, resquícios do Banco do Canadá que abrigava. Fica em frente à movimentada Square Victoria, no coração de Montréal e no centro financeiro da cidade canadense. Milhares de pessoas passam por ele diariamente sem imaginar que ali dentro o ambiente é totalmente diferente. É só entrar pela porta de vidro automática que tudo muda. Design arrojado, formas intrigantes, cheiros e música envolventes. Benvindo ao W Montréal, hotel que o Hôtelier News teve o prazer de conhecer.

Por Christiane Kokubo*
De Montréal, Québec, Canadá


O hall de entrada em que a cor vermelha predomina

Inaugurado em novembro de 2004, o W Montréal é o primeiro hotel W do Canadá, marca da Starwood Hotels & Resorts Worldwide que hoje conta com 20 empreendimentos espalhados pelo mundo, a maior parte nos Estados Unidos. Sinônimo de modernidade, representa o que de melhor um hotel urbano pode oferecer.


Lustres redondos dão toque especial

Os sentidos são despertados logo na chegada: a montagem sensorial garante textura, cores e cheiros envolventes. O vermelho da recepção, as flores naturais e a água da fonte que escorre pela estrutura de mármore enchem os olhos. Do check-in ao check-out, detalhes que vão da linguagem utilizada no hotel - com muitas palavras que contêm a letra W - aos amenities no quarto revelam todo o cuidado da equipe em garantir a melhor estada para os hóspedes.

 
Ao entrar no hotel, uma estrutura de mármore com flores naturais e água indicam a tendência do W

 
Ao lado esquerdo da entrada, balcão da recepção. Na parede de madeira, projeção em movimento do nome do hotel

 
À direita, balcão do concierge. Tudo em cores vibrantes


Essa é a porta que separa a rua e o ambiente intimista
que surpreende quem entra pela primeira vez

Primeiro diferencial do W que nos empolgou: trata-se de um hotel pet friendly, ou seja, cães e gatos de estimação são benvindos. Outros animais podem também ser aceitos, mas é necessário conversar com a gerência. Algumas condições são colocadas, como tamanho máximo e cuidado redobrado para não incomodar outros hóspedes. Claro que nós aproveitamos a oportunidade e a carismática Fito juntou-se à equipe do Hôtelier para experimentar o hotel.

  
Nossa convidada especial, a cadelinha Fito teve tratamento de primeira

Na chegada à UH, uma grande almofada, uma bolinha vermelha, um biscoito em forma de W e dois pratinhos - um para água, outro para comida - aguardavam a chegada do cãozinho. O serviço de concierge oferece passeios com os animais, comidas especiais e até bolo de aniversário. Ideal para conquistar quem não viaja sem seu bicho de estimação. Todos os colaboradores estão preparados para lidar com os animais e o tratamento não poderia ter sido mais amigável.


Tudo preparado para agradar o animal de estimação

São 152 unidades habitacionais divididas em seis categorias: Cozy, Wonderful, Mega, Fantastic, Wow e Extrême Wow, cujas tarifas variam de US$ 529 a US$ 3,8 mil.

 
Aqui, a suíte Wow. Dividida em dois andares, recebe bastante luz natural
devido às grandes janelas e ao pé direito alto

 
Na parte de cima, banheiro e cama, tudo sem divisórias

 
Na parte de baixo, mais uma televisão, mesa de trabalho e varanda, que tem vista para a praça Victoria


Aqui, a suíte Extrême Wow

 
Logo atrás da cama, a banheira. E atrás da banheira, o box com o chuveiro

 
Aparelho DVD, televisão de tela plana e sala de jantar
fazem parte da suíte mais cara do hotel

Em todas as UHs, ver e ser visto fazem parte do conceito da arquitetura e decoração. Não há paredes separando os ambientes, a não ser o toalete. Estruturas em vidro ou pequenas divisões delimitam a área do chuveiro e da banheira. Tons de azul e roxo proporcionam um ambiente intimista e confortável. Almofadas, cortinas, luzes direcionadas, está tudo preparado para uma boa noite de sono.

 
Aparelho de som e telefone na suíte Mega


A cama muito espaçosa e confortável

 
E mais uma vez o que vale é ver e ser visto. Uma pequena mureta separa a
banheira do quarto

  
Pode-se ver o quarto inteiro de qualquer lugar. Apenas o toalete tem porta que permite maior privacidade


Os amenities são da marca Bliss

 
Guloseimas à vontade. Nesse móvel preto encontramos mini-bar, cofre e tábua de passar roupa

 
Pode-se assistir televisão desse sofá ou da cama, mudando a disposição do móvel

O W tem um andar dedicado a eventos. Nada muito grandioso, já que as chamadas salas-estúdio têm capacidade máxima para 120 pessoas. Reuniões, lançamentos de livros, coquetéis e pequenas exposições fazem parte da agenda do hotel.

 
Atrás dessa parede de vidro negro à esquerda encontramos a escada
que dá acesso ao andar de eventos

 
Aqui, predominam o roxo e cores mais frias

 
Podemos avistar o hall de entrada, que tem iluminação e decoração diferenciada.
À direita, sala preparada para reunião


Ainda no andar de eventos, um espaço para festas com sofás e bar

 
Mais uma vez, é o vermelho que toma conta, seja no balcão, seja nas obras que decoram os corredores

Turistas a negócios são a maior parte dos hóspedes em dias de semana. Próximo ao centro de convenções, ao Centro de Comércio Mundial, diversos bancos e escritórios de grandes empresas nacionais e multinacionais, o hotel tem localização privilegiada para quem está na cidade a trabalho. Por outro lado, aos finais de semana os turistas de lazer são maioria e, como o W está na área que divide a parte antiga da cidade e o centro novo, muitas opções estão ao fácil alcance dos hóspedes, seja a pé, seja de metrô. A estação Square-Victoria encontra-se bem em frente ao hotel, que também tem acesso direto à cidade subterrânea - ideal para os dias de frio canadense. A taxa de ocupação do W varia de 80% a 95% dependendo da época do ano.

 
O colorido Centro de Convenções de Montréal e o Centro de Comércio Mundial são vizinhos do hotel

Para quem quer relaxar ou se exercitar, o W oferece duas opções: o spa Away e o Détox, academia do hotel com equipamento de ponta. Massagens podem também ser feitas no quarto do hóspede.


No spa Away, massagens, cuidados da pele
e tratamentos corporais

 
Ambiente muito propício para o relaxamento


Lise Beaudoin, gerente do spa, e
Caroline English, uma das colaboradoras


A academia Détox está à disposição dos hóspedes

"Criamos experiências, damos muita atenção à decoração que proporcione diferentes sensações e aguce os sentidos dos hóspedes. No entanto, ao mesmo tempo nos esforçamos para que eles se sintam tão à vontade quanto em suas próprias casas", explica Sabine Kadyss, diretora de Marketing e Comunicação do W Montréal.

  
Corredor com luz baixa, o hall do elevador no quarto andar e letreiro de uma das UHs.
O painel eletrônico no final dos corredores muda a disposição das luzes a todo momento

No que diz respeito a alimentos & bebidas, três são as opções: W Café Bartini, para um desjejum rápido; Wunderbar, uma mistura de bar e balada, bastante conhecido como uma das boas opções da vida noturna de Montréal; e Otto, o restaurante moderno com cardápio predominantemente italiano no térreo do hotel. No verão, o restaurante ganha maior área com mesas que são colocadas na calçada.


O Café Bartini fica aberto somente no período da
manhã para um rápido café

 
O Wunderbar é conhecido como boa opção de lazer na noite de Montréal

 
No cardápio, drinks exclusivos. À direita, o DJ anima o ambiente em plena segunda-feira

 
O restaurante Otto tem duas entradas: diretamente pela rua ou por dentro do hotel

 
Agora no verão, sofás e mesas formam um terraço ao ar livre. No bar do
restaurante, mais uma vez predomina o vermelho

Café da manhã com frutas, pães e calma deve ser pedido para o room service. O menu traz sete opções diferentes, do leve-tôt ao montréalais. Sucos, cafés, chás, ovos, bagel, cream cheese, waffle, cereais, iogurte, frutas e outras perdições são servidas no quarto com todo requinte e conforto.


Café da manhã completo, só pelo room service

Pudemos comprovar que a área de alimentos & bebidas no hotel é levada a sério. Sorte nossa. O jantar que desfrutamos no Otto foi sensacional. Como entrada, Insaltina di indivia rossa con pecorino e pancetta e Tempura di gamberetti selvaggi, granchio e shiitake. Em seguida, Filetto di manzo com reduzione di senape e aspargagi griglinati e Carré di agnello com olive e caprino, tudo acompanhado de um bom vinho da Toscana. O chef Nicola D’Onofrio está de parabéns. Tudo na medida certa, com sabor absolutamente delicioso.


O jantar no Otto começa com variedade de pães...

 
...passa pela salada com molho à base de creme de leite, pelos tempurás...

 
...até chegar com grande estilo aos pratos principais

 
Para finalizar, sobremesas saborosas e vinho do Porto


Durante a refeição, a companhia especial e muito
agradável de um bom tinto italiano


Sandra Lee, bastante simpática, está  há
quase um ano no Otto: "O ambiente
de trabalho aqui é muito bom"

Um hotel W deve ser aberto em breve em Santiago do Chile e há planos que incluem outro na capital paulistana. Uma visita pelo website dos outros W espalhados por aí mostram que a preocupação com o design e a modernidade faz parte da marca. Os ambientes do hotel são muito modernos e a sensação é de que todos estão bastante satisfeitos de estar por aqui, sejam hóspedes, sejam colaboradores. O W realmente surpreendeu com sua estrutura física tão pitoresca e atraente e seu serviço tão agradável.

 
Na parede, a projeção da letra W em movimento dá as boas-vindas aos hóspedes.
Nos corredores, flores naturais ou obras de arte


Claudia Emde, coordenadora de Marketing e Relações
Públicas, e Sabine Kadyss, diretora de Marketing
e Comunicações do W Montréal

 
O empreendimento está bem em frente à Square Victoria.
A fonte refresca os dias de muito calor do verão


Jesse Beaudoin e Alexandre Gagoré: simpatia para receber
os hóspedes. Os dois ambassadeurs estão no W desde 
sua inauguração, em novembro de 2004 

 
Bandeiras da marca W, da cidade de Montréal, da província de Québec
e do Canadá. E a praça Jean-Paul-Riopelle, também próxima ao
hotel, recebe um pouco de água para abrandar o calor
surpreendente do verão canadense

Serviço
W Montréal
901 Square Victoria
Montréal, Québec, Canada
H2Z 1R1
+1 514 395-3100
www.whotels.com/montreal

*A reportagem do Hôtelier News hospedou-se no W Montréal a convite do hotel

Comentários