W Santiago (soft opening): luxo conceitual na capital chilena

 Fachada do empreendimento, na qual um discreto W sinaliza o hotel (fotos: Cristiano Macchi)
 
Era grande a expectativa em conhecer o primeiro hotel W da América do Sul. A bandeira top da Starwood, voltada para o público executivo, é ultramoderna e carregada de conceitos e exclusividades. Presente em grandes centros norte-americanos, a marca também é famosa por oferecer restaurantes, bares e boates que se tornam verdadeiros points do jet set local.Estava mais do que na hora de a América do Sul receber um W e a cidade escolhida foi Santiago, capital do Chile. Nada ainda foi confirmado, mas quem sabe São Paulo não será a próxima parada?
Por Délia Coutinho*
 
Prédio multifuncional
Localizado em El Golf, um dos bairros mais refinados da cidade, o W é parte de um grande complexo multifuncional que agrupa unidades residenciais, escritórios, convenções, restaurantes e lojas de grifes. Para dividir o fluxo de pessoas, que deverá ser intenso quando o prédio estiver em pleno funcionamento, há quatro grandes entradas independentes e 26 elevadores. O arquiteto responsável pelo projeto é Gary Handel, especialista em complexos multifuncionais.
 
No hall de entrada já notamos algumas marcas registradas do ambiente, como as flores sempre naturais e a iluminação indireta
 
Na recepção, destaque para o grande espelho encostado na parede ao fundo. Tanto o check-in como o check-out são embalados pela trilha sonora lounge
 
Em cima do balcão, flores e o símbolo que quer dizer We Love Starwood Preferred Guests, referência ao programa de fidelidade da rede
 
Uma das simpáticas concierges oferece água com sabor de laranja durante o check-in
 
Atendimento Wow! A premissa dos hotéis W é fazer seus hóspedes "entrarem em um mundo de Wow". Não é à toa que vários espaços e serviços são nominados por palavras que começam com W, com destaque para a filosofia de atendimento Whatever/Whenever. Os colaboradores do hotel são treinados para atender às necessidades do hóspede a qualquer hora, no estilo “whatever you want, whenever you want it”, como nos explicou o brasileiro Rafael Nader, gerente de Vendas e Marketing. Aliás, o atendimento do W surpreende. Todos sem exceção - mensageiros, recepcionistas, concierges, garçons, bartenders - são extremamente corteses, atenciosos e, principalmente, demonstram muita satisfação por estarem ali. E o principal: não medem esforços para atender às exigiências dos hóspedes.
 
Uma das características da decoração do W é a de explorar diferentes texturas, seja nos móveis, nas paredes ou divisórias. Aqui, por exemplo, algumas das esferas são peles de tambor
 
Muito vidro e pé direito alto marcam a estrutura classuda e moderna
 
Decoração
O W é um verdadeiro hotel design, com móveis assinados, objetos arrebatados em leilões na Europa, iluminação indireta, paredes de vidro ou texturizadas e livros de arte. Quem é amante de design e arquitetura é capaz de passar horas só admirando os detalhes do lobby bar.
A criação do ambiente contemporâneo com referências retrô tem por trás um "designer estrela": Tony Chi, tailandês radicado nos Estados Unidos que já assinou outros hotéis da rede. Também participou do projeto um arquiteto chileno, Sergio Echeverria, que ficou encarregado de inserir com sutileza elementos da natureza regional ao espaço, a exemplo dos painéis com fotografias de paisagens nos quartos e nos corredores dos elevadores. Já o paisagismo ficou a cargo de um brasileiro de grande notoriedade no assunto, Gilberto Elkis, que trabalhou no projeto do hotel Unique, em São Paulo, entre outros trabalhos de expressão.
Mais do que um deleite para o olhar, o W tem a pretensão de oferecer uma experiência multisensorial. Música e aromas também são marcas registradas do hotel. A trilha sonora baseada no lounge é tocada o tempo inteiro e às cinco horas da tarde o clima muda: o som aumenta de volume, o aroma do ambiente é outro, a iluminação fica mais intimista e velas são acesas no bar.
 
Pets are Welcome! Outro diferencial W é o fato de ser um hotel pets friendly. O programa chamado Pets are Welcome (PAW) é carregado de surpresas e serviços exclusivos para os mascotes.
 
Até os pets podem relaxar (foto: arquivo pessoal)
Lobby 
Este é o espaçoso lobby bar do hotel, cheio de conjuntos de estofados, móveis de design e, ao fundo, o balcão do bar
 
Na estilosa mesa de centro, diversos livros de arte estão à disposição dos hóspedes
 
Aqui, a agenda de endereços parisienses, Chic in Paris, e o livro Obama in Pictures
 
A combinação de diferentes texturas também é evidente nas poltronas e estofados
 
Entre o lobby e a recepção está a W Library, onde ficam estações para conexão a internet free, mesa do serviço de concierge e muitos objetos de arte... 
...como esta cômoda e as luminárias um tanto psicodélicas...
 
...e estes objetos. Muitas peças e móveis foram trazidos da Europa
 
Esta é a mesa de atendimento dos concierges...
 
 
 ...em destaque, o símbolo da filosofia de atendimento do hotel Whatever/Whenever
 
Livros ficam sempre dispostos na prateleira
 
Os computadores para uso free são da Apple. Este tem o recurso Touch Screen. Um luxo de tecnologia!
 
  A adega transparente e climatizada expõe 1,6 mil rótulos de vinho, com destaque para a produção chilena 
Os simpáticos e descolados bartenders sempre a postos para oferecer uma taça
 
No balcão do bar está o recipiente para champanhe, com design arrojado
 
 Pisco Sour, um dos drinques mais típicos de Santiago
 
Habitações O W Santiago tem 196 unidades habitacionais, sendo 20 suítes assim chamadas: Marvelous Suites (12), Fantastic Suites (4), WOW Suítes (3) e uma Extreme WOW Suite. Os apartamentos padrão são chamados de Wonderful.
Todos os quartos, desde os mais simples - se é que podem ser classificados assim - até as maiores suítes, possuem a cama W com seus lençóis de 350 fios, TV de LCD de 42", DVD, internet wi fi e um aparelho de som com entrada para iPod. A típica bandeja de guloseimas tem nome especial, o Munchie Box, que contém de chocolates suíços a alfajores, além de doces típicos do Chile.
Outro diferencial é que a abertura de cama costuma seguir as preferências do cliente. As arrumadeiras são treinadas para observar o lado que o hóspede costuma dormir, entre outros detalhes, para deixar o leito o mais próximo possível do gosto pessoal de cada um. Dá para se sentir em casa.
 
No elevador que dá acesso aos quartos é necessário passar o cartão da UH neste dispositivo para chegar ao andar
 
Tapete vermelho nos corredores
 
Máquina de gelo é outra facilidade encontrada em todos os andares
 
Números grandes identificam os quartos
 
Esta é uma das suítes do W. Ao abrir a porta e olhar para a direita, podemos ver uma parte da banheira através do visor
 
Acima do leito, um painel com uma paisagem do Chile. A iluminação indireta, que, por um lado dificulta as fotos, torna o ambiente super aconchegante
 
Ao lado da cama, aparelho de som com encaixe para iPod e o CD Wonderlust, o qual tem a seleção musical feita pela rede
 
 Mesa de trabalho tem cabo para conexão à internet no quarto 
O guia Santiago Elegante está em todas as UHs
 
Nestas prateleiras, a exclusiva caixa de guloseimas Munchie Box, aparelho de DVD e taças e acessórios para vinho
 
Embaixo fica o frigobar
 
 A água é uma cortesia da suíte
 
 TV de LCD de 42" em todos os quartos
 
Banheira retangular com um enorme espelho atrás. Aliás, a presença de espelhos e transparências deixa um ar de "quero ver e ser visto" no interior dos quartos
 
Mais uma parede de espelho na pia, onde estão amenities da marca Bliss e outra garrafa de água mineral. A área para ducha tem espaço diferenciado.
 
Os roupões conferem uma maciez espetacular a quem os usa
 
A única área 100% isolada por paredes é o toalete
 
 Um saquinho escrito Backup Plan esconde o segundo rolo de papel higiênico
 
Gastronomia Até a nossa visita só estavam em funcionamento o NOSO, o restaurante principal, e o Terrasur. No amplo espaço do primeiro, encontramos uma decoração que impressiona, atendimento diferenciado e uma culinária de perfil contemporâneo. Por trás da cozinha está um nome que é sinônimo de grife na gastronomia mundial, o chef francês Jean Paul Bondoux, proprietário do restaurante La Bourgogne, na Argentina, e consultor de cardápios em diversas partes do globo. Em breve, o W ganhará o Osaka, restaurante standard da rede inspirado na culinária peruana, e o bar e boate Whiskey Blue, famoso em todos os W do mundo por ter sempre a alta sociedade local como habitué.
 Este é o restaurante NOSO pronto para o café da manhã
 
Diferentes conjuntos de mesas convivem em harmonia no ambiente cinco estrelas do restaurante...
...inclusive para grupos maiores 
Todas as mesas são decoradas com flores naturais
 
Esta é uma mesa decorativa. Aqui no NOSO, nada de buffet. O desjejum é à la carte, com opções para escolha do cliente
 
Parte da cozinha é vísivel, integrando o espaço do restaurante. É possível ver, por exemplo, frutas fresquinhas sendo cortadas antes de ir à mesa
 
Neste outro ponto, legumes expostos em recipientes
 
 Aqui, sempre com muita gente trabalhando, há uma chapa...
 
...na qual são preparados sanduíches e ovos mexidos, por exemplo
 
 Alguns temperos verdes estão ali mesmo, plantados em vasos
 
Café da manhã O café da manhã traz itens para o desjejum servidos para despertar os sentidos.
 
A disposição do carpaccio e do salame nos deixa com água na boca 
Mesmo nas fotos, as torradas parecem quentinhas 
O prato de omelete tem um colorido especial
E, para se redimir de tantas guloseimas, a salada de frutas
 
Convenções A área de convenções faz dos hotéis W um dos preferidos pelos executivos. Estruturas modernas e versáteis, unidas aos serviços sempre diferenciados, colaboram para tornar o ambiente de reunião o mais agradável possível e sempre ao gosto do cliente. "Temos, por exemplo, alguns elementos lúdicos da marca, como jogos individuais que podem ser colocados nas salas durante as reuniões, uma ampulheta para marcar o tempo exato do coffee break, entre outros", conta Nader.
O espaço, com acesso independente do hotel, contempla dez salas de reuniões que podem ser unidas formando a Great Room, com capacidade para 1.190 pessoas.
 
O piso de convenções, que até então ainda não havia sido utilizado
 
 Veja a charmosa iluminação deste bar, que fica no espaço
 
Na entrada de todas as salas há uma TV de LCD para exibir a programação dos eventos
 
 Outro ângulo mostra as entradas das salas
 
Fotos de manifestações culturais chilenas decoram algumas paredes
 
Sala arrumada para uma apresentação
 
 Esta é a WET, piscina que fica no 21º andar e oferece uma vista sensacional de Santiago. Notem a divisória de vidro, que permite total visibilidade para quem está dentro da piscina retangular
 
 Essa foto dá uma ideia da enorme quantidade de vagas do estacionamento
 
 Por fim, mostramos o brasileiro que está por trás da promoção do W Santiago, Rafael Nader, gerente de Vendas e Marketing. O executivo faz parte da equipe de 280 colaboradores do hotel
 
Serviço W Santiago Isidora Goyenechea, 3000, EL Golf Santiago, Chile +56 2 770-0000 whotels.com/santiago
 
*A reportagem do Hôtelier News se hospedou no W Santiago a convite do hotel.

Comentários