WTM-LA: Best Western fala sobre expansão na América Latina e projeções para 2019

(*) O Hotelier News conta, durante a WTM-2019, com o apoio do Holiday Inn Parque Anhembi.

WTM-LA- Best WesternTeixeira: Peru é o mercado mais acessível no momento

Após a compra da WorldHotels Collections, anunciada em fevereiro, a Best Western está de olho no mercado latino-americano. Durante a WTM-LA, aberta hoje (2), a rede confirmou a expansão em terras brasileiras e o interesse em investir no Peru. A rede aproveitou a feira para divulgar também as bandeiras já existentes no portfólio da empresa.

“Nós acabamos de adquirir a WorldHotels. São 300 hotéis agregados à nossa marca. Queremos trabalhar em conjunto a expansão na América Latina e continuar lançando nossas bandeiras no mercado”, afirma Matt Teixeira, diretor de Vendas nas Américas. “Hoje, a Best Western tem 13 hotéis no Brasil e 13 marcas que vamos continuar expandindo no mercado”, completa.

Atualmente com unidades no Brasil, Chile, Peru, Colômbia, Panamá, Equador e México, a rede revela possuir um interesse especial no mercado peruano. “É um país que está mais aberto aos investidores. Muitos players estão querendo atuar no Peru, que tem mostrado equilíbrio econômico”, explica Teixeira.

WTM-LA: Expansão brasileira e projeções

De acordo com o executivo, este ano a Best Western inaugura mais quatro propriedades no Brasil. Apesar da expansão, o grupo não está otimista em relação aos resultados de 2019. “A situação econômica da América do Sul é preocupante com as mudanças de governo, como Brasil e México, por exemplo”, pontua. “Este ano, as projeções de crescimento são pequenas, ainda vamos colher os frutos das mudanças que acontecerão. Para 2020, as expectativas são mais positivas”, finaliza. 

(**) Crédito da foto: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários