WTM-LA: Best Western fecha o ano de 2017 com crescimento acima dos 20% no faturamento

Teixeira afirma que os canais de vendas diretos representam 55% dos resultados

A Best Western amplia cada vez mais sua presença no país e, após a adição da bandeira Signature Collection em outubro, fechou 2017 com crescimento acima de 20% na receita frente a 2016. A aposta para a rede, segundo Matt Teixeira, diretor de Vendas, é fidelizar os clientes e, consequentemente, gerar mais RevPar. 

Segundo Teixeira, os resultados positivos foram a soma de importantes fatores. “Foi uma consequência da combinação entre a nossa intensa aposta no marketing e ampliação dos canais de vendas, que são ferramentas fundamentais”, explica. Mesmo assim, o executivo afirma que o canal de vendas direto ainda é o principal motor de negócios da empresa, representando aproximadamente 55% das reservas. 

Para 2018, a expectativa é crescer ainda mais. Teixeira informa, contudo, que ainda não existe uma meta de expansão específica para o Brasil. “Estamos lidando com um país que possui uma situação econômica ainda complicada. Além disso, está entrando em uma fase decisória por conta das eleições e definições econômicas e políticas podem alterar os cenários”, detalha. O executivo adianta que o foco deste ano é aumentar o RevPar. 

Investimento Tecnológico na Best Western

No ano passado, durante a Abav Expo, a rede apresentou o investimento tecnológico feito nos hotéis das marcas Vib e Glo. Teixeira destaca que a tecnologia é a forma que a rede encontrou para atender aos clientes que procuram experiências completas. “Os hóspedes querem sempre ter facilidades que são muito bem atendidas com os equipamentos que temos à disposição na palma da nossa mão. É isso que os nossos clientes procuram, serem bem atendidos desde o momento que estão pensando em se hospedar conosco até o nosso check-out, quando desejamos que ele retorne”, finaliza.

(*) Créditos da Foto: Felipe Lima/Hotelier News

Comentários