WTM-LA: SiteMinder destaca o uso de dados para alavancar receitas

Mateus Coelho comandou a palestra da SiteMinder 

Com tanta tecnologia à volta, os empreendimentos hoteleiros não podem deixar de aproveitar as ferramentas à disposição. Dados oriundos dos clientes, por exemplo, precisam ser usados ao máximo. Foi focando nisso que a SiteMinder, que recentemente firmou parceria com o Airbnb, apresentou novas possibilidade de impulsionar a receita do hotel de forma prática.

Obviamente, os empreendimentos sabem e reconhecem a importância de usarem seus canais diretos de vendas. Segundo pesquisa apresentada na WTM-LA pela SiteMinder, 72% dos proprietários de hotéis no país sabem que as vendas diretas são fundamentais para alavancar o faturamento.

Mateus Coelho, gerente regional de Vendas para Espanha e Portugal do SiteMinder, acredita que os meios de hospedagem devem ir além, aproveitando dados gerados por OTAs e redes sociais, entre outros canais. “Os viajantes têm à disposição uma ampla gama de informação e os estabelecimento devem estar atentos a como estão sendo vistos por meio deles”, ressalta o executivo.

Dicas da SiteMinder

Coelho ressaltou três importantes ferramentas que, segundo ele, devem estar pautados na mente dos hoteleiros. Um deles são as OTAs. “Não se deve apostar em toda e qualquer OTA. A chave é estabelecer uma estratégia e definir seu hotel, seu público, seu destino e ter sua propriedade nas OTAs que melhor se encaixem ao seu padrão e ao perfil do público que o acessa”, explica.

Outra ferramenta que o gerente se mostrou necessária foram os metabuscadores. “É uma ótima maneira de fazer com os consumidores vejam o seu site, aproximem-se do seu produto e, consequentemente, realizem reservas de forma direta”, diz. Por último, Coelho falou dos GDS (Global Distribuition System), que conecta  os empreendimentos hoteleiros com cerca de 500 mil agências. "Essas possibilidades precisam ser utilizadas em conjunto", finaliza.

(*) Crédito da foto: Felipe Lima/Hotelier News

Comentários