';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Novidade do grupo Casa da Montanha, Wood Hotel abre caminho para projeto de rede

Por Filip Calixto 30 de agosto de 2018

wood hotel casa da montanhaA madeira tem destaque na decoração de todo o hotel

Um hotel no estilo design, cosmopolita, irreverente e que poderia estar em qualquer grande cidade do mundo. É assim que se define a maior novidade do grupo Casa da Montanha, o Wood Hotel, em construção na região central da turística Gramado (RS). "Temos planos de expansão com empreendimentos como este, de pequeno ou médio porte, cada um com identidade única", define Rafael Peccin, diretor de Marketing da empresa. De acordo com o executivo, em entrevista ao Hotelier News, o planejamento de expansão da empresa consiste na abertura de outros três hotéis até 2025.

O primeiro ato nesse movimento de crescimento foi dado com o desenvolvimento do Wood Hotel. Com ele, a corporação, que só tinha meios de hospedagem próprios, inaugura um novo modelo de negócio: a administração de propriedades de terceiros. Serão 23 apartamentos disponíveis e atenção especial à oferta gastronômica.

Terreno e imóvel pertencem, em sua totalidade, a um único investidor. Os valores aportados e o nome do parceiro, no entanto, não puderam ser divulgados por questões contratuais.

A despeito de sua participação apenas como administrador, o grupo Casa da Montanha interferiu no processo de concepção da unidade. "Tivemos referências do mundo todo e o resultado é um hotel pensado para um público de cabeça jovem, aberto a novidades. A recepção, por exemplo, não existe. Teremos um lobby onde o bar é o ponto central e os hóspedes poderão realizar seu check-in tomando um drinque ou relaxando", ilustra o diretor de Marketing.

Rafael Peccin - Wood HotelPlano é abrir mais três hotéis até 2025, diz Peccin

Como o nome sugere, a madeira é um material importante no projeto. Segundo comenta Peccin, designers gaúchos vão assinar peças expostas com destaque nos ambientes. Exemplos disso são um painel de Heloísa Crocco e móveis de Aristeu Pires. 

Em compasso com o que é visto no primeiro Casa da Montanha, o Wood dará atenção especial à gastronomia. O cardápio do hotel é assinado pelo chef Rodrigo Bellora que se pautou no conceito slow food para compor os pratos.

Wood Hotel: gatilho para o desenvolvimento

Grupo em atuação há 21 anos, o Casa da Montanha conta atualmente com três unidades — duas em Gramado e um em Cambará do Sul. Nesse panorama, o Wood chega para ser o gatiho de um desenvolvimento gradual, com projetos autorais e com mais propostas em análise.

"A gente avalia possibilidades, local e podemos sim assumir, de acordo com o resultado de pesquisas de mercado, outras propriedades", diz Peccin. Segundo informa o executivo, até sair da serra gaúcha é uma possibilidade, se a conjuntura de destino e marca forem interessantes.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Casa da Montanha