';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Número de empresas afetadas pela pandemia cai em julho, aponta IBGE

Por Redação 18 de agosto de 2020

pandemia- empresas afetadas45% das empresas afirmaram ter sido afetadas pela crise

Em levantamento divulgado ontem (18), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que o número de empresas afetadas pela pandemia registrou queda na primeira quinzena de julho. Quase 45% das 2,8 milhões de companhias em funcionamento no período afirmaram ter sido impactadas pela crise, recuo ante ao estudo anterior. As informações foram publicadas na Reuters.

Na segunda metade de junho, 62,4% das empresas disseram que foram impactadas pela crise. Segundo o IBGE, a pesquisa envolveu 2.500 empresas do país. As companhias do setor de Serviços foram as que mais sentiram impactos negativos da Covid-19 (47%), com destaque para serviços prestados às famílias (55,5%). Já no Comércio, 44% relataram efeitos negativos e na Construção, 38%.

No setor industrial, 42,9% das empresas destacaram impacto negativo, enquanto para 33,1% o efeito foi pequeno ou inexistente e para 24,1% o impacto foi positivo. “Há uma percepção de melhora à medida que o tempo vai passando e as empresas e pessoas se adaptam à nova realidade”, disse o coordenador da pesquisa, Flávio Magheli. “Oito em cada 10 empresas mantiveram quadro de funcionários e as que reduziram, cortaram até 25% do quadro”, acrescentou.

Pandemia: volume de fabricação

Na primeira metade de julho, 47,4% das empresas em funcionamento não tiveram alteração significativa na sua capacidade de fabricar produtos ou atender clientes, mas 41,2% tiveram dificuldades e, 11,3%, facilidades. Além disso, 51,8% das empresas analisadas não perceberam alteração significativa no acesso aos seus fornecedores e 38,6% tiveram dificuldades, segundo a pesquisa.

(*) Crédito da foto: Amanda Perobelli/Reuters