';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

São Paulo Convention & Visitors Bureau anuncia lançamento de novo aplicativo

Por Redação 20 de setembro de 2016


Toni Sando durante a coletiva realizada hoje (20) durante a Equipotel 2016
(foto: divulgação/SPCVB)

"De qualquer lugar com conexão à internet, seja no computador ou no celular, será possível utilizar as informações do Calendário de Eventos do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) de uma forma mais moderna e intuitiva, personalizada para cada necessidade, iniciando, assim, uma nova forma de prospectar novos negócios". As palavras são de Toni Sando, presidente executivo da entidade, na ocasião do lançamento do aplicativo EMDIACOM Calendário de Eventos, anunciado hoje (20), durante a Equipotel.

Na coletiva, foi explicado que o novo serviço promete modernizar uma das principais ferramentas do SPCVB. "Mensalmente, as empresas associadas à entidade recebem um PDF do calendário de eventos atualizado, com todos os cadastros. Desta forma, o arquivo já servia como uma ferramenta muito útil para prospecção. Com o lançamento do novo serviço, será possível filtrar por nome, data, local, segmento e mais, além de apresentar quais foram os últimos cadastros realizados", detalha Sando. O usuário poderá fazer download da sua busca em arquivo de planilha. O serviço disponibiliza também cadastros desde 2004, em um banco de dados com mais de 18 mil eventos.

O acesso poderá ser feito em breve pelo site www.visitesaopaulo.com/calendario ou pelo aplicativo para Android e iOS. Estará disponível na versão free e premium.

Mercado
Ainda na coletiva, a entidade divulgou a parcial do panorama de eventos de São Paulo. Com a amostra atual, coletada até agosto, com 1.832 eventos cadastrados, o segmento da Medicina segue como o principal dos eventos realizados (38,81%), seguido por Técnico & Científico (13,48%) e Ciência, Tecnologia & Comunicação (13,10%). O mês que se destaca no quesito público é maio, com quase 9 milhões de visitantes dos eventos, enquanto abril, maio e junho foram os meses quando foram realizados mais eventos na cidade. Todos com mais de 200 cadastros cada. A região da Paulista/Jardins é a que se destaca em eventos realizados (33,73% do total). É estimado que, até dezembro, a amostra alcance 2,5 mil cadastros.

Junto ao panorama, foi apresentado um estudo sobre os finais de semana em São Paulo do primeiro semestre, com análises obtidas a partir de relatórios do Observatório do Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo. "A metrópole dos negócios vem se desenvolvendo também como turismo de lazer. Prova disso é a taxa de ocupação nos hotéis aos finais de semana, que, ano a ano, vem aumentando", conta Sando.

O estudo mostra que, em 2012, a diferença entre a taxa de ocupação aos finais de semana e a geral no primeiro semestre era de 12,16%; hoje, é de apenas 5,82%. O documento ainda aponta que 2016, salvo a exceção de fevereiro, onde a demanda por lazer é maior devido ao carnaval, é o ano no qual os preços praticados aos finais de semana são os menores dentro do período analisado – 2012 a 2016. "Isso é resultado de um trabalho conjunto de anos. Seja a hotelaria oferecendo pacotes e preços diferenciados aos finais de semana, seja de projetos como o Bem Receber e o Fique Mais Um Dia, além de toda a exposição que a cidade vem recebendo graças a grandes eventos mundiais", diz Toni Sando.

Planejamento 2017
Para o próximo ano, Toni Sando revelou que pretende fortalecer a equipe técnica da entidade. "O principal trabalho de um CVB é captar eventos. É a forma mais direta para gerar negócios aos associados e desenvolver a economia como um todo em um destino. Entretanto, é preciso renovar as formas de incrementar os recursos da entidade. Por isso, a frente 'Visite São Paulo' também será fortalecida, como forma de aumentar o movimento nos estabelecimentos a gerar renda", conta. Como exemplo, o executivo cita projetos iniciados neste ano e que devem permanecer, como o Festival São Paulo é Tudo de Bom, Expomusic Também, e loja do São Paulo é Tudo de Bom, que deve ganhar unidade física, entre outros. "Todo o retorno será direcionado na equipe técnica", reforça.

A entidade planeja também criar mais comissões de segmentos, hoje, já realizadas com Destinos e Espaço para Eventos. "A ideia é reunir associados de uma mesma área em grupos de trabalho, trazendo à mesa as necessidades e desafios, auxiliando em ações futuras do SPCVB perante o associado", finaliza Sando.
 
Serviço
visitesaopaulo.com