';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Surfland Brasil chega como oferta de multipropriedade em SC

Por Nayara Matteis 8 de janeiro de 2020

surfland brasilTerreno terá o total de 400 mil m² sendo apenas 9% de área construída

Garopaba (SC) é um destino conhecido entre surfistas. Não é à toa que a cidade foi escolhida para abrigar a primeira unidade da Surfland Brasil – Clube e Resort, que dará início às obras ainda este mês com previsão de abertura para o final de 2022. Indo na onda das tendências imobiliárias, o complexo vem para aumentar a oferta de multipropriedade no estado catarinense.

Com aporte de R$ 280 milhões disponibilizados por um pool de investidores, o projeto foi idealizado pela Giesta Incorporadora, empresa com forte atuação na região Sul. De acordo com Cristiano Vieira, um dos gestores da Surfland, o sistema de multipropriedade é uma aposta inovadora na aquisição de um imóvel. “Permite que você tenha acesso a um bem maior, com custo mais acessível, além de oportunizar ao proprietário elevar o padrão durante as férias”.

Antes mesmo do início das obras, 1,8 mil frações do empreendimento já foram vendidas. A ideia é fechar as negociações com alguma bandeira hoteleira ainda no primeiro semestre deste ano. “Optamos por um modelo disruptivo de vendas de multipropriedade. A primeira fase foi comercializada apenas online e, agora na alta temporada, estamos com pontos de venda físicos”, ressalta Vieira. 

De acordo com o estudo Caio Calfat Real Estate Consulting, o modelo de condomínio deverá atingir R$ 22,3 bilhões de VGV (Valor Geral de Vendas) nacional de imóveis compartilhados este ano.

Surfland Brasil: o complexo

Os proprietários das frações do complexo terão acesso a um resort com uma piscina de surf de ondas artificiais com tecnologia Wavegarden – que possui atualmente apenas cinco em funcionamento no mundo: nos EUA, Reino Unido, Espanha e outras duas recém inauguradas na Austrália. Serão 150 metros com até nove tipos de ondas diferentes, que chegam até 1,90 metro. O tempo médio entre uma onda e outra é de apenas quatro segundos, totalizando 900 por hora – tudo isso numa piscina de 25 mil m².

Os amantes do skate também terão seu espaço no empreendimento. Projetada pelo campeão Pedro Barros, o Surfland contará com uma das maiores pistas da América Latina. A Surfland conta com grandes nomes do surf e skate como embaixadores, entre eles: Gabriel Medina, Pedro Barros, Flávio Canto, Carlos Burle, Teco Padaratz, Renan Rocha, Everaldo Pato e Fabio Gouveia. 

O complexo ainda oferece quadra de tênis, beach tênis, área kids, spa, fitness center, campo de futebol, trilhas, parede de escalada e vila gastronômica. No total, são 400 mil m², mas apenas 9% do terreno será de área construída, preservando 300 mil m² de mata nativa.

São mais de 270 apartamentos divididos em sete prédios de dois andares batizados em homenagem às praias mais bonitas da região: Ferrugem, Rosa, Vermelha, Barra, Ouvidor, Silveira e Siriú.

O empreendimento ainda investiu em painéis solares para o aquecimento da água, sistema de captação da água da chuva, reaproveitamento de terra local para aterros e nivelamentos, plantio de árvores nativas, telhados verdes ecológicos e paisagismo integrado ao meio ambiente.

De acordo com Vieira, além da unidade em Garopaba, a Surfland pretende abrir mais seis empreendimentos no Brasil nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Surfland Brasil – Clube e Resort