';

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Vila Galé apoia revitalização do Centro Histórico de Salvador

Por Redação 17 de fevereiro de 2020

Vila Gale José Antonio Bastos (Vila Galé), Fausto Franco (Secretário de Turismo da Bahia) e Jorge Rebelo de Almeida (presidente e fundador do grupo Vila Galé)

Um dos símbolos do Centro Histórico de Salvador, a Igreja da Ordem Terceira de São Domingos de Gusmão, um dos marcos do Terreiro de Jesus, ganhou três sinos antigos doados pela Vila Galé. O grupo hoteleiro português patrocinou o projeto de reativação dos sinos com o apoio da Setur-BA (Secretaria de Turismo da Bahia), com o intuito de resgatar a história do estado.

“Depois de quase meio século os sinos da Igreja de São Domingos tocarão juntos com os sinos da Catedral Basílica de Salvador e da Igreja do Rosário dos Pretos. Estamos orgulhosos por contribuir de maneira efetiva para a história local que visa a valorização do patrimônio brasileiro. O futuro do turismo depende de ações desse tipo, que aprecia revitalizar espaços – principalmente em Salvador que tem um leque de atrações turísticas”, aponta o presidente e fundador do grupo Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida.

Além do secretário do Turismo, Fausto Franco, o projeto da catedral foi acompanhado pelo historiador Rafael Dantas e do engenheiro Arthur Barros. Os sinos são antigos (1792 e 1877) e para acioná-los foi instalado um sistema eletromagnético, que fará os instrumentos balançarem como a forma tradicional e que poderá ser programado para ser tocado nos horários litúrgicos. O dispositivo também preserva o equipamento, concede mais segurança e ainda oferece a possibilidade de escolher outras formas de toques.

Vila Galé: apoio à cultura

O Vila Galé já possui uma trajetória com investimentos em recuperações históricas, tanto que em Portugal, em parceria com dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças do país, participa do Revive – programa que revitaliza prédios históricos para fins turísticos. Nesse âmbito, o grupo em 2019 inaugurou o Vila Galé Collection Elvas – Historic Hotel, Conference & Spa e atualmente desenvolve o Vila Galé Collection Alter Real, na Coudelaria de Alter do Chão, cuja abertura está prevista para o primeiro semestre 2020.

No Brasil, o grupo possui o Vila Galé Rio de Janeiro, que é resultado da recuperação de um antigo palacete do século XIX, tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural, que no passado abrigou o hotel Magnífico, um convento e o conhecido Colégio Mabe. E, ainda, tem interesse em revitalizar e transformar do Palácio do Rio Branco, antiga sede do governo da Bahia, em um empreendimento hoteleiro cinco estrelas.

(*) Crédito da foto: Filip Calixto/Vila Galé