';
equipotel - bem estar e design - capa

"Novas fases, muitas mudanças e novidades para vocês!"

Vinicius Medeiros
Editor-Chefe
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

Equipotel: bem-estar e design como parte do planejamento estratégico hoteleiro

Por Nayara Matteis 27 de outubro de 2020

Em sua primeira edição virtual, a Semana da Hospitalidade, promovida pela Equipotel, começou suas atividades hoje (27). Com término na sexta-feira (30), o evento traz conteúdos relevantes ao setor como forma de fomentar negócios e informações, visto que a feira foi adiada para 2021.

Abrindo os painéis da Arena do Saber, Daniel Pereira, gerente de Produto da Equipotel e Gabriela Otto, presidente da HSMAI Brasil fizeram as honras da casa. “Será uma semana repleta de atrações e conteúdos. Desenvolvemos um trabalho para fazer uma entrega de qualidade neste formato digital, já nos preparando para 2021”, destaca Pereira.

Em sua fala, Gabriela ressalta a relevância da Equipotel para o mercado de hospitalidade, além de fazer um panorama sobre o cenário atual. “Falamos muito sobre o novo normal, mas o que existe é um normal temporário, que é necessário. Tudo passa pela consciência do empresário, do hóspede e do turista enquanto cidadãos. As pessoa confundem flexibilização com normalização, mas as coisas ainda não estão normais, existem regras que precisam ser cumpridas”.

equipotel - bem estar e design

Semana da Hospitalidade está em sua primeira edição online

Equipotel: bem- estar e design

Para abrir os debates, a Equipotel promoveu o painel “Bem-estar e Design que impulsionam o Turismo”, com a participação de Talita Silvério (Amman Consultoria de Spas); Ana Pollak, gestora em Hospitalidade e Eduardo Manzano (EMDAStudio). Com o aumento pela procura de destinos e empreendimentos focados em wellness durante a pandemia, o nicho hoje representa 18% do turismo global, crescendo duas vezes mais que outros segmentos.

“É um mercado que tem muito ainda a ser explorado, principalmente no Brasil. Na pandemia, veio a conscientização do que é qualidade de vida, trazendo aspectos de bem-estar para as viagens”, comenta Talita.

Para Ana, essa mudança de comportamento do turista começou dentro de casa, quando muitas pessoas passaram a dar mais atenção a si mesmas e a praticar mais o autocuidado. “Neste ponto, muitas pessoas se voltaram mais para si. O bem-estar está em todos os aspectos da vida, seja em casa ou em um hotel”.

Diante deste cenário, qual o papel do design para promover a qualidade de vida que os clientes esperam? Segundo Manzano, uma coisa precisa estar atrelada a outra. “Hoje, não tem como pensar em hospitalidade sem pensar em bem-estar, independente da categoria do hotel. O wellness está ligado à experiência do hóspede, que paga para ter aquilo. Precisamos estar atentos à qualidade dos projetos e o retorno do hóspede, esta é a conjunção perfeita”.

O convidado ainda reforça a ideia de que os spas, por exemplo, são serviços que agregam valor aos empreendimentos, o que movimenta a cadeia de trabalho. “Se você foca no retorno do cliente, ele paga por isso, e gira a cadeia. Anos atrás não se falava disso, tudo era padronizado”, salienta.

Desta forma, hoteleiros precisam repensar a maneira de vender os serviços de bem-estar e incluí-los no planejamento estratégico. De acordo com Talita, o mercado ainda tem grandes dificuldades em comercializar os spas. “Tem que divulgar. Estamos falando como o turismo de bem-estar tem ganho relevância no mercado e para isso é preciso ter qualidade e planejamento. Não basta ter o spa ali e não vender. É preciso trabalhar divulgação, comunicação e sinalização. É um espaço que faz parte da estrutura do hotel”.

Ana complementa que, para isso, as equipes de vendas precisam entender a real importância do serviço como catalisador de negócios e agregar valor no momento da reserva. “Todos precisam agregar na venda daquele serviço. Os colaboradores indicam bares, restaurantes dentro do hotel e precisam indicar também os spas”.

(*) Crédito da capa: Unsplash

(**) Crédito da imagem: reprodução da internet