';

"Bem-vindos ao nosso novo portal! "

Peter Kutuchian
Founder & CEO
Cursos
icone de um computador com um LMS (learn management system)
Confira nossos cursos

FOHB: opção por reabrir em 2021 ganha força

Por Redação 9 de outubro de 2020

A reabertura dos hotéis avança no país, mas, entre os que permanecem fechados, aumentam as incertezas. É o retrato apresentado pela nova versão do relatório Oferta de Disponibilidade Hoteleira, referente ao período de 5 a 11 de outubro. Promovido pelo FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), a pesquisa mostra que 91% dos hotéis entrevistada já retomaram operações. O resultado significa expansão de 1 ponto frente à semana anterior.

Já entre o mês de preferência para a reabertura, houve mudanças frente ao levantamento anterior. Opção de 43% dos hotéis entrevistados semana passada, outubro perdeu espaço, caindo para 23,1%. Com isso todas as demais alternativas citadas pelos respondentes viram sua fatia crescer. Destaque para “2021”, que pulou de 23,6% para 36,4%. Já novembro, dezembro e “sem previsão” apontaram alta para 12,4%, 11% e 17,1% respectivamente.

Chama atenção, de fato, o aumento da opção “2021”. Somada aos respondentes de “sem previsão”, correspondem a uma fatia representativa de 53,5% dos hotéis ainda não reabertos. Tal percentual conjuntonsignifica que ainda existem muitas incertezas entre as unidades que não retomaram operações.

FOHB: Rio e Salvador

Das 12 cidades pesquisadas, Rio de Janeiro e Salvador continuam com o maior percentual de hotéis ainda fechados. As duas praças, contudo, viram essa fatia diminuir: a Cidade Maravilhosa de 30% para 23,48% e a capital baiana de 23,83% para 15,83%. Além disso, três municípios seguem com menos de 10% de UHs indisponíveis: Campinas (2,19%), Manaus (6,58%) e Curitiba (9,84%).

A região Norte permanece com o mesmo percentual de hotéis com atividades paralisadas da semana passada (9%). As demais regiões apontam pequenas quedas em seus percentuais: Centro-Oeste (6%), Nordeste (5%), Sul (5%) e Sudeste (12%).

Por fim, entre as categorias dos hotéis, os Upscale permanecem com o mesmo percentual do levantamento passado (9%). Unidades Econômicas e Midscale, por sua vez, registraram baixa para 10% e 12%, respectivamente.

FOHB - relatório de disponibilidade_5 a 11-10

(*) Crédito da capa: Peter Kutuchian/Hotelier News

(**) Crédito da tabela: FOHB