Accor anuncia 2ª edição do programa ibis Music

accorEdição 2020 contará com 40 shows em 24 países

Na indústria do entretenimento, o ramo da música de certo sabe como dar um show. Seja para entreter, apaixonar ou ao menos somar ao ambiente, a música sempre foi um diferencial. No setor hoteleiro, muitos empreendimentos entendem a importância da arte, bem como seu potencial em atrair público, e recebem artistas na casa. Entendendo a importância dessa arte, a Accor promove a segunda edição do programa global ibis Music.

A ação é resultado de uma parceria da rede, com diversos nomes da indústria musical,  Spotify, Sony Music UK’s 4th Floor Creative Group e o Sziget Festival. A empresa além de promover shows, também já trabalhou com ações em festivais, a exemplo do Rock in Rio, no ano passado.

Para esta edição, o projeto será ainda mais abrangente, contemplando mais de 40 shows distribuídos em 24 países. Todos acontecem nos hotéis da rede, inclusive com direito a dois eventos no Brasil. Além disso, a marca também promove a reunião de  90 artistas e dentre eles, selecionará 12 para a 54ª edição do Montreux Jazz Festival, que acontece de 3 a 18 de julho, no ibis Music Terrace, um dos palcos oficiais do festival. Os músicos também participam de oficinas ministradas por artistas reconhecidos globalmente durante os três dias anteriores ao evento.

Accor: Brasil

Em solo nacional, os shows estão marcados para dois estados diferentes. A estreia fica por conta da unidade paulista. Em 10 de março, o ibis São Paulo Barra Funda, recebe a cantora pop brasileira Pabllo Vittar, além Koba, Camila Duarte e Thales Vinicius. Já no dia 23, o ibis Afonso Pena, em Belo Horizonte, recebe a drag queen junto aos artistas Clars Tannure e Nath Rodrigues.

As expectativas para a segunda edição crescem conforme a promessa de “criar conexões ainda mais surpreendentes, ampliando o sucesso do ano passado”, segundo Caroline Bénard, vice-presidente global de Experiência de Marcas Econômicas da Accor. “Para nós, é um orgulho renovar nossa parceria com a Sony Music Brasil, Spotify e Montreux Jazz Festival e oferecer ao público experiências musicais ao vivo autênticas e inesquecíveis”.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Accor

Comentários