Accor apresenta estratégia LGBTI+ na Colômbia como politica de inclusão

accor - colombiaEquipe Accor e Antonia Gutierrez, Miss Brasil Gay Oficial 2019, no estande da Accor na WeTrade

Durante a edição 2019 da WeTrade - feira de Oportunidades e Negócios Diversos - que aconteceu em Bogotá este ano, a Accor lançou sua estratégia LGBTI+, buscando aumentar o crescimento e a capacitação econômica da comunidade e reforçando suas políticas de inclusão e diversidade.

Os líderes das unidades da rede francesa no país participaram de um treinamento sobre o manual “Compromisso com a Diversidade” - material que reúne práticas sobre como receber turistas LGBTI+. A iniciativa está alinhada ao cumprimento de um dos principais princípios do grupo: oferecer oportunidades a todos sem restrições, valorizar a diversidade e promover a inclusão.

“A estratégia de Diversidade e Inclusão Accor LGBTI+ se baseia no princípio de que todos devem se sentir bem-vindos e respeitados nos hotéis, bares e restaurantes do grupo. Para tanto, é fundamental manter um diálogo aberto com a sociedade”, afirmou Larissa Lopes, gerente de Sustentabilidade da Accor para a América do Sul.

Accor: outras ações

Durante o evento, a Accor também promoveu a estratégia para o público em geral, que pode conhecer as unidades da rede localizadas em quatro destinos turísticos da Colômbia: Sofitel Bogotá, Novotel Medellín, Mercure Santa Maria e ibis Cartagena.

A WeTrade contou com a presença de Raúl Almeida, embaixador LGBTI+ da Accor para o Brasil e da Miss Brasil Gay, Antonia Gutierrez, que viajou à Colômbia para apresentar o concurso brasileiro Miss Brasil Gay, do qual a rede foi patrocinadora oficial.

“É muito importante para uma marca do setor de turismo discutir a diversidade e a inclusão da comunidade LGBTI+ uma vez que os clientes que fazem parte dessa comunidade buscam destinos e serviços que ofereçam, além de uma excelente experiência turística, cultural e gastronômica, um ambiente onde se sintam seguros”, destacou Almeida.

Para a indústria do turismo, iniciativas como essas são de suma importância, uma vez que mais de 3% do total de turistas no mundo todo pertence à comunidade LGBTI+, respondendo por 15% dos gastos do setor.

A rede já realizou outras ações como aderir à campanha Carnaval é Alegria, Diga Não à LGBTfobia iniciativa da Coordenação de Políticas para LGBT da SMDHC (Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania); além da campanha São Paulo com ReSPeito. A ação trabalha na desconstrução do preconceito que a comunidade LGBT sofre na cidade, combatendo a LGBTfobia.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Accor

Comentários