Adit Share 2019 começa amanhã com foco em multipropriedades

 

Adit Share 2019No evento, Cavalcante participará do painel sobre multipropriedade

Foz do Iguaçu (PR) recebe a partir de amanhã (6) o Adit Share 2019, sétima edição do seminário de turismo compartilhado promovido pela Adit Brasil (Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil). O evento vai até o dia 8 e já conta com 400 participantes confirmados e autoridades internacionais do timeshare.

A edição deste ano acontecerá no Wish Golf Resort Convention Foz do Iguaçu e contará com mais de 30 painéis ao longo dos três dias de programação. Segundo Felipe Cavalcante, presidente da Adit Brasil, o evento deste ano deve surpreender os participantes, principalmente pelo número de convidados estrangeiros. 

Cavalcante participará de um bate-papo com Howard Nusbaume, presidente da ARDA (American Resort Association) e Juan Inácio, presidente da AMDETUR (Asociación Mexicana de Desarrolladores Turísticos) - ambos os países são os principais mercados de multipropriedade do mundo. 

Adit Share 2019: destaques da programação

Outros pontos relevantes da programação são as pesquisas “O Mercado de Turismo Compartilhado: análise do mercado nacional de Timeshare e Multipropriedade 2019”, realizada pela FGV e Adit Brasil e também o “Cenário do Desenvolvimento de Multipropriedade no Brasil 2019” de Caio Calfat, novo presidente da entidade.

A indústria do turismo compartilhado está em franco crescimento no mundo e já se destaca no país como importante meio de expansão de negócios para as áreas de hotelaria e mercado imobiliário. Os Estados Unidos lideram o volume em vendas timeshare: são 1.570 resorts, 9,5 milhões de clientes e o expressivo volume de vendas de US$ 9,6 bilhões. O México é o 2º maior mercado, representando 25% do total de vendas do setor no mundo e o Brasil vem logo em seguida, registrando um valor total de venda de programas de férias em 2017, que bateu R$ 1,2 bilhões, enquanto o VGV (Valor Geral de Vendas) de multipropriedade lançado foi de R$ 11,1 bilhões.

(*) Crédito da capa: Guilherme Madaleno/Unsplash

(**) Crédito da foto: Divulgação/Adit Brasil

Comentários