Atenta a novos mercados, Oracle Hospitality fecha com a AFPESP

zOracle Hospitality - Álvaro Gradim e David Meltzer_internaGradim recebeu membros da equipe de vendas da Oracle Hospitality, liderada por Meltzer

A Oracle Hospitality, que firmou acordo recente com a Pmweb, resolveu fazer uma aposta um pouco longe do “sobrenome” que carrega. A empresa é a nova fornecedora da AFPESP (Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo). Trata-se da primeira tacada da gigante de tecnologia americana fora da hotelaria tradicional no Brasil, mas o acordo parece promissor. De fato, há muito potencial a ser explorado nesse nicho de mercado, que tem íntima ligação com o setor hoteleiro.

Na verdade, o próprio repórter que vos fala ficou sem entender a “pauta” até chegar à sede da entidade, hoje (20) pela manhã. A explicação, entretanto, é simples: a AFPESP é dona de 18 unidades de lazer (1,2 mil quartos) destinadas à hospedagem dos seus 250 mil associados. Ou seja, é hotelaria na veia, apesar da nomenclatura diferente e de outras peculiaridades na operação, mas que exige tecnologia para integrar e fazer toda essa roda girar.

Segundo Álvaro Gradim, presidente da AFPESP, há outras cinco aberturas previstas no pipeline da associação. “Oferecemos diárias subsidiadas aos associados e, por isso, temos taxas de ocupação anuais elevadas, na casa de 90%. São mais de 100 mil reservas feitas por ano no Flex Reservas”, explica o dirigente, referindo-se ao portal de reservas da entidade.

Um time formado por alguns dos principais executivos de vendas da Oracle Hospitality visitou a AFPESP para formalizar a assinatura do contrato. Entre eles, estavam David Meltzer, group vice-president Global Sales; Gabriel Pestalardo, vice-president Hotel Sales para América Latina; Amy Secches, diretora de Vendas para o Brasil; e Daudier Mario, representante de Vendas HGBU para o Brasil.

“Nosso trabalho não termina com a assinatura do contrato. Pelo contrário, ele está apenas começando. Buscamos parcerias de longo prazo com os clientes e estamos empolgados com essa oportunidade. Procuramos fazer um trabalho de ponta a ponta para auxiliá-los em todas as duas necessidades. Queremos ser facilitadores”, comentou Meltzer.

Oracle Hospitality - acordo AFPESPConversas entre Oracle Hospitality e AFPESP duraram oito meses  

“É uma parceria muito importante para nós. Estamos investindo bastante na América Latina, trazendo novas tecnologias para a região. Já atuamos nesse nicho de mercado (de associações de classe) no Chile e na Colômbia. É um segmento diferente e com suas peculiaridades, mas com grande potencial”, acrescenta Pestalardo.   

Oracle Hospitality bateu concorrentes

A entidade paulista contratou um pacote completo de produtos da empresa americana: NetSuite (ERP de backoffice), Symphony Cloud (plataforma para PDV) e Opera (PMS). Para levar o contrato, a gigante americana venceu uma concorrência que contou ainda com SAP e TOTVS, antiga fornecedora da AFPESP.

“Na nossa visão, fechamos com a empresa que nos apresentou a melhor relação custo-benefício. Além disso, sabemos que é um produto de alta tecnologia e facilitou também na escolha o fato de que muitos dos funcionários de nossas unidades de lazer já trabalharam com o Opera”, afirmou Derlidio Siqueira, supervisor de sistemas da AFPESP.  
 
Segundo Amy Secches, a implementação dos sistemas da Oracle Hospitality na AFPESP deve prosseguir até o final de 2020. “Como disse o Gabriel, é um acordo muito importante para a empresa, pois abre um novo nicho de mercado para atuarmos. A AFPESP é a maior entidade da América Latina, mas há muitas outras associações com ativos hoteleiros que podemos atender”, finaliza.

(*) Crédito das fotos: Carlos Marques/AFPESP

Comentários