Bahia Principe Hotels & Resorts fatura US$ 643 milhões em 2018

Bahia Principe Hotels & ResortsCEO vê crescimento da empresa alinhado a sustentabilidade

A Bahia Principe Hotels & Resorts, principal negócio do Grupo Piñero, registrou um faturamento de US$ 643 milhões em 2018. O balanço realizado mostrou ainda que, em conjunto com ofertas residenciais e de golfe da organização, a marca foi responsável por 70,1% dos resultados totais no período.

A rede hoteleira vem de um ano de movimentações em seu portfólio. O Luxury Bahia Principe Ambar, em Punta Cana, na República Dominicana, passou por um retrofit de quase US$ 30 milhões no mês de outubro. Na reforma, foram instalados novas suítes, restaurantes, bar esportivo e academia.

Além disso, a marca inaugurou também o seu 24º empreendimento, sendo assim o 26º do Grupo Piñero. Trata-se da unidade Fantasia Bahia Principe Tenerife, na Espanha, inaugurado em novembro de 2018, sendo composto por oito edifícios, distribuídos numa área de 45 mil metros quadrados (m²).

Ao todo, a propriedade dispõe de 372 quartos, sete piscinas, cinco restaurantes, seis bares, um parque aquático, spa e centro de bem-estar. 

De acordo com Encarna Piñero, CEO do Grupo Piñero, a empresa já tem traçado o seu plano para este ano. "Em 2019, apostaremos em uma política de reinvestimento focada em melhorar nossa eficiência e diferenciar nosso produto”, diz. A executiva explica ainda que outro foco do grupo é se tornar cada vez mais sustentável.

Bahia Principe Hotels & Resorts: outros resultados

No geral, a atividade do Grupo Piñero também foi positiva. Investindo mais de US$ 120 milhões nos negócios hoteleiros, a instituição chegou a um faturamento de US$ 982 milhões. Foi o segundo ano consecutivo onde a cifra dos US$ 900 milhões foi superada.

Outro ponto importante dentro da frente hoteleira do grupo é a sua força neste nicho. Com ocupação média de 82% em seus empreendimentos, somam-se 14 mil acomodações e presença em cinco destinos. 

Em paralelo sobre dados apresentados no último ano, que citavam o aumento de 20% no número de turistas brasileiros em suas unidades, a Bahia Principe Hotels & Resorts afirmou que mira o mercado brasileiro, entendendo-o como importante para si.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Grupo Piñero

Comentários