Bahia Principe Hotels & Resorts reduz em 95% a quantidade de sargaço na Riviera Maya

bahia principe- riviera mayaA iniciativa faz parte do Plano de Gestão Integral do Litoral

 

O sargaço - espécie de alga marinha - é um dos principais problemas ambientais nas praias da Riviera Maya, no México. Com um sistema de barreiras, a rede Bahia Principe Hotels & Resorts já conseguiu reduzir em 95% a presença da alga, utilizando tecnologia para resolver a questão. O grupo hoteleiro possui quatro propriedades na região mexicana, além de contar com empreendimentos na República Dominicana e Jamaica. 

O método é um sistema não invasivo, que respeita a fauna e flora marinhas, e conta com uma equipe multidisciplinar de biólogos marinhos, oceanógrafos, engenheiros e mergulhadores de uma companhia de navegação com mais de 20 anos de experiência em manutenção, logística e serviços marítimos.

O projeto Plano de Gestão Integral do Litoral reforça o compromisso da rede com a sustentabilidade, apresentando uma gestão integrada de todos os aspectos que influenciam a costa: ambiental, natural e social. A Bahia Principe conta com o apoio de empresas de consultoria e engenharia ambiental e participação de agências oficiais e ministérios em cada um dos países em que atua, além de universidades e a Fundação Eco-Bahia. 

A iniciativa está sendo implementada no México, na República Dominicana e na Jamaica em três áreas de atuação: ações de preservação de praias, em particular para reduzir a erosão; preservar o sistema de dunas e vegetação e gerenciar infraestruturas localizadas no litoral e os resíduos gerados; práticas orientadas para a proteção do sistema aquático; preservação da qualidade da água ou a promoção da pesca sustentável e medidas de conscientização e educação em comunidades próximas ao mar. 

"O último relatório do Grupo Intergovernamental de Especialistas em Mudanças Climáticas aponta que os sistemas costeiros são especialmente sensíveis a três fatores ligados à mudança climática: o nível do mar, a temperatura e a acidez do oceano”, explica Antonia del Toro, diretora de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo Piñero. “No Grupo Piñero, estamos cientes dessa realidade e de nossa responsabilidade na busca por soluções para a preservação dos destinos em que operamos e, por isso, lançamos este projeto, que combina ações ambientais com um necessário trabalho de conscientização social", complementa.

Bahia Principe Hotels & Resorts: sustentabilidade

No início de 2019, a unidade Riviera Maya da rede renovou seu certificado EarthCheckSilver, um dos mais relevantes para o mercado hoteleiro no quesito sustentabilidade. Os quatro hotéis da rede no México - Bahia Principe Riviera Maya Resort, Luxury Bahia Principe Akumal, Luxury Bahia Principe Sian Ka’an, Grand Bahia Principe Coba e Grand Bahia Principe Tulum – renovam as certificações conquistadas nos anos anteriores. O reconhecimento é consequência das práticas sustentáveis implementadas nas unidades. O complexo já acumulava quatro selos EarthCheck recebidos por meio da Travelife.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Bahia Principe Hotels & Resorts

Comentários