Bom para a hotelaria: Latam Brasil e Azul anunciam acordo de codeshare

Codeshare - Latam e AzulCodeshare incluirá inicialmente 50 rotas domésticas não sobrepostas

Boa notícia para a hotelaria, dessa vez vindo de outro elo da cadeia da indústria de viagens. Mirando uma relação de longo, Latam Brasil e Azul anunciaram acordo de codeshare para conectar rotas domésticas no Brasil. Em momento crítico para todo trade, a parceria vai elevar a capilaridade das duas companhias aéreas, beneficiando consumidores e demais organizações do turismo.

O acordo de codeshare incluirá inicialmente 50 rotas domésticas não sobrepostas. Na malha conjunta estarão frequências de/para Brasília, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre, Campinas, Curitiba e São Paulo, oferecendo aos consumidores várias opções de conexões. Pela parceria, os passageiros também poderão usar bilhetes compartilhados para check-in e usar o despacho de bagagem das duas companhias.

Antes da crise do Covid-19, a Azul e a Latam Brasil atendiam um total de 137 destinos no domésticos, somando 298 rotas e 1.632 partidas diárias. As passagens estarão à venda nos próximos meses, informaram as duas empresas, em comunicado divulgado à imprensa.

Codeshare: fidelidade

Além da parceria na ponta de venda ao consumidor, Latam Brasil e Azul deram outro passo firme nesse “casamento” comercial. As duas empresas aéreas assinaram também um acordo para seus programas de fidelidade. Com isso, os 12 milhões de associados do TudoAzul e os 37 milhões de membros do Latam Pass possam acumular pontos no programa de sua escolha.

“Esses acordos trarão benefícios incomparáveis para os clientes. Com a malha aérea altamente conectada da Azul que atende a muitos destinos no Brasil e com os hubs da LATAM, nossa complementariedade de frota e de malha oferecerão aos clientes a mais ampla variedade de opções de viagem. Além disso, ambas as companhias aéreas têm uma história e paixão pelo atendimento ao cliente, e estamos ansiosos para mostrar isso juntos”, diz John Rodgerson, CEO da Azul.

“Como sinal do compromisso de longo prazo da LATAM com o mercado brasileiro, esse acordo de codeshare oferecerá aos clientes o acesso à maior rede de voos na história do país. Entendemos que a crise do COVID-19 exige respostas inovadoras para ajudar a impulsionar a economia da região e o anúncio de hoje faz parte de nossa contribuição para esse esforço. Com os valores compartilhados de atendimento ao cliente tanto da Azul quanto da LATAM e rotas complementares esperamos oferecer uma experiência líder do setor para clientes no Brasil", afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Airlines Brasil.

(*) Crédito da foto: Lars_Nissen/Pixabay

Comentários