Brasil terá destaque no Fórum Global de Economia do Turismo

fórum global de economia do turismo MTur ChinaMTur tem realizado ações de promoção para o público chinês

O MTur (Ministério do Turismo) recebeu, ontem (10), delegação chinesa representante do GTEF (Fórum Global de Economia do Turismo). Na ocasião, o Brasil foi convidado a dividir o posto de destaque com a Argentina no evento anual do grupo. O encontro será realizado em outubro, em Macau (China). 

“Estamos muito animados com esta participação, pois trata-se de mais um passo em direção a uma relação cada vez mais próxima com o mercado chinês, principal emissor de turistas do mundo, com cerca de 135 milhões viajantes. Temos trabalhado intensamente para diminuir essa distância física com ações que ampliam nossa conectividade e assim poder receber cada vez mais esses visitantes”, comentou Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo.

Pansy Ho, vice-presidente do GTEF, reforçou a importância do encontro para a realização de parceria não apenas na área de turismo, como também na área de ciência e tecnologia. “Aproveitamos a posição estratégica de Macau para promover esse evento. Somos representantes da iniciativa privada e estamos interessados em estabelecer uma parceria de qualidade com o Brasil”, afirmou.

China: iniciativas de promoção turística 

O MTur tem promovido uma série de medidas para facilitar o acesso do turista chinês ao Brasil. Entre elas, estão a ampliação de três meses para cinco anos de duração dos vistos de turistas com múltiplas entradas e estada de até 90 dias. Visa centers em funcionamento na China também devem aumentar, passando dos atuais três para 12. 

Além disso, a Embratur tem realizado ações de promoção no mercado chinês, como a participação do Brasil na ITB China. Estruturação de roteiros integrados e customizados, em parceria com a China Travel Service também é uma das iniciativas. Um exemplo é Foz do Iguaçu como um destino compartilhado com a Argentina, apresentado em 2018 durante ações em solo chinês. 

(*) Crédito da capa: Divulgação/ GTEF

(**) Crédito da foto: Roberto Castro/MTur

Comentários