Claudio Goldman participa mais uma vez do Toriba Musical

toriba musical claudio goldmanCantor traz paródias de sua autoria ao hotel Toriba

No próximo sábado (21), às 19h30, Claudio Goldman volta à Sala da Lareira do Hotel Toriba com seu espetáculo "Amor e Humor através dos Tempos". No evento, promovido pelo programa Toriba Musical, o cantor e pianista mescla canções conhecidas de todos os tempos. O espetáculo vai do drama à comédia, sempre de maneira descontraída. A primeira apresentação do cantor no programa aconteceu em maio. 

Entre as músicas apresentadas em versões originais estão "Insensatez", de Antonio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes. Já as paródias escritas por Claudio Goldman são muitas, e bem divertidas. Entre elas está "O cozinheiro de Salvador", versão para "Largo al factotum", célebre ária de O barbeiro de Sevilha, de Rossini.

Toriba Musical: o cantor

Goldman, 57 anos, é cantor, pianista, versionista e produtor. Estudou música desde os 3 anos de idade. Começou com instrumentos de percussão, passou a tocar bateria aos 7 e, aos 12, descobriu a paixão pelo piano. Aos 18 anos passou a estudar canto, com Helly-Anne Karam. Pouco depois, deixou a Faculdade de Economia na PUC para cursar Composição e Regência na Unesp e na FAP-Arte.

Profissionalizou-se músico em 1990, deixando um emprego em banco para gravar jingles e fazer shows por todo o Brasil e participando de festivais. Em 1991, cantou durante oito anos no casino Estoril, em Portugal. Em 1997 tornou-se Chazan (cantor litúrgico judaico) do Clube A Hebraica, permanecendo na função por nove anos. Em 2010, e novamente em 2019, apresentou-se no Festival de Inverno de Campos do Jordão.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Hotel Toriba

Comentários