Com ida de Lummertz ao MTur, Marcelo Lima Costa assume presidência do Embratur

Marcelo Lima CostaCosta garante que dará continuidade à gestão anterior

O Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) está sob nova direção. Marcelo Lima Costa, ex-chefe de gabinete, assumiu interinamente a presidência da autarquia. Ele substitui Vinicius Lummertz que, no início do mês, assumiu o cargo de Ministro de Estado do Turismo

Costa, que foi oficializado na função na última semana, assegura a intenção de dar continuidade aos trabalhos já iniciados pela gestão anterior. 

Na nota de apresentação do novo presidente, o Embratur ressaltou que o foco da nova diretoria está voltado para a aprovação do PL 2724/2015. O texto transforma o Embratur em agência, aos moldes da Apex e Sebrae e também amplia o capital estrangeiro nas companhias aéreas e atualiza a Lei Geral do Turismo. 

O mérito do projeto de lei está para ser votado em caráter de urgência pelo Plenário da Câmara dos Deputados. 

"O objetivo central é a transformação do instituto em uma agência de promoção turística internacional", pontua o novo presidente. "Estamos no caminho certo para uma grande transformação que vai maximizar o orçamento do Embratur e, com isso, poderemos intensificar a promoção internacional do Brasil", completa. 

Marcelo Lima Costa: carreira

Formado em Administração de Empresas, Costa atuou, antes de ser chefe de gabinete da autarquia, como diretor de Produtos e Destinos do Ministério do Turismo.

Foi também secretário das Indústrias de Bens de Consumo da Secretaria de Desenvolvimento Industrial do Governo Federal. Durante 23 anos, trabalhou no Sebrae, onde ocupou cargos de gerência, chegando a superintendente de Articulação e Desenvolvimento. 

Na iniciativa privada, ocupou posições de direção como a de superintendente do Departamento Econômico da Associação Comercial do Rio de Janeiro, diretor da Atlantic Industrial de Conservas S/A e gerente Administrativo da Contal Engenharia e Projetos S/A.

(*) Foto de capa: divulgação/Embratur

Comentários