FBHA: turismo deve gerar 2 milhões de empregos em 4 anos

FBHAHospedagem e alimentação concentram 1,9 milhão de postos

O mercado de turismo no Brasil deve gerar mais de 2 milhões de empregos nos próximos quatro anos. A estimativa é de Alexandre Sampaio, presidente da FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação). 

Sampaio disse, em participação no Seminário Educacional de 2019 – Mercado de Trabalho, que o setor hoje é responsável pela geração de 6 milhões de empregos. Esse montante inclui os postos diretos e formais em mais de 50 segmentos produtivos. Dividido por segmentos, a empregabilidade em hospedagem e alimentação concentra 1,9 milhão de postos. Transporte de passageiros soma 835 mil, cultura e lazer, 101 mil, enquanto agências de viagens são 68 mil. 

FBHA: reformas devem favorecer o setor

As perspectivas de empregos podem ser alcançadas por meio das reformas tributária e trabalhista. Isso porque devem proporcionar ao setor mais racionalidade aos impostos pagos e menos burocracia na contratação.

Os últimos dados do setor corroboram essa perspectiva. Pesquisa da CNC Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), mostra que em julho o setor de turismo movimentou R$ 20,4 bilhões. O montante representa alta de 1,5% frente igual período de 2018 e de 9% em relação ao mês anterior.

Restaurantes e Similares (valor total de R$ 10,8 bilhões) e Transporte de Passageiros (R$ 5,6 bilhões) foram os segmentos que mais movimentaram valores. Os dois ramos responderam por 80,5% do volume de faturamento do setor no período.

(*) Crédito da foto: Free-Photos/Pixabay

Comentários